Reviravolta? Xabi Alonso e Lampard podem trabalhar ‘juntos’ no Chelsea

4 minutos de leitura

Depois de o Chelsea chegar à sua 10ª derrota nesta temporada da Premier League, o cargo de Mauricio Pochettino parece estar correndo perigo. O próprio treinador assumiu, na entrevista coletiva após a derrota por 4 a 2 para o Wolverhampton, neste domingo (4), que o que foi apresentado em campo “não foi bom o suficiente”.

O treinador pediu desculpas à torcida pelo resultado e disse que ele tem sua parcela de culpa pela situação, junto com todo o elenco. Por isso, já surgem notícias na mídia europeia sobre possíveis substitutos para o argentino caso as coisas não melhorem. E Xabi Alonso pode ser um deles.

De acordo com a publicação francesa “Sports Zone”, o nome do técnico do Bayer Leverkusen é muito apreciado por Behdad Eghbali, um dos empresários que está à frente da Clearlake Capital, consórcio proprietário dos Blues. A notícia aparece em meio às especulações de que Xabi Alonso é o nome preferido para ser o sucessor de Jürgen Klopp no Liverpool.

No entanto, ainda não há nenhuma confirmação sobre a saída de Pochettino do Chelsea. Conforme publicado pelo jornalista Matt Law na última semana, o treinador não corre risco de ser demitido, mas caso não se classifique para alguma competição europeia, isso pode colocá-lo sob pressão na avaliação da diretoria e dos donos no final da temporada.

Chelsea pode ter Xabi Alonso e Lampard ao mesmo tempo

A direção dos Blues precisará resolver mais um problema na comissão técnica para a próxima temporada, mas no time feminino. A técnica multicampeã Emma Hayes está de saída do Stamford Bridge no fim de 2023/24 para assumir o comando da seleção feminina dos Estados Unidos.

A ex-jogadora e comentarista da emissora “Sky Sports”, Izzy Christiansen, declarou ao site “Live Score” que Lampard é um bom nome para substituir a treinadora.

— Ele é alguém que conhece o clube de dentro para fora. Pelas minhas experiências no Everton, ouvindo-o falar, ele é o tipo certo de personagem. Seu nível de comunicação e conhecimento de jogo podem ser realmente eficazes e acho que você tem alguém bem acostumado com o que significa ser o Chelsea.

Apesar da sugestão da comentarista, que passou pelo Manchester City e o Everton antes de se aposentar, tanto Emma Hayes como as atletas do Blues têm preferência por uma mulher como sucessora. Casey Stoney, ex-técnica do Manchester United feminino, e Laura Harvey, treinadora do Seattle Reign FC, da liga americana (NWSL), são os nomes mais cotados para sucederem Hayes.

Maria Tereza Santos
Maria Tereza Santos

Me formei em Jornalismo pela PUC-SP em 2020. Antes de escrever para a PL Brasil, fui editora na ESPN e repórter na Veja Saúde, Folha de S.Paulo e Superesportes.