Wolves se aproxima de meia português para substituir Rúben Neves

Wolves se aproxima de meia português para substituir Rúben Neves
Foto: Divulgação/Carlos Rodrigues/Getty Images

Ao término da temporada, o meia Rúben Neves, destaque do Wolverhampton, falou sobre sua possível saída do clube inglês. Desde as especulações, os Wolves buscam um substituto e se aproximou de um compatriota de Neves.

Nesse sentido, de acordo com o jornal The Sun, a equipe inglesa avançou nas conversas com o meia João Palhinha, de 26 anos, que defende o Sporting. Ainda de acordo com o portal inglês, o técnico Bruno Lage é um admirador do jogador há anos e vê ele como o substituto perfeito do atual camisa 6 do time.

Além disso, pretendia esperar para dar uma resposta após os jogos da Seleção Portuguesa na Liga das Nações. No entanto, com o avanço do acordo entre Red Devils Rúben Neves, as negociações entre Wolves Palhinha se intensificaram.

Ademais, o site britânico afirma que o acordo deve ser concretizada nos próximos dias. Nesse sentido, os valores da transação giram em torno de 20 milhões de libras, cerca de 120 milhões de reais na cotação atual.

A saber, as negociações estão sendo intermediadas pelo agente do atleta, Jorge Mendes, que agencia grandes jogadores, como James Rodríguez, Di María, Ederson e nada mais nada menos que Cristiano Ronaldo.

João Palhinha até Wolves

O volante do Sporting, de 26 anos, pertence à equipe alviverde de Portugal desde 2016, tendo sido emprestado uma vez. A saber, seu vínculo se encerra no dia 30 de junho de 2026. No entanto, o jogador deve deixar os Leões quatro anos antes do término do seu contrato.

Desde 2017/18, quando passou a jogar pelo ‘time A' do Sporting, o camisa 6 acumula 160 jogos, com 13 gols e três assistências. Somados aos times secundários, chega a 239 partidas e 15 tentos.

Pela Seleção PortuguesaJoão Palhinha foi convocado algumas vezes em 2021. Nesse sentido, o técnico Fernando Santos usou o jogador em 12 duelos e viu ele balançar as redes duas vezes.

Oi, eu sou o Gabriel Vicco e sou apaixonado por futebol e sempre o tive o sonho de trabalhar com isso. Escolhi o jornalismo por gostar de escrever e me comunicar de várias maneiras. Tenho uma página no Instagram com alguns amigos, o Debate (@debate.fcs), onde postamos notícias, análises e coberturas do Brasileirão Feminino. Atualmente, tenho a certeza de que a profissão que mais almejo é o jornalismo esportivo, por isso busco por experiências e pela minha evolução nesse ramo.
Artigo anteriorReal Madrid se despede de Gareth Bale
Próximo artigoDeulofeu, da Udinese, se torna alvo de outro clube italiano