Tottenham x Milan: Kane quebra ‘recorde’ negativo e torcida canta nome de ex-técnico

2 minutos de leitura

O Milan segurou o 0 a 0 com o Tottenham, em Londres, nesta quarta-feira (8), e conseguiu a classificação às quartas de final da Champions League. Depois de perder o jogo de ia por 1 a 0, os ingleses não saíram do 0 a 0 e foram eliminados. Com isso, o clube completará 15 anos sem títulos. Incomodados com mais uma eliminação, torcedores no setor sul do estádio do clube chegaram a cantar o nome de Mauricio Pochettino, ex-técnico dos Spurs.

Em uma partida sem grandes chances, diferente do jogo em Milão, os italianos ainda assim se mostraram superiores. O Tottenham não teve grande poder ofensivo e contou com a quebra de um recorde negativo de Harry Kane.

Leia mais:

Manchester United entra na briga por argentino campeão do mundo

Técnico inglês é demitido após derrota na Champions League

Manchester City: jogador teria apalpado mulher e mostrado genital em bar, revela jornal

“Seca” de Kane e do Tottenham

Kane disputa bola com zagueiro em Tottenham x Milan - Reprodução/@SpursOfficial
Kane disputa bola com zagueiro em Tottenham x Milan – Reprodução/@SpursOfficial

O jogo contra o Milan marcou a quarta partida consecutiva de Champions League em que o atacante inglês não marcou. Ele já havia tido uma sequência de três partidas na “seca” antes, mas nunca passou dessa marca.

Kane é o vice-artilheiro da Premier League atualmente e já foi o maior goleador de três temporadas diferentes na Inglaterra. Mesmo com o sucesso doméstico, nunca atingiu uma artilharia na Champions.

A grande campanha dos Spurs na competição continental foi recente. Em 2018/19, chegaram à final depois de uma semifinal histórica contra o Ajax, que contou com hat-trick de Lucas Moura.

Na decisão contra o Liverpool, perdeu por 2 a 0 e não conquistou o sonho do primeiro título da competição. Com a atual eliminação, o Tottenham vê o Milan sair de uma seca própria: depois de 11 anos, os rossoneri conseguem passar das oitavas.

Esse será o 15º ano consecutivo sem que o Tottenham consiga um título. A última vez foi em 2008, quando levantou a taça da Copa da Inglaterra sobre o Chelsea. Antes disso, apenas em 1999, na mesma competição.

O receio dos torcedores dos Spurs também passa pelo futuro de Kane. Sem nenhum título na carreira, o atacante atrai interesse de rivais da própria Premier League e pode deixar o clube.

Dominado na ida e na volta

O primeiro confronto foi repleto de oportunidades do Milan. Apesar do placar mínimo, teve 1,89 de xG e quatro grandes chances criadas – ou seja, poderia e era esperado que marcassem mais.

O Tottenham teve poucas oportunidades e terminou a partida de ida com 0,44 xG. Não foi muito diferente do jogo desta quinta: o Milan criou duas grandes chances e finalizou 14 vezes, com 1,37 de xG. Os Spurs, por sua vez, só deram dois chutes a gol, um deles aos 93 minutos de jogo.

A PL Brasil havia indicado como o confronto com o Milan poderia ser perigoso antes do embate na volta.

Eliminados da Copa da Inglaterra pelo Sheffield United, muito distantes da briga pelo título da Premier League e com a Copa da Liga definida no mês passado, este será mais um ano sem títulos para o Tottenham.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]