Walace Souza – Mercado da bola, transferências, rumores e estatísticas

Walace Souza Silva, conhecido apenas como Walace Souza, é um jogador de futebol brasileiro que atua como volante. A saber, nasceu no dia 4 de abril de 1995, em Salvador, Bahia. Atualmente joga a Serie A Italiana e pode estar de malas prontas para jogar no Flamengo.

Walace Souza – Início de carreira

Walace Souza, assim como a maioria dos jogadores profissionais, começou a dar os seus primeiros chutes no Simões Filho, um modesto clube de uma Região Metropolitana de Salvador.

Em seguida, no ano de 2011, jogou a Copa 2 de julho, que nada mais é, uma homenagem ao dia da independência da Bahia.

Esta competição é somente permitido atletas até 17 anos. Portanto, ao atuar no torneio, o volante chamou a atenção de um olheiro do Avaí.

No ano de 2012, o seu destino foi traçado para o estado de Santa Catarina, onde atuou pelo Sub-18 do clube. Assim, para ganhar bagagem, o Avaí cedeu Walace Souza para o Sub-23 do Bahia.

Posteriormente, retornou para o Leão, atuando de meia-armador na disputa da Copa Santiago (Sub-17). Naquela ocasião, anotou um gol de falta contra o Grêmio. Por fim, a equipe gaúcha o contratou para o sub-18.

Trajetória, conquistas e highlights de Walace Souza

Vale ressaltar a evolução do volante e a perseverança. Apesar de ter começado em um clube pequeno da Bahia e ter sido emprestado diversas vezes, Walace Souza continuou focado e determinado.

O jogador que começou de meia-armador, se tornou peça chave na conquista da Copa do Brasil de 2016 pelo Grêmio e no ouro olímpico pela Seleção Brasileira no mesmo ano.

 

Transferências e mercado da bola de Walace Souza

Grêmio

Primeiramente, Walace Souza estreou no Grenal, o maior clássico do Brasil, no dia 10 de agosto, partida válida pelo Campeonato Brasileiro de 2014. Lançado pelo vitorioso técnico Luis Felipe Scolari, se tornou titular absoluto até o final da competição.

Em 2015, devido à lesões e convocações para a Seleção Brasileira Sub-20, acabou recebendo poucas oportunidades.

Após um pouco mais de um ano, retornou no Campeonato Gaúcho contra o Passo Fundo, marcando dois gols, os primeiros como profissional. Nessa temporada, conquistou a Copa do Brasil diante do Atlético-MG, o seu primeiro título na carreira.

Enfim, após alguns rumores em clubes da Europa, graças ao seu desempenho, Walace se transferiu para o Hamburgo, da Alemanha, no mercado da bola de 2017 por aproximadamente R$ 50 milhões.

Hamburgo

Entretanto, a passagem pelo Hamburgo foi marcada por fracassos. Devido à indisciplina, o jogador recebeu poucas oportunidades. Em dois anos jogou apenas 30 partidas oficiais, marcando dois gols e sendo rebaixado na Bundesliga.

Hannover

No mercado da bola de 2018, se transferiu para outro clube alemão, desta vez para o Hannover 96, cerca de R$ 26 milhões. Naquele ano, disputou 28 partidas. Desta vez, Walace apresentou bons jogos, mas não conseguiu evitar outro descenso para 2ª divisão alemã.

Udinese

No mercado da bola de 2019, assinou contrato até junho de 2024 por R$ 30 milhões. Finalmente, Walace conseguiu encontrar o seu grande futebol que o levou para a Europa.

 “Depois que cheguei aqui à Udinese, o diretor e o treinador falaram para aumentar a intensidade no treino, porque aí conseguiria ter isso no jogo. Isso me ajudou bastante. A minha cabeça de querer fazer, ter que mudar, também foi muito bom”, confessou o jogador.

Até o momento, Walace atuou 90 partidas pela camisa da Udinese, marcando apenas um gol. Enfim, os rumores dão conta que o jogador está indo para o Flamengo, juntando-se à Arturo Vidal e Éverton Cebolinha.

Seleção Brasileira

Em 2015, o técnico Alexandre Gallo convocou o jogador para disputar o Sul-Americano Sub-20, participandando de cinco partidas. Assim, naquela competição a seleção terminou na 4ª colocação.

Por outro lado, em 2016, nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, foi destaque em uma equipe que tinha Neymar, Gabriel Barbosa e Gabriel Jesus. Desde então, teve poucas oportunidades pelo técnico Tite e provavelmente não estará na lista da Copa do Mundo do Catar.