West Bromwich – História, Mercado da Bola e Estatisticas

0
379
Os Baggies de West Browmich
Os Baggies de West Browmich

Antes de mais nada, o West Bromwich Albion Football Club é um time bastante popular na Inglaterra. Apesar da cidade de West Bromwich ser pequena, seu clube disputou muitas temporadas da Premier League. Ou seja, está fixo no imaginário de muitos torcedores e admiradores do futebol inglês. Ademais, os Baggies vão disputar a Championship nesta temporada.

Trajetória do West Bromwich, fundação, conquistas e ascensão

A princípio, o clube surgiu de maneira casual em novembro de 1878. Pois, alguns jogadores de críquete estavam procurando um novo esporte para jogar no inverno. Porém, após duas temporadas jogando em parques da região de West Bromwich, a diversão ficou mais séria. Com isso, pagaram para entrar na Birmingham & District Football Association, que tornaria o clube elegível para novas competições.

Assim, a equipe começou a se tornar bastante forte no cenário futebolístico. Ainda mais, por conta do grande desempenho nas disputas da FA Cup. Depois do West Brom conseguir se tornar profissional em 1885, disputaram três finais consecutivas do torneio. Nas duas primeiras, perdeu para o Blackburn Rovers e para o Aston Villa. Porém, em 1888, derrotou o favorito Preston North End por 2 x 1.

West Bromwich e a fundação da Football League

Ainda no ano de 1888, os Baggies estariam envolvidos na criação da Football League. Aliás, foi o próprio criador da liga, William McGregor, que escreveu para o Albion e outras quatro equipes. Segundo a carta, ele queria que os melhores times se reunissem e disputassem partidas como mandante e visitante entre eles. Posteriormente no ano, surgiu a liga com 12 times fundadores.

Em contrapartida, apesar de ser um dos fundadores, o West Bromwich não teve vida fácil. Afinal, em 1900, caiu para a Segunda Divisão. Porém, logo voltaria para a Primeira após o título no ano seguinte. Algo que não seria suficiente, porque o clube cairia mais uma vez, três anos depois. Em suma, subiu e caiu mais uma vez, retornando, de vez, para a liga em 1911/12.

Desta vez, conseguiu manter uma regularidade maior. Até mesmo o surgimento da Primeira Guerra Mundial, em 1914, não atrapalhou o time. Com isso, o West Brom disputou partidas em ligas regionais, eventos de caridade e contra times amadores. Por consequência, o clube acabou vencendo a Primeira Divisão na temporada 1919/20, a primeira pós-guerra.

A relação com as copas nacionais

De antemão, desde o início dos Baggies que a força nos torneios nacionais era nítida. Ainda no século XIX, foram sete finais de FA Cup disputadas. Contudo, obteve apenas duas conquistas, em 1887/88 e 1891/92. Duas décadas depois, em 1912, perdeu outra final da competição.

Entretanto, o novo triunfo chegou na temporada 1930/31. Desta vez, a vitória foi em cima do rival Birmingham, por 2 x 1, em Wembley. Além disso, no mesmo ano, conquistou a Segundona. Portanto, conseguiu o seu “double” pela primeira vez em sua história.

Posteriormente, em 1935, perderia outra final de FA Cup, agora para o Sheffield Wednesday. Depois dessa conquista, o West Bromwich ainda ganharia mais duas edições: em 1953/54 e 1967/68. Ainda por cima, alcançaria duas finais da Copa da Liga, onde sairia vencedor em 1966 e perdedor em 1970.

O sobe e desce do West Bromwich nos anos 2000

Depois do rebaixamento em 1973, os Baggies passaram muitos anos sem um desafio na elite do futebol inglês. Assim, ficaram anos com dificuldade financeira e escondidos na Segunda e respectivamente Terceira Divisões.

Todavia, depois de muitos anos de dificuldades, eles retornariam à Premier League em 2002, pela primeira vez desde 1973. No entanto, o West Bromwich Albion enfrentaria uma década recheada de altos e baixos. Ou seja, o torcedor nessa época viveu muitos sentimentos distintos.

