Manchester United tem reunião para selar venda de Greenwood por R$ 274 milhões a destino surpreendente

4 minutos de leitura

O Manchester United tem questões a serem resolvidas no mercado de transferências. Entre possíveis saídas e incertezas acerca dos jogadores que estão no clube, um nome que surge é Mason Greenwood.

O atacante voltou a jogar futebol nesta temporada, depois de ser acusado de agressão sexual em janeiro de 2022. As acusações foram retiradas e o inglês está emprestado ao Getafe, que tem a opção de contratá-lo em definitivo. No entanto, há negociações em curso entre os Red Devils e o Barcelona.

Greenwood no Barcelona?

Segundo o jornal espanhol “Marca”, dirigentes do United percorrem a Espanha em busca de um comprador para o atacante revelado pelo clube. O jogador de 22 anos, afastado do clube desde 2022, tem contrato até 2025.

Sua retomada no Getafe chamou atenção e a vida na Espanha parece ter agradado o atacante, longe de grandes polêmicas e cobranças sobre sua acusação que teria na Inglaterra.

mason greenwood getafe
(Foto: Icon Sport)

O Barcelona surge como principal interessado e o jornal indica que já houve reunião entre os dois clubes. O Atlético de Madrid também monitora a situação, e uma permanência no Getafe, onde Greenwood está emprestado, também é considerada.

O desejo do jogador é atuar em um clube da Champions League, e seu preço foi estipulado pelos Red Devils em 43 milhões de libras (R$ 274 milhões).

Greenwood pelo Manchester United:

  • 129 jogos
  • 35 gols
  • 12 assistências

A situação no Manchester United

O clube de Old Trafford foca suas investidas na Espanha, uma vez que o jogador já disse publicamente que tem gostado da vida no país. Isso pode dificultar as negociações com outros mercados, como os times da Arábia Saudita, que também demonstraram interesse.

greenwood manchester united
(Foto: Icon Sport)

Sir Jim Ratcliffe, acionista minoritário do United, não descartou o retorno de Greenwood ao clube, enquanto diversas entidades de apoio à mulher e grupos de torcedores se manifestaram contra essa possibilidade.

Javier Tebas, presidente da La Liga, declarou que não se importa com o passado do jogador e que sua presença na liga espanhola seria positiva:

— Ele não foi condenado [considerado culpado], então não me importo. Se ele não foi condenado aqui, por que o condenaríamos? Ele está indo muito bem no Getafe como jogador e espero que continue a ter sucesso e continue no futebol espanhol porque isso é sempre bom para nós.

Greenwood pelo Getafe:

  • 23 jogos em LaLiga
  • 6 gols
  • 5 assistências
  • 3 jogos na Copa do Rei
  • 2 gols
Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]