Em alta no Forest, Felipe admite ofertas do Brasil e aposta em convocações de Murillo e Danilo

10 minutos de leitura

por Lucas Barbosa e Rômulo Giacomin

Serenidade, fala firme e experiência de quem já viveu de quase tudo no futebol marcam as palavras ditas por Felipe. Aos 34 anos, o zagueiro do Nottingham Forest vive um novo momento animador na carreira ao mesmo tempo em que planeja os próximos passos e divide o cotidiano com os promissores Danilo e Murillo.

A Premier League não intimidou Felipe. Afinal, um currículo com Corinthians, Porto, Atlético de Madrid e seleção brasileira é capaz de preparar um jogador para os desafios mais difíceis. 

“Cada vez que eu tiver a oportunidade, vou lutar como sempre fiz.”

Porém, como cantava Charlie Brown Jr, a vida é feita de “dias de luta e dias de glória”. Felipe experimentou o doce gosto do encantamento da torcida ao ajudar o Nottingham Forest a permanecer na Premier League passada, mas viveu momentos complicados com problemas físicos e falta de minutagem no início de 2023/24.

Para sua felicidade, as oportunidades voltaram a bater à porta nas últimas semanas, como ele conta em entrevista exclusiva à PL Brasil.

Felipe celebra novas chances como titular do Nottingham Forest

O zagueiro brasileiro teve problemas no joelho e foi pouco utilizado na primeira metade da temporada, quando o técnico ainda era Steve Cooper. Felipe fez só cinco jogos até o momento. Dois deles foram em fevereiro, contra Bristol City, pela FA Cup, e West Ham, na Premier League.

–- Essa sequência de jogos está sendo muito importante, depois de um período chato do início da temporada, com alguns incômodos no joelho. Sigo tratando da melhor maneira para estar forte e agora é aproveitar esse momento. Independente do que eu fiz, acho que cada oportunidade tem que ser aproveitada. Graças a Deus, venho aproveitando bastante esse tempo de jogo. Cada vez que eu tiver a oportunidade, eu vou lutar como sempre fiz.

Nottingham Forest
Felipe em ação pelo Nottingham Forest (Foto: Icon Sport)

Nesta entrevista exclusiva com Felipe, você também vai ler sobre:

  • 1 ano no Nottingham Forest e relação com clube e torcida;
  • O futuro zagueiro, em reta final de contrato;
  • Dupla de zaga com Murillo;
  • Expectativas sobre Murillo e Danilo;
  • Trabalho com Nuno Espirito Santo, velho conhecido de Porto.

Com 1 ano de casa, zagueiro se alegra pelo período no clube

Felipe chegou ao Nottingham Forest em meio a um pacote de reforços em janeiro de 2023. Nove jogadores desembarcaram no City Ground com o objetivo de impedir a queda do clube para a Championship, o que foi alcançado depois de muita luta. “O balanço geral é muito positivo, graças a Deus.

Totalmente ambientado, o defensor rasgou elogios tanto ao clube como a sua torcida. Felipe se sente em casa. Dizer que Nottingham consegue replicar Mogi das Cruzes, cidade natal e refúgio do jogador, é forçar a barra, mas o carinho existe entre as partes.

— O balanço geral é muito positivo, graças a Deus. Fiz ótimos jogos na temporada passada. Consegui ajudar o time a se manter na Premier League, que era um grande objetivo do clube. Hoje, pelo que eu fiz, vejo o carinho do torcedor, o calor humano, a energia que eles passam.

Felipe pelo Nottingham Forest

  • 21 jogos
  • 2 assistências
felipe nottingham forest
O zagueiro Felipe, ex-Corinthians, em ação pelo Nottingham Forest em 2022/23 (Foto: Icon Sport)

Em fim de contrato, Felipe pensa no futuro e admite propostas do futebol brasileiro

Como o tempo passa rápido, Felipe já está nos últimos meses de contrato com o Nottingham Forest. O vínculo se encerra no próximo mês de junho, ao fim da temporada europeia.

Felipe revelou ter recebido diversas propostas de clubes brasileiros e estrangeiros. Totalmente focado na Premier League, o zagueiro ponderou que trata com respeito o fim de contrato, mas que pensa no que está por vir.

–- Recebi não só propostas de times brasileiros, mas europeus e da Arábia Saudita também. Neste momento, estou decidindo algumas coisas da minha carreira. Estou bastante motivado para o que virá, mas respeitosamente terminando esse contrato com o Nottingham Forest, vou tomar algumas decisões, que são muito importantes na minha vida. Agora é focar no final da temporada e depois resolver o que tem que ser resolvido na minha vida.