Afinal, foram três rebaixamentos e acessos entre 2003 e 2010. Além disso, diversas campanhas tiveram o risco de queda. Ainda assim, mesmo com as dificuldades de se estabilizar na liga, nas copas o West Brom era forte. À exemplo, na temporada 2007/08, chegou na semifinal da FA Cup e, também, conseguiu acesso à Premier League.

Estabilidade e a queda mais recente

Logo depois do acesso em 2010, os Baggies permaneceram na liga por vários anos. Mesmo com as várias trocas de treinadores, o clube ficou por oito anos. Com passagens de Roberto Di Matteo, Roy Hodgson, Stephen Clarke e outros, todos mantiveram o West Brom na elite.

Contudo, após terminar a temporada 2017/18 na última posição, o time foi rebaixado. Nesta campanha, mais de 50 milhões de euros foram investidos e, também, teve cinco técnicos diferentes.

Atualmente, os Baggies estão na Championship. Na temporada anterior, nem mesmo Sam Allardyce, o qual nunca fora rebaixado, conseguiu evitar o regresso. Em suma, o West Bromwich Albion busca maneiras de retomar ao topo do futebol inglês em 2021/22.

Mercado de transferências do West Bromwich

Apesar de ser uma equipe com poucos recursos, o Albion, recentemente, abriu os cofres. Além disso, em seu passado, outros jogadores foram fundamentais para a história do clube. Confira cinco nomes:

Karlan Grant, vindo do Huddersfield, em 2020

Antes de mais nada, Grant é um jogador de 23 anos, mas com bastante rodagem. Desde 2014 é jogador profissional, passando por Charlton, Cambridge United, Crawley Town e Huddersfield. Na temporada passada, foi a principal contratação dos Baggies para a Premier League, custando 16.5 milhões de euros.

Foto destaque: Divulgação/Twitter/WBA
Foto destaque: Divulgação/Twitter/WBA

Matheus Pereira, vindo do Sporting, em 2019

O brasileiro Matheus Pereira foi um dos grandes destaques da equipe na temporada passada. Primeiramente, ele chegou em 2019, por empréstimo. No ano seguinte, o West Brom pagou 8.25 milhões de euros em sua contratação. Com isso, o jovem de 25 anos adquiriu confiança e pode ser um dos principais nomes na Championship desse ano.

Foto destaque: Divulgação/Twitter/WBA
Foto destaque: Divulgação/Twitter/WBA

Jake Livermore, vindo do Hull City, em 2016

De antemão, Livermore rodou em vários clubes da Inglaterra. Contudo, nas últimas cinco temporadas veste as cores azuis e brancas do West Bromwich. Uma longevidade que nunca tinha feito antes. Após duas temporadas no Hull City, chegou nos Baggies por 11.5 milhões de euros. Atualmente, com 31 anos de idade, é capitão do time.

Foto destaque: Reprodução/Adam Fradgley - AMA/WBA TV - via Getty Images
Foto destaque: Reprodução/Adam Fradgley – AMA/WBA TV – via Getty Images

Tony Brown em 1963

Possivelmente, uma das maiores lendas do clube. Além disso, um grande negócio feito pelo West Bromwich. Afinal, Tony Brown surgiu no time juvenil, ganhando seis libras por jogo. Futuramente, ele completou um total de 720 partidas e 279 gols, sendo ambos os números o maior da história. Apelidado de Bomber Brown, devido aos seus lindos gols, ele possui uma estátua no estádio do clube, o The Hawthorns.

Foto destaque: Reprodução/Getty Images
Foto destaque: Reprodução/Getty Images

Jesse Pennington em 1903

Antes de mais nada, Jesse Pennington nasceu e foi criado na própria cidade de West Bromwich. Quando tinha 20 anos, juntou-se ao time da cidade e permaneceu por todos os 19 anos da sua carreira. Contudo, teve a carreira interrompida por conta da Primeira Guerra Mundial. Mas, no fim das contas, ainda retornou para o clube. Além disso, ganhou diversos títulos: a Primeira divisão em 1919/20 e a Segunda em 1901/02 e 1910/11.

Foto destaque: Reprodução/The WBA Chronicle
Foto destaque: Reprodução/The WBA Chronicle

Foto destaque: Reprodução/1vs1