Unai Emery, silenciosamente, faz um ótimo trabalho no Arsenal

Espanhol supera obstáculos e merece elogios por seu desempenho até agora

1
203
Unai Emery, silenciosamente, faz um ótimo trabalho no Arsenal

É comum que a primeira temporada de um treinador à frente de um novo clube seja repleta de desafios e obstáculos. Unai Emery, que assumiu o Arsenal em maio, sabe bem disso.

O espanhol, que tem a missão de substituir o histórico Arsène Wegner, não conta com empatia geral, mas realiza um ótimo trabalho. O novo comandante sabia que a sua chegada, inevitavelmente, significaria mudança.

“Respeito muito o que ele (Wenger) fez, mas, por mais informações que ele me desse, eu devia mudar as coisas”, afirmou em entrevista para o jornal espanhol Marca.

Emery chegou com a responsabilidade de substituir o maior treinador do Arsenal de todos os tempos (Foto: Arsenal/Divulgação)

Emery começou com duas derrotas seguidas – para Manchester City e Chelsea, times superiores tecnicamente que os Gunners. A enxurrada de críticas e dúvidas pairaram sob o Emirates e o técnico espanhol respondeu com trabalho: a vitória diante do West Ham, por 3 a 1, iniciou uma sequência de onze vitórias seguidas na Premier League.

A equipe do Arsenal é, comparada aos outros times do Big 6, a de menor qualidade técnica. Não fez investimentos como a dupla de Manchester, Chelsea ou Liverpool e não tem a base que o Tottenham tem. O treinador chegou a afirmar, em entrevista, que a equipe não poderia contratar ninguém em definitivo nesta janela de janeiro.

Siga a PL Brasil no Youtube

Clássicos Ingleses #04 – Sheffield United x Sheffield Wednesday

Ninguém esperava do Arsenal uma campanha brigando pelo título da Premier League. Sem despertar muita atenção, a equipe emplacou uma sequência – do final de agosto ao começo de dezembro – de 22 jogos sem perder, sendo 17 vitórias. Emery conseguiu levar a equipe a 62% de aproveitamento na temporada até agora.

Klopp, em sua primeira temporada completa no Liverpool, levou a equipe a 57% de aproveitamento. Pochettino, no Tottenham, apresentou 51% no ano de estreia no comando e Guardiola chegou a 61%. Até agora, o treinador do Arsenal apresenta os melhores números.

As oscilações num time de futebol são normais. É quase impossível manter um grupo de jogadores 100% focado durante toda a temporada.

As contratações no início do ano não preencheram todas as lacunas do elenco. Poucas opções para a defesa, que agora também sofre com lesões, é uma das pedras no sapato.

Leia mais Conheça todos os artilheiros da era Premier League

Mesmo tendo que improvisar Xhaka e Monreal como zagueiro, tendo Lichsteiner para substituir o lesionado Bellerín, o Arsenal está na briga por uma das vagas na Champions League.

A maneira compacta e de imposição física do time se portar garante pontos numa liga em que o jogo é praticado em alta velocidade e intensidade nas transições.

Atento aos detalhes, Emery conseguiu a maior sequências de vitórias do clube (11) desde 2007 (Foto: Getty Images)

Emery vem encontrando soluções, dentro do próprio elenco, para manter o Arsenal competitivo. Já escalou a equipe com apenas um atacante, três zagueiros, com três volantes e dois atacantes.

O treinador opera, e até agora muito bem, com o material que tem à disposição.

É normal que o Arsenal encontre dificuldade diante dos grandes adversários, mas com o tempo a tendência é que a equipe se ajeite. No último clássico contra o Chelsea, a vitória maiúscula por 2 a 0 foi um sinal que o trabalho está com bons rumos.

O importante agora é que Emery consiga manter os seus comandados competindo no topo. Além dos bons predicados, Emery mostra que, dando mais tempo e melhores peças, há uma esperança para que o Arsenal retorne a briga pelo título.

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.