WSL 2020/2021: resumo do fim de semana de jogos adiados

A rodada foi de resultados importantes, porém teve mais uma partida postergada

0
487
WSL 2020/2021: resumo do fim de semana de jogos adiados
(Foto: Dan Istitene/Getty Images)

O fim de semana foi de jogos adiados da WSL 2020/2021! Com muitos problemas de partidas não realizadas nas datas originais, a FA utilizou esta data apenas para a disputa de algumas partidas que precisaram ser postergadas anteriormente.

Porém, entre gols e emoções, voltamos a ter uma partida adiada na rodada, mantendo o grave problema da liga. Confira o resumo de mais um dia jogos da Women's Super League!

Reading 1×1 Everton – jogo adiado da 10ª rodada

Empatados no meio da tabela com 18 pontos, Reading e Everton fizeram um dos jogos adiados da WSL 2020/2021 no fim de semana. O confronto direto valia pela 10ª rodada.

Jogando em casa, as Royals mostraram mais objetividade no primeiro tempo, finalizando quase o dobro de vezes que as Toffees, mesmo com menos posse de bola. O bom desempenho do ataque seria recompensado na reta final dos primeiros 45 minutos.

Aos 34, a jovem lateral-esquerda Lily Woodham cruzou, a atacante Danielle Carter dividiu na pequena área e a bola sobrou limpa para Rachel Rowe abrir o placar. Terceiro gol da meio-campista nesta WSL.

Na segunda etapa o Everton voltou mais incisivo e objetivo. O técnico Willie Kirk usou todas as quatro alterações que tinha direito, em busca de manter o ritmo acelerado de seu setor ofensivo, sempre apostando em jogadas pelos flancos.

As opções táticas do treinador surtiram efeito e o empate veio. Aos 32 minutos, a substituta Hayley Raso acionou a lateral Ingrid Moe Wold pela direita e a norueguesa cruzou na cabeça da dinamarquesa Nicoline Sørensen, mais uma substituta. A atacante testou no contrapé da goleira Grace Moloney e deixou tudo igual. Foi seu segundo gol na WSL 2020/2021.

 

Animadas pelo gol de empate, as Toffees tentaram partir para o abafa nos minutos finais, em busca da virada. No entanto, as poucas boas chances criadas pararam em defesas da irlandesa Moloney, que segurou o empate.

O resultado final é ruim para ambos os lados. Se as chances de alcançar o G3 já eram pequenas, agora se resumem praticamente apenas à matemática. Com oito jogos ainda por jogar, o Everton segue na quinta colocação, a 13 pontos do terceiro colocado Manchester United. Com dois jogos a mais que as Toffees, o Reading é o sexto.

Ficha Técnica:

Reading: Moloney; Mitchell, Cooper, Bartrip, Woodham (Leine); Rowe, Fishlock, James, Eikeland; Harding, Carter (Bruton). Técnica: Kelly Chambers.

Everton: Korpela; Moe Wold, Finnigan, Sevecke, Turner; Scott, Stringer (Graham), Christiansen; Lehmann (Raso), Emslie (Sørensen), Gauvin (Magill). Técnico: Willie Kirk.

Bristol City 0x5 Chelsea – jogo adiado da 13ª rodada

Se na segunda rodada da liga o Chelsea goleou o Bristol City por 9 a 0, em um dos jogos adiados da WSL 2020/2021, agora pela 13ª rodada, não foi tão diferente. As Blues fizeram 5 a 0 nas Baggers no Twerton Park, acentuando sua liderança e as chances de rebaixamento das adversárias. Os gols foram de Fran Kirby (2x), Pernille Harder, Sam Kerr e Bethany England.

Nos minutos iniciais, o Chelsea já começou colocando pressão através de fortes finalizações de Harder e de Jonna Andersson, fazendo com que a goleira Sophie Baggaley trabalhasse. Aos 14 minutos, Fran Kirby aproveita cobrança de escanteio de Maren Mjelde para cabecear ao gol e abrir o placar para as Blues.

 

Aos 21 minutos, Ebony Salmon apareceu na área das Blues, mas Ann Katrin Berger desarmou com confiança. Aos 32, Ji So Yun achou England na área, mas a atacante chutou na trave. Quatro minutos depois, a dinamarquesa Harder ampliou o placar após jogada com Sophie Ingle.

Sem respirar, aos 39 minutos, Kirby fez o seu segundo (e terceiro do time na partida) após a bola chegar nela na grande área. Assim, o Chelsea dominava e não deixava o Bristol jogar em sua própria casa.

Na segunda etapa, aos 10 minutos, England encontrou Kerr com um lindo cruzamento e a australiana não desperdiçou a chance, marcando o quarto. Por fim, aos 15 minutos, Harder encontrou England na defesa do Bristol e a inglesa fez o quinto, acabando com qualquer esperança das Reds. Aos 19, Salmon recebeu de Yana Daniels, mas finalizou por cima.

Nos últimos minutos, as Baggers tentaram fazer o gol de honra com jogadas entre Charlie Wellings e Abigail Harrison, porém, sem sucesso. Aos 45, Kerr ainda tentou chegar ao gol, mas foi bem desarmada por Gemma Evans.

Ficha Técnica:

Bristol City: Baggaley; Allen (Bryso), Skeels, Evans, Purfield; Matthews, (Palmer); Wellings, Pike, Humphrey (Bissell), Daniels (Harrison); Salmon. Técnico: Matt Beard.

Chelsea: Berger; Mjelde, Bright, Eriksson, Andersson; Ingle (Spence); Kirby (Cuthbert), Harder (Fleming), Ji (Reiten); England, Kerr. Técnica: Emma Hayes.

Aston Villa x Arsenal – ADIADO NOVAMENTE

Parece brincadeira, mas não é. Novamente a WSL foi afetada pelos problemas nos gramados. A partida entre Aston Villa e Arsenal, que era de uma rodada anterior e já havia sido adiada pelas más condições do campo do Villa com o clima, foi novamente adiada. Ainda não há uma nova data para a segunda remarcação.

Leia mais: Dubai-Gate, campos destruídos e o eterno problema de calendário da WSL

Classificação após os jogos adiados da WSL 2020/2021:

1º – Chelsea: 38
2º – Manchester City: 33 (-1 jogo)
3º – Manchester United: 32
4º – Arsenal: 23 (-2 jogos)
5º – Everton: 19 (-2 jogos)
6º – Reading: 19
7º – Brighton: 15
8º – Tottenham: 12 (-3 jogos)
9º – Birmingham City: 11 (-4 jogos)
10º – Aston Villa: 10 (-3 jogos)
11º – West Ham: 8 (-2 jogos)
12º – Bristol City: 6 (-1 jogo)

Próxima rodada da WSL 2020/2021 (nova remarcação de jogos adiados):

– Birmingham x Manchester City (10ª rodada), 28/02
– Tottenham x Everton (13ª rodada), 28/02

Texto produzido por Alícia Soares e Hugo L'Abbate.