Os tropeços de Liverpool e Man United e a briga pelo título

Luta pelo título de campeão inglês segue acirrada, mas Red Devils e Reds já perderam pontos preciosos

liverpool manchester united título
PHIL NOBLE/POOL/AFP via Getty Images

Com os recentes tropeços de Liverpool e Manchester United, a Premier League vai se desenhando cada vez mais para o título do Manchester City. Enquanto os rivais ajudam, o City chegou a sua 14ª vitória seguida na temporada após vencer o Arsenal na última rodada.

Os tropeços de Liverpool e Man United e a briga pelo título

Para que os comandados de Pep Guardiola não vençam o campeonato, seria necessário uma regularidade maior de seus concorrentes, além de que os Citizens começem a tropeçar bastante. Algo que parece improvável no momento.

Nós, da PL Brasil, vamos analisar a disputa do título inglês e mostrar como que os tropeços recentes de Liverpool e Manchester United deixaram o Manchester City em uma situação tranquila no campeonato.

Leia mais: Como Cavani se tornou indispensável no Manchester United.

O que aconteceu com o atual campeão?

O Liverpool era considerado um dos grandes favoritos ao título, mas isso acabou mudando. Com inesperados tropeços, principalmente dentro de casa, o clube agora luta para buscar uma vaga na próxima Liga dos Campeões. Na atual temporada, foram quatro derrotas nos últimos quatro jogos.

Na temporada atual, os Reds sofrem com as lesões. O setor mais prejudicado é certamente a defesa, que não conta com os seus três principais nomes: van Dijk, Gomez e Matip. O clube até optou por dar chance a jogadores mais jovens, como Phillips e Rhys Williams, mas não deu muito certo.

Acompanhe a PL Brasil no Youtube

Com isso, o clube teve de apelar para as improvisações de Fabinho e Henderson no setor, além de ir ao mercado de transferências. Na última janela, o clube trouxe os zagueiros Ozan Kabak por empréstimo do Schalke 04 e Ben Davies, do Preston North End.

O primeiro vem ganhando chances, mas parece pecar pela falta de ritmo e entrosamento. O segundo ainda não estreou pelo clube. No entanto, Henderson é outra baixa por lesão. Especula-se que fique fora por três meses.

Com 13 rodadas para o fim, o objetivo do clube parece não ser mais a busca pelo título. Com 19 pontos de diferença para o Manchester City, o clube agora se esforça para garantir uma vaga na Champions League via Premier League, o que não será fácil com a atual fase da equipe.

Leia mais: 5 jogos marcantes de Luis Suárez no Liverpool

Os Red Devils conseguem bater de frente com seu rival local?

Apesar da distância de 10 pontos, o Manchester United vem surpreendendo a todos com uma temporada mais regular. No entanto, o time vem pecando em alguns jogos que acabam impedindo que a equipe brigue de forma mais direta pelo título inglês.

Com isso, é difícil imaginar os Red Devils com o título da Premier League dessa temporada. Isso não está relacionado a um erro de planejamento, mas sim à brilhante campanha feita pelo seu rival local, o Manchester City, que parece não dar chance aos seus adversários.

Alguns de seus jogadores de ataque, como Bruno Fernandes e Marcus Rashford, vivem a melhor fase de suas carreiras. Além disso, nomes contestados no setor defensivo como Lindelof e Shaw parecem ter finalmente encontrado a forma física ideal e contribuem constantemente tanto no ataque quanto na defesa.

Apesar da boa fase de parte do elenco, a melhor chance de título na temporada parece ser na Liga Europa. Na primeira fase do mata-mata da competição, a equipe goleou a Real Sociedad por 4 a 0 e está muito próximo de avançar para a próxima fase.

Na Premier League, a vaga para retornar à Champions League parece estar bem encaminhada. No entanto, vale a atenção com o Chelsea, que venceu quatro dos seis jogos comandados por Thomas Tuchel na Premier League.

Existem outros candidatos ao título?

Um dos times mais regulares da Premier League nos últimos anos, o Leicester ainda sonha em repetir o feito de 2015/2016. Com 49 pontos e empatado com o Manchester United, o clube comandado por Brendan Rodgers busca ao menos uma vaga na próxima Champions League.

Um pouco mais atrás com 45 pontos está o surpreendente West Ham, que certamente não tem ambições com o título. No entanto, a chance de os Hammers estarem disputando uma competição europeia são significativas.

Com 43 pontos, o Chelsea vem evoluindo cada vez mais sob o comando de Thomas Tuchel. São seis vitórias e dois empates em oito jogos sob o comando do alemão na temporada. A distância para o City é significativa, mas a boa fase do clube certamente faz o torcedor ainda sonhar.