O último título inglês do Leeds, conquistado em 1991/1992

Confira como foi o último título inglês conquistado pelo Leeds, na temporada 1991/1992

0
701
último título inglês Leeds
Getty Images

Depois de 16 anos sem jogar a primeira divisão da Inglaterra, o Leeds está de volta à Premier League e, para muitos, é um dos times que mais encantam na liga. Comandada por Marcelo Bielsa, a equipe faz história ao quebrar um jejum que fez a torcida viver por muitos anos na nostalgia, com saudade dos tempos de conquistas. Por isso, a PL Brasil traz, hoje, o último título inglês conquistado pelos Leeds, na temporada 1991/1992.

Da glória ao fracasso

No começo da segunda metade do século XX, o Leeds United viveu sua “Era de Ouro”. Entre 1967 e 1974, o time conquistou dois campeonatos ingleses, além da Copa da Inglaterra e da Copa da Liga Inglesa.

Nessa era vitoriosa, vieram também os principais títulos da história do clube, os dois da Taça das Cidades com Feiras, antecessora da Copa da Uefa (a atual Europa League). Assim, com as conquistas, os Whites se tornaram um time muito respeitado, não só na esfera nacional, mas em dimensão continental.

Depois disso, contudo, com sucessivas trocas de técnicos e instabilidades, o Leeds passou oito longas temporadas na segunda divisão. Além da má fase do futebol, os Whites ainda sofriam com a intensidade de grupos hooligans que se diziam vinculados ao clube, os “Leeds United Service Crew”.

A volta para a primeira divisão

Foi só com a chegada do técnico Howard Wilkinson, em 1988, que o Leeds voltou a ter uma expectativa de dias mais vitoriosos. Contratando jogadores experientes e recuperando o brilho de um time quase sem esperança, os Whites foram campeões da segunda divisão na temporada 1989/1990.

Na volta à elite, o Leeds surpreendeu logo no primeiro ano e ficou em quarto lugar na liga, em temporada que o Arsenal foi campeão. Portanto, com esse positivo retorno, os torcedores tiveram uma perspectiva diferente em relação ao futuro do clube, vendo uma luz no fim do túnel.

Apesar de ter terminado o ano anterior em uma ótima colocação, o Leeds não iniciou 1991/1992 como um dos favoritos para conquistar o Campeonato Inglês. O mais cotado para o título era o Manchester United de Alex Ferguson – o clube não ganhava a liga há 24 anos e a expectativa de quebrar esse jejum era muito grande.

leeds último título inglês
Credit: Allsport UK /Allsport

Leia mais: Série “Take Us Home” mostra como o Leeds United recuperou sua alma

O time de Howard Wilkinson

O time-base em boa parte da temporada da conquista do último título inglês do Leeds era formado pelo goleiro John Lukic e pelos laterais Mel Sterland, na direita – o grande cobrador de faltas do time – e Tonny Dorigo, na esquerda. Chris Whyte, que participou da maioria das partidas da temporada, era o zagueiro incontestável da equipe. E o experiente John McClelland completava a linha de defesa do Leeds.

O maior ponto forte dos Whites, porém, foi o meio de campo. David Batty, o grande marcador do time, era acompanhado de Gary McAllister (um líder no elenco e uma das principais referências no time titular). Gordon Strachan e Gary Speed fechavam o setor.

Já a dupla de ataque era formada por Rodney Wallace e Lee Chapman. O artilheiro do time na temporada, inclusive, foi Chapman, com 16 gols. No entanto, o jogador inglês chegou a se lesionar e o Leeds foi atrás de Eric Cantona, centroavante francês.

Naquela época, a atuação de jogadores estrangeiros nos clubes ingleses era muito rara, então o atleta levou aos Whites uma forma diferente de jogar. Assim, Cantona foi importante na segunda metade da temporada em busca do título. Porém, sua passagem pelo Leeds não durou muito, já que se transferiu ao Manchester United 11 meses depois – para fazer história nos Red Devils.

