Ucrânia x Escócia – Melhores momentos e resultado

2 minutos de leitura

Em jogo morno, a Escócia segurou o empate e manteve 0 x 0 com a Ucrânia, no estádio Marechal Józef Piłsudski, na Polônia. A partida, valida pela 6ª rodada da Nations League, aconteceu nessa terça-feira (27) e reeditou encontro decisivo que, na ocasião, garantiu vaga na final da repescagem das Eliminatórias para Ucrânia na Copa do Mundo.

Ucrânia x Escócia – Os melhores momentos

Em breve.

1º tempo: VAR é acionado em tempo com chances a conta-gotas

Em início de jogo aberto, ambas as seleções chegaram ao gol adversário com poucas, porém boas oportunidades de converter ao gol. A jogada mais clara saiu de pés ucranianos, já na metade do 1° período, em enfiada de bola que colocou Dovbyk cara a cara com o goleiro Escocês. O centroavante chutou rasteiro, no canto direito de Gordon, sem sucesso.

Contudo, foi o time visitante que acrescentou emoção ao confronto. Após tentativa de cruzamento de Fraser, o meia dos amarelos-azuis Stepanenko interceptou a bola com o braço, de acordo com a marcação inicial do árbitro. Após revisão no VAR, o juiz da partida corrigiu seu erro e a decisão de pênalti foi cancelada.

2º tempo: Persistência ucraniana não contou com boa pontaria

Só a Ucrânia voltou à campo no 2° tempo, mas erros no toque final seguiram assombrando o time mandante. No entanto, sem criatividade, foram os cruzamentos, em bolas paradas e em jogo, que ditaram lances de maior ameaça à defesa escocesa.

Aos 32′, após bola mal afastada pela zaga da Escócia, o rebote caiu nos pés de Stepanenko, na entrada da área, que errou o alvo em chute sem pulo. A falta de sorte ou competência no arremate fez com que o treinador ucraniano Oleksandr Petrakov levasse as mãos à cabeça.

Ucrânia x Escócia – O que acontece agora?

O empate teve sabor de vitória aos visitantes escoceses, que assumiram a ponta do grupo B1 na 6ª e última rodada da Nations League, com 13 pontos somados. Já a Ucrânia se consolidou na 2ª posição, com dois pontos a menos que os rivais desta terça-feira (27).

De quebra, os escoceses garantiram vaga na elite da competição europeia, tornando-se a única seleção do Reino Unido na Liga A. Vale lembrar que a Inglaterra, maior potência entre as nações da região, foi rebaixada para a Liga B do campeonato, após derrota para a Itália.

Mais uma rebaixada foi País de Gales, que agora faz companhia à Irlanda do Norte, outra seleção do Reino Unido que já figurava longe das principais camisas do velho continente.

Raphael Barra Grande
Raphael Barra Grande

Entusiasta de comunicação, esportes e textos que conectam! Sou publicitário formado pela Universidade São Judas Tadeu, apaixonado por assistir, jogar e falar sobre futebol, não necessariamente nessa ordem. Hoje, faço a cobertura da Premier League, como setorista do Southampton FC.