Tudo o que você precisa saber sobre o Blackburn para a temporada 22/23

Uma das principais equipes do futebol inglês, é fato que já a algum tempo o Blackburn não figura entre as potências no país criador do futebol. Inclusive, tendo vencido seu último título relevante em 01/02, quando levantou a copa da liga e sua última taça do campeonato inglês em 94/95. Assim, a equipe atualmente tem sonhos mais modestos, dentre eles voltar a disputar a 1ª divisão.

Dessa forma, confira as principais informações sobre a equipe 3 vezes campeã da Inglaterra e uma das 22 equipes inaugurais da Premier League.

O que chama a atenção na equipe?

Primeiramente, é importante entender o motivo de o Blackburn ser uma das equipes para se ficar de olho na temporada 22/23 da Championship. Além de um dos clubes mais tradicionais do futebol inglês, a equipe se mostra em um momento bastante importante de sua história. Dessa forma, após anos de crises, gestões ruins e problemas financeiros, a equipe finalmente se estabeleceu e monta um projeto promissor. Contando com novo diretor de futebol, a equipe vem montando uma estratégia de gestão sólida, com visões claras de onde e como quer chegar.

Qual o motivo do nome da equipe? E seu apelido?

Como muitos clubes de futebol, o Blackburn traz consigo a identidade de sua cidade, tirando daí o seu nome. Vale ressaltar, que Blackburn é uma cidade industrial com cerca de 120 mil habitantes e o centro administrativo do burgo de Blackburn com Darwen, situada no condado de Lancashire. Inclusive, foi inspirado no brasão do condado que o escudo da equipe foi formado, pegando emprestada a rosa e a adaptando até a versão dos dias atuais.

Por fim, a equipe tem o apelido de Rovers, que pode ser traduzido como andarilho. Existem histórias que relatam o motivo apelido ser o fato de a equipe não possuir um estádio, viajando por vários lugares até se firmar em uma casa definitiva. Além disso, a equipe por vezes é chamada de Riversiders, traduzido como ribeirinhos. Porém, a denominação é menos comum.

Onde joga a equipe?

Fundado em 1875, o Blackburn é uma das equipes mais tradicionais do futebol inglês. Com isso, é de se imaginar que a equipe também atue em um templo que exala tradição inglesa. Assim, o Ewood Park é um daqueles clássicos estádios antigos da Inglaterra, com arquitetura característica dos estádios britânicos e com poucas modernizações, aumentando o seu charme.

Com capacidade para 31.367 pessoas, o estádio não é gigante como muitas arenas e verdadeiros monumentos da primeira divisão, mas é incrivelmente rico e histórico, estando em atividade desde 1882.

Quem é o treinador da equipe?

A temporada 22/23 marcará a estreia de um novo treinador à frente dos Rovers. Após 5 anos sendo comandada por Tony Mowbray, a equipe terá Jon Dahl Tomasson como comandante. Apesar de uma carreira ainda breve, o treinador é promissor e possui ideias bem claras para suas equipes, tendo até mesmo vencido campeonatos na Suécia. Assim, Tomasson chega a Ewood Park com a intenção de trazer a equipe de volta à elite, onde inclusive ele mesmo enfrentou a equipe em seus tempos de jogador.

Qual a principal estrela do Blackburn?

Apesar de ser um elenco curto e com poucos nomes badalados para o grande público, o Blackburn possui alguns nomes de destaque, que podem até pintar em alguma equipe da Premier League. Com certeza, o nome que mais chama atenção é o de Ben Brereton Díaz, atacante inglês naturalizado chileno de 23 anos. O centroavante que marcou 22 gols na última temporada é a esperança de sucesso da equipe, em especial, após a chegada de um grande ex-atacante como técnico.

Foto: Reprodução/Blackburn

Quem são os principais jogadores?

Além de Brereton Díaz, outros nomes recheiam o elenco dos Rovers. Apesar de pouco conhecido para o grande público, Bradley Dack é um dos melhores jogadores da equipe, tendo uma carreira de respeito nas divisões inferiores da Inglaterra. A equipe também conta com um nome de impacto no gol. Thomas Kaminski é um goleiro experiente e vitorioso, agregando bastante à equipe.

