Home Futebol Feminino Vivianne Miedema: a máquina de gols holandesa

Vivianne Miedema: a máquina de gols holandesa

Atacante do Arsenal é destaque do futebol mundial

0
466
Kate McShane Getty Images
Kate McShane Getty Images

Não é só o futebol feminino que vem em um crescimento exponencial por todo o mundo, a jovem estrela holandesa Vivianne Miedema vem batendo recordes, realizando belas atuações e colecionando títulos individuais e em clubes.

A atual camisa 11 do Arsenal e camisa nove da seleção da Holanda é uma verdadeira máquina de fazer gols, com muita potência de chute dentro e fora da área. Já é uma realidade dizer que a atleta está escrevendo seu nome na história da modalidade e de seu país, valendo demais contar um pouco de sua história.

Catherine Ivill Getty Images
Catherine Ivill Getty Images

Futebol desde o berço

Anna Margaretha Marina Astrid Miedema, mais conhecida como Vivianne Miedema, tem 23 anos e nasceu em Hoogeveen, uma cidade holandesa na província de Drente, nordeste do país, de aproximadamente 56 mil habitantes. E apesar de muito jovem, é uma atleta de experiência, além de ser dona de muito carisma, bom humor, e de uma personalidade brincalhona e meiga.

Suas características principais como jogadora incluem o excelente poder de finalização dentro e fora da área, bolas em profundidade, lançamentos e visão de jogo. Seu posicionamento em campo, principalmente no ataque, fazem da atacante uma peça chave do sistema ofensivo. Além disso, possui muito controle de bola, é ágil e habilidosa, tendo muita facilidade para dribles.

Leia mais: O emocionante relato de Emma Mitchell sobre saúde mental

Vivianne joga futebol desde muito pequena pela influência de seu pai, que também era jogador e carregava a filha ainda bem criança para suas partidas, e de seu irmão, ainda bebê, que ficava parado como goleiro para que a irmã chutasse a gol.

E também porque na Holanda meninas e meninos são incentivados a praticar o esporte de maneira mista nas escolinhas, e nas disputas de campeonatos. Por isso, Miedema desenvolveu suas habilidades precocemente, integrando seu primeiro time na carreira juvenil em 2001, o HZVV.

Dez anos depois, em 2011, aos 14 para 15 anos, assinou o primeiro contrato profissional, o SC Heereveen. Tradicional clube neerlandês de futebol, fundado em 1920, que disputa a Eredivisie. E foi nesse campeonato que a jovem atleta começou a escrever história, sendo a jogadora mais jovem do Eredivisie Vrouwen.

Na temporada 2013/14, disputou a BeNe League (junção Liga Belga de Hóquei + Eredivisie), sendo a artilheira da liga com sensacionais 39 gols. Totalizou 78 gols em 69 jogos pelo clube, média mais de um gol por partida. E nessa época já chamava a atenção da seleção nacional, tanto que foi convocada para as categorias de base.

Período na Alemanha

Em 2014, foi contrata pelo Bayern de Munique, onde ficou até 2017. Ajudou o time a se tornar uma grande potência e ganhar um título da Bundesliga, feito que não conseguia alcançar há quase 40 anos. E não foi apenas um, foram dois consecutivos.

Foram 61 jogos pelo Bayern, totalizando 35 gols, sendo que em apenas 11 deles Miedema não começou como titular e por 12 ocasiões foi substituída. E nesta época também esteve no topo da artilharia da Champions League, dividindo com a húngara Zsanett Jakabfi a marca de oito gols.

Leia mais: Fara Williams, a dona das bolas paradas do Reading
Kate McShane Getty Images
Kate McShane Getty Images

Os números no Campeonato Alemão não passaram despercebidos na Inglaterra. Em 2017/18, Vivianne Miedema foi contratada pelo Arsenal, um projeto que buscava trazer de volta o clube para seus dias de glória. Viv, como também gosta de ser chamada, não teve dúvidas e abraçou a ideia do clube. E bom, não é preciso mais dizer que ela foi para fazer história mais um vez.

Pelo time inglês, já são contabilizados pelo próprio clube o total de 58 gols considerando WSL, FA Cup e Conti Cup. Mas nas estatísticas gerais, Miedema soma 67 gols na carreira em apenas tres temporadas. Além disso, também ajudou a equipe a conquistar uma FA WSL Cup em 2017/18, um vice-campeonato do mesmo agora em 2019/20, e uma FA WSL em 2018/19.

Vivianne é atualmente a artilheira da WSL desta temporada com 16 gols, além de dividir o posto no topo da Champions League com a islandesa Berglind Björg, do Breidablik, e com a nigeriana Emuidzhi Oghiabekhva, do FC Minsk, todas com dez.

2019, um ano mágico para Miedema

Mas a verdade é que o ano de 2019 foi excepcional para Miedema. A atleta foi eleita PFA Women's Players' Player of the Year da temporada 2018/19 ao lado de Virgil van Dijk, ajudou a levar a seleção da Holanda ao vice da Copa do Mundo da França, integrou a lista das melhores jogadoras do Ballon D’Or e foi peça chave da maior goleada na história da WSL.

No dia 1 de dezembro de 2019, o Arsenal venceu o Bristol City por 11 a 1. Miedema participou dos 10 primeiros lances. Foram seis gols e quatro assistências. A atleta não só demonstrou todo o seu faro, mas também sua versatilidade, consistência e potência.

E não para por aí, quando falamos de seleção, a atleta já atingiu a grande marca de 61 tentos. Um recorde na Holanda para homens e mulheres. Em 2017, esteve com a equipe nacional na conquista da Euro, jogando na própria casa. Miedema foi protagonista, o que também serviu de grande impulsão para sua contratação no Arsenal.

Na Copa do Mundo da França, as expectativas para com a atleta não foram tão atendidas assim por quem estava de olho na jovem promessa. Em 657 minutos jogados, foram apenas três gols, nove tentativas na meta de 25, e zero assistências. Porém, é necessário considerar a campanha histórica nunca alcançada, e muito bem alcançada, diga-se de passagem.

Leia mais: Manchester City Women, o projeto de ser uma potência no futebol feminino

Vivianne Miedema é mais discreta em redes sociais, sua popularidade está mais ligada ao seu futebol e personalidade. E é justamente nessa última que ela tem um papel de representatividade importante, pois sempre fala abertamente sobre sua orientação sexual e relacionamento com Lisa Evans, atacante escocesa de seleção e sua companheira de Arsenal.

A atleta deixa de ser uma promessa com muito foco na evolução diária, muito talento e habilidade, para ser uma realidade no futebol feminino. Podemos sem dúvidas esperar ainda grandes feitos, mais recordes a serem batidos e futebol de qualidade de Miedema.