Valencia ainda não desistiu de renovar com dois jogadores

Valencia ainda não desistiu de renovar com dois jogadores
Foto Destaque Divulgação: Blaze Trends

Antes de tudo, após já ter vendido alguns de seus principais jogadores nesses últimos anos, parece que o Valencia aprendeu e não quer repetir o erro. Assim, o clube espanhol pretende insistir na renovação de dois nomes importantes de seu elenco atual. Então, acompanhe aqui na Premier League Brasil tudo à respeito dessa notícia.

Segundo o jornal Marca, a equipe ainda não desistiu dos espanhóis José Gayà e Carlos Soler, já que seus contratos se encerram 30 de junho de 2023.

De antemão, Los Murciélagos chegaram a tentar negociar a dupla com o Barcelona, na semana passada e depois, ofereceram ao Real Madrid. Por sua vez, a negociação de ambos não avançou, mas a extensão de contrato também não é muito simples.

Dessa forma, nesta temporada, Carlos Soler marcou 12 gols e cinco assistências em 37 partidas, jogando como titular em 74% das vezes.

Por outro lado, o capitão da equipe, Gayà, começou entre os 11 titulares apenas em 58% de 30 jogos, marcando em dois e dando também cinco assistências.

Por que a renovação não é simples para o Valencia?

Em suma, algo que está dificultando muito o Valencia é o rígido Fair-Play financeiro imposto pela LaLiga. Portanto, os valacentistas são a equipe com o menor orçamento da competição.

Logo, a diretoria ainda pretende que o meio campista continue como um dos mais bem pagos do plantel. Atualmente, o jogador é o segundo com a melhor quantia, com 618,280 reais semanais e 32,150,560 BRL anuais. Apenas o Gonçalo Guedes recebe mais, com 754 reais por semana.

Por fim, parece que o clube quer equiparar o valor salarial do capitão com o de Soler, colocando-o na parte de cima da folha de salários. Em síntese, o lateral esquerdo é o quinto que mais recebe, com 437,320 BRL semanais e 22,740,640 reais por ano.

Acompanhe abaixo as notícias recentes:

Anil Murthy foi retirado da presidência do Valencia, em meio às polêmicas