último título inglês leeds
Stephen Munday/Allsport/Getty Images

O começo da temporada

O Leeds, apesar de não ser cotado como favorito antes do campeonato começar, iniciou sua campanha com uma boa série de invencibilidade. E essa série já mostrava que o clube iria brigar, sim, pelo título.

Na primeira rodada, o time de Wilkinson derrotou o Nottingham Forest, em casa, por 1 a 0, gol de McAllister. Na sequência, os Whites ganharam outros quatro jogos (inclusive contra o Liverpool) e empataram cinco vezes. A primeira derrota sofrida pela equipe seria contra o Crystal Palace, no dia primeiro de outubro, por 1 a 0.

A disputa com o Manchester United

A disputa entre Leeds e Manchester United pela liderança foi a grande sensação dos jogos seguintes. Ainda que o Leeds estivesse fazendo uma temporada de aproveitamento bom – com 12 vitórias, sete empates e apenas uma derrota nos primeiros 20 jogos -, o United de Alex Ferguson conseguiu ir além, com 14 triunfos, cinco empates e uma derrota. Já que o time quase não perdia, o que mais atrapalhava os Whites naquela altura do campeonato era mesmo a grande quantidade de jogos empatados.

Muito além dessa disputa com os Red Devils no topo da tabela, a rivalidade entre os dois times já era antiga. Ela surgira devido ao momento histórico da “Guerra das duas Rosas”, deflagrada entre as regiões dos dois clubes, lá no século XV, e se estendera ao futebol. Ademais, o atrito entre o Leeds e o United ganhara muita força nos embates envolvendo o hooliganismo, anos antes, em período de alto nível de ambas as equipes.

Assim, ao longo da temporada, a disputa entre os dois times foi bastante intensa. Trocando sempre as primeiras posições, os Whites e os Red Devils passaram a maior parte do campeonato se intercalando no topo. E aqui se tratavam de dois times que enfrentavam um grande jejum: o Leeds não ganhava a primeira divisão há quase 18 anos; o United, há quase 25. Ou seja, havia muita pressão pelo título nos dois lados.

No fim, apesar da grande quantidade de empates (16), os Whites contaram também com a sorte de campeão. O time sofreu apenas quatro derrotas, enquanto o rival direto perdeu em seis ocasiões.

O grito de “É campeão”

último título inglês Leeds
Getty Images

A (quase) confirmação do último título inglês do Leeds foi em um jogo contra o Sheffield United, no dia 26 de abril de 1992. O time de Wilkinson venceu a partida por 3 a 2. Brian Gayle (contra), Jon Newsome e Rodney Wallace marcaram os gols dos Whites.

Porém, para sacramentar o título do Campeonato Inglês, o Leeds precisava torcer para a derrota do Manchester United, no mesmo dia. E assim aconteceu: a equipe comandada por Alex Ferguson perdeu para o Liverpool por 2 a 0.

Depois de anos em busca de uma reconstrução para voltar aos tempos de glória, a comemoração da torcida dos Whites foi um marco, além de um grande alívio. Aliás, para muitas pessoas na Inglaterra a conquista do Campeonato Inglês de 1991/1992 pelo Leeds United foi quase tão marcante quanto o título do Leicester em 2015/2016, justamente pelos diferentes momentos vividos pelo clube na segunda metade do século – e também por ter sido a última edição antes do formato Premier League.

Leia mais: Os 10 maiores ídolos da história do Leeds United

Hoje, o Leeds vive um momento parecido com aquele da conquista do último título inglês do clube. Muitos anos na segunda divisão e a volta comemorada de forma histórica. Naquele ano, porém, o caneco veio. Agora, o quão longe o time de Marcelo Bielsa poderá chegar?

Acompanhe a PL Brasil no YouTube!

  • PL BRASIL RESPONDE #14 | LEEDS PODE SURPREENDER NA PL?

Não há posts para exibir