Parceria ‘corinthiana': Felipe se rende a Murillo

Felipe ganhou um parceiro de zaga em seu retorno à titularidade do Nottingham Forest. Revelado no Corinthians. Murillo, de apenas 21 anos, chegou à Inglaterra há sete meses e já conquistou os torcedores do clube.

Na vitória sobre o West Ham na última rodada, a dupla de zaga formada pelo experiente Felipe e pelo jovem Murillo rendeu elogios dos fãs nas redes sociais. Um deles chamou a parceria de “mestre e aprendiz”.

— Jogar com ele foi muito fácil, sinceramente, porque a língua é muito parecida. Então, eu acho que com a minha experiência soma bastante. Nos comunicamos bem e, graças a Deus, estamos colhendo muitas coisas boas. Mas temos que seguir trabalhando, porque é só o começo.

Felipe revelou inclusive que teve participação na chegada de Murillo ao Nottingham Forest. Quando o clube estudava sua contratação, o zagueiro de 34 anos foi consultado e a resposta, segundo ele, foi “bem fácil”.

Disse que tinha um talento incrível, que tinha uma personalidade acima dos jovens de 21 anos. É um menino ainda, mas no posto de campo, jogando, tem uma postura legal. Acho que isso foi o que mais me impressionou nele. Eu só concretizei a minha ideia se ele era bom ou não quando o vi pessoalmente.

“Sinceramente, fiquei super impressionado em como ele se adaptou rápido. Tem uma qualidade absurda, um moleque respeitador para caramba e que já deu certo na vida.

Além de Murillo, Danilo também encanta Felipe no Forest

Para Felipe, não só Murillo como outro jovem companheiro de time tem chances de ser convocado para a seleção brasileira. Revelado pelo Palmeiras, Danilo, de apenas 22 anos, também tem cinco gols e duas assistências em 37 jogos com a camisa do Nottingham Forest, também é um talento que deve pintar com a Amarelinha.

— Eu sempre me comunico bastante com os brasileiros. Eu sempre disse para eles que se conseguissem uma sequência legal na Europa, teriam essa chance (serem convocados), porque a gente sabe o tanto que é difícil a pessoa se adaptar à Europa e o seu estilo. O Dani (Danilo) e o Murillo estão no caminho certo. Isso a gente vem conversando há um tempinho, sempre que dá, porque é só uma questão de tempo. Corrigir pequenos detalhes sobre intensidade.

Nottingham Forest
Danilo e Felipe no Nottingham Forest (Foto: Icon Sport)

“Futuramente, eu não tenho a menor dúvida que Murillo e Danilo serão convocados.”

Com ‘velho conhecido' Nuno Espírito Santo, Felipe tenta manter Forest na Premier League mais uma vez

Steve Cooper levou o Nottingham Forest de volta à Premier League e depois contratou Felipe. Com o técnico de apenas 44 anos, o brasileiro foi pilar da campanha de permanência da equipe na primeira divisão. Entretanto, problemas no joelho o tiraram de campo durante quase toda a primeira metade da temporada 2023/24.

O defensor chegou até a ser integrado ao time sub-21 para pegar ritmo durante a recuperação. Durante esse tempo, o comandante inglês foi demitido e deu lugar a Nuno Espírito Santo.

— A experiência com o Steve foi muito boa. É jovem para técnico, tem muito a crescer, é um cara com a cabeça muito aberta. Aprendi bastante com ele, conversamos de muita coisa. Ele me perguntava sobre experiências que vivi.

Nuno Espírito Santo chegou ao clube com a missão de tirar o time da briga contra o rebaixamento. Felipe já havia trabalhado com o técnico português em seu primeiro ano de Europa, no Porto. Agora, na Inglaterra, o brasileiro tenta conquistar a confiança de seu comandante mais uma vez.

— É mais fácil de trocar ideias sobre jogos e corrigir erros em português, apesar que o Steve também passava bastante clareza, é uma pessoa que conversa bastante. Mas está sendo bom. São dois bons técnicos e hoje o Nuno está colocando um trabalho muito legal no Nottingham Forest, está sendo bastante aceito, o pessoal respeita bastante e está sendo legal trabalhar lá.

O Nottingham Forest não vive situação fácil na Premier League e tem 24 pontos, na 16ª posição. O time luta contra rebaixamento e ainda enfrenta ameaça de ter pontos deduzidos por conta de infrações às regras do Fair Play Financeiro. Felipe vive a expectativa de manter a sequência de jogos e espera entrar em campo no próximo desafio da equipe, neste sábado (24), às 12h30, contra o Aston Villa.

Aston Villa
24/02/24 - 12:00

Finalizado

4

-

2

Nottm Forest

Aston Villa - Nottm Forest

England Premier League - Villa Park

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.