6 jogadores ingleses que trocaram a Premier League por La Liga

Kieran Trippier deixou o Tottenham rumo ao Atlético de Madrid. Quem mais trocou a Inglaterra pela Espanha?

David Beckham Real Madrid Denis Doyle Collection Getty Images Sport
Denis Doyle Collection Getty Images Sport

A Premier League recebe jogadores de diversos cantos do mundo. É muito difícil ver atletas ingleses deixar a liga de seu país rumo a outros campeonatos, principalmente europeus. O funil ainda diminui quando analisamos jogadores ingleses que deixam a Premier League rumo à La Liga.

Alguns afirmam que o Campeonato Espanhol é o melhor e mais disputado do mundo. A competição pode ser atrativa ao público, entretanto, não chama muito a atenção de jogadores ingleses. Diante a situação, a PL Brasil listou os 6 jogadores ingleses que deixaram a Premier League rumo à La Liga.

6 jogadores ingleses que trocaram a Premier League por La Liga

5 ESTÁDIOS INGLESES QUE NÃO EXISTEM MAIS

6 jogadores ingleses que trocaram a Premier League por La Liga 

David Beckham

David Beckham Real Madrid Denis Doyle Collection Getty Images Sport
Denis Doyle Collection Getty Images Sport

Cria do Manchester United, David Beckham foi um dos principais jogadores do clube nos anos 1990 e no início do século 21.

Seu primeiro ano como profissional foi na temporada 1994/95, em que foi emprestado ao Preston North End, clube que disputou cinco partidas e anotou dois gols.

Na temporada seguinte, Beckham retornou ao United e permaneceu no clube por oito temporadas seguidas. Pelos Red Devils, o meia acumulou 386 jogos, balançou a rede 85 vezes e distribuiu 98 assistências.

Além de números excelentes, Beckham conquistou em seis ocasiões a Premier League, quatro vezes a Supercopa da Inglaterra, duas vezes a Copa da Inglaterra, uma vez a Champions League e a Copa Intercontinental.

Na janela de transferências de inverno da temporada 2003/04, o Real Madrid desembolsou cerca de 37 milhões de euros para contar com Beckham. Pelos Blancos, o meia conquistou apenas uma La Liga e a Supercopa da Espanha, também em uma ocasião.

Em julho de 2007, após entrar em campo em 159 oportunidades, balançar a rede apenas 20 vezes e acumular 48 assistências, Beckham assinou com os Los Angeles Galaxy. O jogador ainda acumulou passagens por Milan e Paris Saint-Germain antes de anunciar aposentadoria, em 2013.

Leia mais: A frustração de Alex Ferguson com David Beckham

Jonathan Woodgate

Woodgate Real Madrid Richard Heathcote Collection Getty Images Sport-min
Richard Heathcote Collection Getty Images Sport-min

O ex-zagueiro iniciou a carreira no Leeds, na temporada de 1998/99. Quando subiu no profissional, Woodgate era considerado uma das maiores joias do elenco e muito querido pelos torcedores. Entretanto, o atleta tinha dificuldades de manter sequência de partidas devido a lesões.

Por conta de problemas financeiros que o Leeds enfrentava na temporada de 2002/03, Woodgate foi vendido ao Newcastle na janela de inverno daquela temporada.
Após um ano e meio nos Magpies, o Real Madrid pagou 18,5 milhões de euros pelo zagueiro.

Na Espanha, Woodgate foi um fiasco. Mesmo chegando em 2004/05, o zagueiro inglês só fez sua estreia na temporada seguinte.

Após diversas lesões e acumular somente 14 jogos em duas temporadas no time espanhol, Woodgate foi emprestado ao Middlesbrough, em 2007/08. No final do empréstimo, o Boro desembolsou quase 10 milhões de euros para ter o zagueiro em definitivo.

Antes de se aposentar no clube que o repatriou na Inglaterra, em 2015/16, Woodgate ainda vestiu a camisa do Tottenham e Stoke City. Atualmente, o ex-zagueiro é técnico do Middlesbrough.