Por fim, vale ressaltar o experiente Daniel Ayala. Além disso, apesar de especulações sobre sua saída, o zagueiro ainda faz parte do elenco do Blackburn e é um nome importante na competição, com quase 250 atuações.

Qual promessa da equipe se deve ficar de olho?

Apostando especialmente em jovens jogadores, os Rovers possuem vários bons nomes com idade inferior a 23 anos para se observar. Dentre eles estão: Dilan Markanday, Ethan Walker e Jack Vale. Inclusive, este último é o destaque da pré-temporada da equipe, um dos nomes que mais empolgam a torcida. Fique de olho nele!

Qual a principal contratação da equipe?

Passando por um momento de reestruturação, a equipe vem sendo cuidadosa no mercado. Optando por trazer jovens jogadores livres no mercado e promovendo nomes da base, o Blackburn apenas fez 1 contratação na atual janela de transferências até o momento. Dessa forma, o jogador contrato foi Callum Brittain, que se destacou nas últimas temporadas pelo Barnsley.

Quem é o capitão da equipe?

Um dos nomes que você mais verá atuar pelos Rovers, Lewis Travis é um dos orgulhos da torcida, sendo mais um dos nomes que veio das categorias de base e representando bem o espírito da equipe. Assim, o volante de 24 anos foi eleito o capitão do clube para a próxima temporada, após a saída do antigo capitão Darragh Lenihan.

Foto: Reprodução/Blackburn

Quais as principais rivalidades do Blackburn?

Em complemento à saída de Lenihan, vale lembrar que a equipe tem alguns adversários que geram duelos mais fervorosos, dadas as rivalidades dos clubes. Assim, voltando a falar do ex-capitão, a sua mudança de equipe ferveu uma animosidade que vem se formando nas últimas temporadas. Além de sua transferência, Middlesbrough e Blackburn vêm disputando os mesmos objetivos nas últimas temporadas e suas torcidas tem nutrido certa antipatia entre si. Assim, pode-se criar uma rivalidade entre as equipes nas próximas temporadas.

Entretanto, a principal rivalidade dos Rovers é o Burnley. Para contexto, as equipes formam o East Lancashire derby, duelo local que mexe muito com ambas as equipes. Vale ressaltar, que existe outro fator marcante no duelo na próxima temporada. Após os clarets passarem 6 anos na Premier League, as equipes voltam a se enfrentar em um campeonato nacional.

Por último, a equipe ainda possui certa rivalidade com o Preston, Bolton e Wigan. Porém, destes clubes, apenas os Wanderers não estão na Champioship, atuando pela League One, a 3ª divisão inglesa.

O que se pode esperar do clube na próxima temporada?

Com certeza, a temporada 22/23 da Championship será uma das mais disputadas dos últimos anos. Vale lembrar que, com a volta do Sunderland, a queda de nomes fortes como: o Burnley, Watford e Norwich e ótimos projetos como o Sheffield United, Middlesbrough e Hull City, várias equipes disputarão na parte de cima da tabela. Além deles, vale mencionar o Luton e o Huddersfield, que fizeram ótimas campanhas na última temporada e podem voltar a incomodar na briga pelos play-offs.

Dessa forma, já se pode perceber que a temporada será uma batalha dura para o Blackburn. Além de ter um elenco jovem, com média etária de 24 anos, a equipe ainda possui poucos nomes à disposição, com apenas 19 jogadores no elenco principal. Certamente, Jon Dahl Tomasson tem possíveis contratações em mente, mas ainda assim será uma disputa dura pelas 3 vagas de acesso.

Por fim, motivos não faltam para você se empolgar e querer torcer pelos Rovers. Contudo, caso já tenha seu time na competição, você teve a oportunidade de conhecer ainda mais um adversário que poderá dar trabalho ao seu clube do coração.

Foto: Reprodução/Twitter/Blackburn