Desafio do Tottenham é garantir que eliminação não afete restante da temporada

Equipe jovem e talentosa vai pegando casca para se destacar ainda mais nas próximas temporadas

0
300
tottenham

Por mais de uma hora na partida da última quarta-feira, contra a Juventus, o Tottenham esteve com um pé nas quartas de final da Champions League.

Após ter conseguido buscar dois gols e conquistar um empate fantástico em Turim, o time comandado por Mauricio Pochettino estava com a situação controlada em Wembley, principalmente com o gol de Heung-Min Son, ainda no primeiro tempo.

O que aconteceu em seguida, em menos de três minutos, foi uma lembrança dolorosa de como quão rápido as coisas podem mudar na competição mais almejada do continente. Gonzalo Higuaín só teve o trabalho de cutucar a bola após a cabeçada de Sami Khedira.

Paulo Dybala, invisível até então, apareceu no momento certo, recebendo ótimo passe de seu compatriota e marcou o que daria a classificação aos italianos.

Foram os dois primeiros chutes da Vecchia Signora ao alvo, ambos decisivos. A exuberância juvenil dos Spurs tinham dominado o adversário durante toda a partida, mas o lado comandado por Massimiliano Allegri se mostrou firme e maduro quando importava. E esse foi o golpe mais pesado para o time londrino.

Qual o desafio do Tottenham?

A dúvida agora é de como a equipe vai se mostrar após uma eliminação que poucos ainda acreditam que realmente aconteceu.

O Tottenham é o quarto na Premier League, tendo cinco pontos de vantagem para o Chelsea.

No entanto o que preocupa agora é a sequência do time. O time enfrenta o Swansea pelas quartas de final da FA Cup, e encerra a difícil série justamente contra o Chelsea, em Stamford Bridge.

Leia mais: Estudo aponta Kane como terceiro jogador mais valioso do mundo

Os próximos jogos serão cruciais, uma vez que o time pode se distanciar ou pelo menos manter a distância atual para o rival azul londrino, para mais uma vez voltar a Champions League.

Além de seguir vivo na briga pelo título que ainda é possível na temporada, o da FA Cup. O time de Pochettino mostrou que eles têm potencial para brilhar ainda nesta temporada, principalmente por suas atuações contra os gigantes Real Madrid, Borussia Dortmund e Juventus, pela competição europeia.

Motivar os jogadores após o baque sofrido em Wembley pode ser um grande desafio para Pochettino, mas seria um grande erro não apostar na volta por cima.

“É claro que estamos desapontados, mas faz parte do crescimento”, disse o argentino após a eliminação. E talvez seja esse o grande aprendizado da equipe para o futuro.

Equipe jovem e talentosa que, aos poucos, vai pegando casca para se destacar ainda mais nas próximas temporadas.