Michael Owen

Michael Owen Real Madrid PIERRE-PHILIPPE MARCOU Collection AFP
PIERRE-PHILIPPE MARCOU Collection AFP

Michael Owen foi mais um inglês que o Real Madrid contratou na temporada 2004/05. Owen chamou muito atenção no seu segundo ano como profissional no Liverpool. Logo aos 18 anos, o atacante terminou a Premier League de 1997/98 como artilheiro, balançando a rede em 18 ocasiões.

Ainda em 1998, Owen foi convocado pela seleção inglesa para a disputa da Copa do Mundo na França. Em quatro jogos, o jovem atacante marcou dois gols no torneio mundial. E em 2001, com apenas 20 anos, Owen foi premiado com o Ballon d'Or.

Após oito temporadas no Liverpool, 158 gols marcados com a camisa dos Reds, e o sucesso repentino, Michael Owen buscava aventurar seu talento em outro país. Até que em 2004/05, o Real Madrid desembolsou apenas 12 milhões de euros para contar com o atacante.

Entretanto, a passagem no time de Madri durou somente uma temporada. Owen vestiu a camisa dos Blancos em 46 oportunidades e marcou 16 gols. Na temporada seguinte, o Newcastle pagou 25 milhões de euros para repatriar o atacante na Premier League.

Leia mais: As 5 maiores revelações da história do Liverpool

Jermaine Pennant

Zaragoza Pennant Jaime Reina Collection AFP
Jaime Reina Collection AFP

Talvez o nome menos conhecido da lista, Jermaine Pennant começou a carreira no Notts County. O jogador também acumulou passagens pelo Arsenal, Watford e Liverpool.

Após rodar por alguns empréstimos quando pertencia aos Reds, Pennant transferiu-se sem custo ao Real Zaragoza quando seu contrato se encerrou com a equipe de Anfield.
Pelo clube espanhol, o atleta disputou somente 26 jogos, e, na temporada seguinte, retornou a um clube inglês.

Pennant foi emprestado ao Stoke City e o clube exerceu a compra do meia por dois milhões de euros, após uma temporada do atleta no clube.

Após defender a camisa dos Potters, o jogador ainda rodou em clubes como Wolverhampton, Wigan e Bury. Atualmente, Pennant está sem clube.

Leia mais: 10 jogadores que passaram pelo Arsenal que você talvez nem sabia

Kieran Trippier

Trippier Atlético de Madrid Angel Martinez Collection Getty Images Sport
Angel Martinez Collection Getty Images Sport

A transferência mais recente de um jogador inglês que trocou a Premier League por um clube que disputa a La Liga, Trippier trocou o Tottenham pelo Atlético de Madrid na janela de verão da temporada de 2019-20.

Revelado pelo Manchester City e sequer ter disputado uma partida pelo clube, Trippier ganhou destaque com a camisa do Burnley. Após boas atuações, os Spurs desembolsaram quase cinco milhões de euros pelo lateral direito.

Trippier acumulou 114 jogos com a camisa do Tottenham, até se transferir ao clube espanhol por 22 milhões de euros.

Leia mais: A temporada em que o Liverpool foi comandado por dois treinadores

Steve McManaman

Steve McManaman Real Madrid trocaram a Premier League La Liga ingleses Shaun Botterill Collection Getty Images Sport-min
Shaun Botterill Collection Getty Images Sport-min

McManaman começou a carreira no Liverpool, em 1990/91. Após nove temporadas com a camisa dos Reds, o meia transferiu-se, a custo zero, para o Real Madrid, durante a janela de transferências de inverno da temporada de 1999/00.

Com a camisa do clube espanhol, McManaman fez história. O inglês conquistou a Champions League em duas ocasiões, nas edições de 1999/2000 e 2001/2002, respectivamente. Com as conquistas europeias, o meia tornou-se o primeiro jogador inglês a conquistar a Liga dos Campeões duas vezes.

Além dos títulos continentais europeus, McManaman foi bicampeão da La Liga e acumulou troféus da Supercopa Europeia, Supercopa da Espanha e da Copa Intercontinental.

Após quatro temporadas no Real Madrid, 158 jogos e 14 gols marcados, o meia retornou ao futebol inglês, mas, desta vez, para defender as cores do Manchester City.
Nos Citizens, McManaman pisou nos gramados em 44 oportunidades e não marcou nenhum gol. O jogador também não conquistou nenhum título e, após duas temporadas no clube, pendurou as chuteiras.