Por que o West Ham não é presunto e nem do Oeste

6 minutos de leitura

Londres é uma das cidades com mais clubes de futebol no mundo. Só na Premier League são sete: Arsenal e Tottenham localizados ao norte da cidade; Chelsea, Fulham e Brentford no Sudoeste; Crystal Palace no Sul e West Ham no Leste. Com exceção dos Gunners e dos Eagles, que ficam em Ilsinghton e Croydon respectivamente, todos levam nomes de bairros da capital inglesa. Mas um destes nomes chama a atenção por sua peculiaridade.  

Distância entre estádios de Londres
Distância entre estádios de Londres (Imagem: Google maps)

O West Ham, como mencionamos, está ao Leste de Londres. Mas a tradução literal livre do nome do clube indica outra coisa:

West = Oeste
Ham = Presunto

Além disso, levando em conta a natureza da língua inglesa, em que o adjetivo vem após o substantivo, o nome do clube poderia ser traduzido para o português como “Presunto do Oeste” – o que fomenta memes e brincadeiras na internet.

Mas o que explica tudo isso?

Não tem muito mistério. O bairro onde os Hammers foram fundados e estão sediados se chama Newham, que é dividido pela parte leste (East Ham) e oeste (West Ham). Daí o nome do clube.

O que separa os dois lados é uma rua chamada Green Street. Um nome familiar para quem gosta de cinema e já assistiu “Green Street Hooligans” (ou apenas “Hooligans” como é conhecido no Brasil), de 2005. O filme conta a história de um estudante, Matt Bruckner (Elijah Wood), que é expulso injustamente da Universidade Harvard e decide se mudar para Londres, na casa de sua irmã.

Lá ele faz amizade com o cunhado, Peter Dunham (Charlie Hunnam), que o apresenta ao submundo dos hooligans, mais especificamente à rivalidade entre West Ham e Millwall (que fica em Bermondsy, Sudeste da cidade). 

Ham não é presunto

Conhecidos como Irons (ferros) e Hammers (martelos), os dois apelidos vêm das origens siderúrgicas e dos operários que trabalhavam com martelo e ferro na fábrica Thames Ironworks – vamos explicar a importância dela a seguir.

Paralelo a isso, a tradução de “ham” em inglês é presunto, mas também tem outro significado. Antigamente, no inglês anglo-saxão, “ham” era o termo utilizado para se referir a uma vila.

Por isso é muito comum ver cidades na Inglaterra com essa terminação como Birmingham e Nottingham. Ou até mesmo em outros clubes e bairros como Fulham e Tottenham. Ou seja, West Ham não é “Presunto do Oeste”.

Mudança de estádio e escudo

Paquetá comemora gol pelo West Ham
Paquetá comemora gol pelo West Ham. Foto – Icon Sport

O West Ham foi fundado em 1895 por trabalhadores da Thames Ironworks, um estaleiro localizado no Rio Tâmisa. Em 1900, após se profissionalizarem e cortarem relações com a empresa, se tornaram West Ham United FC. Eles jogaram no Oeste do bairro até 1904, mas após disputas com o presidente, se mudaram para o Boleyn Ground. O antigo estádio, onde os Hammers jogaram até 2016, ficava na região de Upton Park, ao Leste da Green Street, portanto, para os lados de East Ham. 

Hoje o Boleyn Ground não existe mais e dá lugar ao Upton Gardens, um conjunto residencial com 842 apartamentos. O valor mínimo de um flat de um quarto por ali é de pelo menos de 350 mil libras (mais de R$ 2,2 milhões).

Upton-Gardens
Estádio virou condomínio residencial. Foto – Upton Gardens/Divulgação

Outra mudança que também ocorreu na região foi a classe de seus moradores. Estaleiros como a Thames Ironworks começaram a fechar, e a velha classe operária inglesa, tradicional base da torcida do West Ham, mudou-se para regiões mais afastadas. Com a saída deles, chegaram muitos imigrantes, especialmente da Índia e Bangladesh.

O clube se mudou para o London Stadium em 2016, no complexo Queen Elizabeth Park, herdando o estádio construído para as Olimpíadas de Londres em 2012. O plano divulgado era que Stratford, região do estádio mais ao noroeste de West Ham, passasse por uma grande revitalização, mas uma década depois pouco se vê. 

O comitê olímpico na época prometia de 30 a 40 mil casas com valores acessíveis para trabalhadores essenciais como enfermeiros e professores. Em 2022, exatamente uma década depois dos Jogos Olímpicos, apenas 13 mil haviam sido construídas e apenas 11% com preços mais acessíveis.

Visão aérea do Upton Gardens
Visão aérea do Upton Gardens (Foto: Barrat London)

Com a mudança de estádio, veio também a nova versão do logo do clube. Em uma votação realizada em 2014, 72% da torcida optou pelo “sim” a um design moderno com a manutenção dos martelos cruzados, mas sem o castelo que relembrava o passado. “Um escudo mais limpo e vibrante que conta com o apoio dos fãs”, de acordo com a vice-presidente do clube, Karren Brady.

Rodolfo Morsoletto
Rodolfo Morsoletto

Jornalista nascido e formado no interior de São Paulo, com passagens por Terra e OneFootball. Foi repórter de rádio, setorista do XV de Piracicaba e cobria jogos do Campeonato Paulista da Série A3. Morou por um tempo na Itália antes de desembarcar em Londres, onde está desde 2018. Atualmente é correspondente da PL Brasil em território inglês e já esbarrou com José Mourinho andando sozinho pelas ruas da capital britânica.

Instagram: @morsoletto
X: @r_morsoletto