Tuchel se irrita com goleada em clássico e dispara: “Não garanto que estaremos prontos daqui duas semanas”

A saber, o Chelsea sofreu um duro golpe neste último sábado (23), ao ser goleado pelo rival Arsenal, pelo placar de 4 x 0. Dessa forma, o técnico dos Blues, Thomas Tuchel, deixou claro sua insatisfação com a derrota amarga no amistoso e pediu mais reforços para a temporada que está prestes a começar.

TUCHEL INCOMODADO

Em entrevista coletiva pós amistoso, o alemão Thomas Tuchel disse estar preocupado com o progresso de sua equipe e preocupado com a falta de comprometimento de seus jogadores durante a turnê de pré-temporada pelos Estados Unidos. Sendo assim, o treinador foi contundente nas palavras e ressaltou não ter contado com os seus principais jogadores para a partida.

“Nós simplesmente não fomos competitivos.

A parte preocupante é que o nível de compromisso físico e mental para este jogo foi muito maior para o Arsenal do que para nós.

Certamente não foi nossa escalação mais forte. Isso é parte de uma explicação, mas apenas uma pequena parte… Não posso garantir que estaremos prontos em duas semanas”, acrescentou, referindo-se à estreia do Chelsea na Premier League contra o Everton em agosto.

Além disso, Tuchel falou sobre o elenco dos Blues, ressaltando o apelo por mais contratações.

“Fomos sancionados e os jogadores nos deixaram, sabemos que alguns jogadores estão tentando nos deixar, e é aqui que está. Tivemos um apelo urgente por jogadores e uma enorme quantidade de jogadores de qualidade.

Temos dois jogadores de qualidade – sem dúvida – mas não somos competitivos assim e, infelizmente, podemos ver isso hoje.”

Em suma, até o momento, o Chelsea acertou a contratação de dois jogadores, são eles: o atacante Raheem Sterling, ex-Manchester City e, o zagueiro Kalidou Koulibaly, ex-Napoli.

JORGINHO NA BRONCA COM A FIFA

O volante Jorginho, do Chelsea, reclamou dos critérios da FIFA após a Itália ficar fora da Copa do Mundo, perdendo o jogo da semifinal para a modesta Macedônia do Norte. Assim, Jorginho soltou uma breve declaração por achar injusto o campeão da Eurocopa não ter uma vaga direta para a Copa do Mundo, no Catar. Vale lembrar, que a Itália foi campeã da última edição da Euro, vencendo nos pênaltis a Inglaterra.

“É ridiculo ganhar Euro e não ir direto para a Copa. Liga lá para a Fifa, para a UEFA para saber, porque pelo amor de Deus. Talvez porque a gente acabou não indo e eu estou mais indignado ainda, mas pô, você ganha, se mata e tem que fazer eliminatórias de novo, tá de sacanagem”, desabafou Jorginho

“Ganha a Euro para que? Para ganhar a Euro? Só para ganhar Euro? Ganha a Europa League pra classificar para a Champions. Você ganha a Champions, Mundial. O Mundial é o topo, onde não tem mais pra onde ir, se ganha o Mundial está classificado para o outro. Ganha Europeu, Copa América, o Asiático, e você não vai direto?, complementou o jogador.

A Itália chegou ficar 37 partidas sem perder. Entretanto, foi derrotada justamente na partida que lhe daria uma vaga na final contra Portugal. Posteriormente, a equipe de Cristiano Ronaldo, ficou com a vaga para a copa. Jorginho está nos Estados Unidos com o Chelsea, onde irá disputar a Florida Cup.