Acabou a espera! Manchester United supera R$ 365 milhões e, enfim, fecha com camisa 9 para Ten Hag

7 minutos de leitura

O técnico do Manchester United percebeu que sua principal carência no elenco era a falta de um camisa 9. Neste verão europeu, o principal alvo foi Harry Kane, mas o presidente do Tottenham, Daniel Levy, engrossou a negociação e não liberou o jogador para um concorrente da Premier League. Com isso, os Red Devils precisaram ser criativos no mercado da bola para encontrar um centroavante.

Recentemente o alvo era Rasmus Hojlundm, do Atalanta. Depois de algumas semanas de negociação, o Manchester United finalmente fechou com o atacante em um acordo de 70 milhões de euros (R$ 365,4 milhões), de acordo com o jornalista Fabrizio Romano, especialista em mercado de transferências. O centroavante de apenas 20 anos topou em assinar um contrato com o clube inglês de cinco anos e foi anunciado como novo jogador dos Red Devils na manhã deste sábado (5).

De acordo com o “The Athletic”, o Atalanta queria receber 90 milhões de euros (R$ 470 milhões) para vender seu jovem prodígio, mas o Manchester United pagará uma taxa fixa de 75 milhões de euros (R$ 391,5 milhões), além de complementos de 10 milhões de euros (R$ 52,2 milhões). O contrato de Hojlund com os Red Devils tem renovação automática de mais um ano, depois do período de cinco temporadas já estabelecido, segundo o jornal britânico.

A demora no fechamento da negociação entre Manchester United e Atalanta fez com que o Paris Saint-Germain surgisse surgisse como um concorrente. O PSG apresentou uma oferta de 50 milhões de euros (R$ 261 milhões) na última quinta-feira (27), segundo o “The Athletic”. Mas os Red Devils se apressaram e fecharam com Hojlund.

Quem é Rasmus Hojlundm, novo centroavante do Manchester United

Hojlund nasceu em Copenhagen e cresceu em Horsholm. Jogou nas categorias de base de vários clubes dinamarqueses até ir para o Copenhagen FC em 2017, onde jogou na academia e subiu para o profissional. Em 2021-22, Rasmus fez sua estreia em competições europeias, marcando cinco gols na Conference League. Na última temporada, o atacante marcou 10 gols e deu quatro assistências em 34 jogos pela equipe italiana.

Hojlund é convocado para a seleção dinamarquesa desde sub-16. Em 22 de setembro de 2022, o atacante fez sua estreia pela Dinamarca, substituindo Thomas Delaney aos 15 minutos do segundo tempo, na derrota por 2 a 1 para a Croácia na Liga das Nações. Três dias depois, voltou a jogar na competição, entrando em campo na mesma minutagem, na vaga de Kasper Dolberg, numa vitória por 2 a 0 sobre a França.

No dia 23 de março deste ano, Hojlund foi titular pela primeira vez com a Dinamarca e marcou seus primeiros gols, fazendo um hat-trick numa vitória por 3 a 1 sobre a Finlândia numa partida válida pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2024. Ao todo, o atacante marcou seis gols em quatro partidas.

Manchester United e seu próprio Haaland!

A comparação de Hojlund com Haaland se deve não apenas à região que ambos nasceram na Europa, mas também pelas características dos dois. O novo centroavante do Manchester United é canhoto, loiro, tem 1,91 metro de altura e foi o jogador mais rápido do time de Bérgamo na última temporada.

A título de comparação, o valor pago pelo Manchester United para ter Hojlund é semelhante ao que o seu rival, City, desembolsou para ter Erling Haaland em maio do ano passado. O atacante dinamarquês tinha uma multa rescisória que o valor estava entre 60 e 75 milhões de euros (R$ 325 e 406 milhões na cotação da época), de acordo com o “Globoesporte”. Porém, os Citizens tiveram que gastar muito mais na operação com bônus para o jogador, além das comissões dos agentes.

Jovem, o atacante da Atalanta ainda não tem 100 jogos na carreira profissional. Formado nas categorias de base do Copenhagen, Hojlund passou pelo Sturm Graz, da Áustra, antes de ir para a Itália. O contrato do atacante promissor com o clube italiano valia até junho de 2027.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.