Top 5 melhores goleiros da Premier League de todos os tempos

Top 5 melhores goleiros da Premier League de todos os tempos
Foto: UEFA

A Premier League certamente é uma dás, se não, a maior liga de futebol do mundo. Mas esse formato que vemos hoje em dia, teve início somente em 1992 e desde então, se tornou um enorme sucesso no futebol mundial. Seja pelos valores astronômicos que os clubes movimentam, ou pelo próprios times que sempre demonstram um futebol bem vistoso, a Premier League também é conhecida por ter grandes lendas do gol, sendo assim, confira um Top 5 melhores goleiros da Premier League de todos os tempos.

Top 5 melhores goleiros da Premier League de todos os tempos

5 Jens Lehmann

Primeiramente no top 5, o alemão Jens Lehmann começou sua carreira profissional jogando pelo time do Schalke 04. Pela equipe de Gelsenkirchen, ele conquistou uma 2.Bundesliga em 1991 e uma Copa da UEFA (1997). Lehmann jogou no Schalke de 1988 até 1998, após isso, se transferiu para o Milan, que pagou cerca de 4.3 milhões de euros pelo alemão.

Ele não fez sucesso no clube italiano e seis meses depois, com somente seis jogos pelo clube, voltou para a Alemanha e para jogar no maior rival do seu clube formador, o Borussia Dortmund, que pagou cerca de 4 milhões de euros aos italianos.

Jens ganhou a Bundesliga em 2002 pelo Dortmund e jogou até 2003 no clube alemão. Sendo assim, ele se transferiu para o Arsenal. Os Gunners pagaram por volta de 3.5 milhões de euros para a equipe do Borussia Dortmund.

Pelo Arsenal, foi onde ele teve seu maior destaque como atleta. Conquistou uma Supertaça da Inglaterra em 2004, foi o goleiro titular na campanha histórica do título da Premier League em 2004, onde o Arsenal venceu o campeonato de forma invicta. Além de ter ganho também uma Taça da Inglaterra em 2005.

Na temporada 05/06, foi um dos jogadores mais importantes até a chegada na final da Liga dos Campeões. Na semifinal contra o Villareal, defendeu um pênalti de Riquelme. Lehmann jogou no Arsenal até o ano de 2008, quando voltou para a Alemanha para jogar pelo Stuttgart e com o desejo de encerrar sua carreira, que aconteceu em 2010.

Por fim, em 2011, o Arsenal estava com problemas com os goleiros, devido a lesões, empréstimos e a pedido do treinador Arsene Wenger, Lehmann deixou sua aposentadoria. O alemão, já aos 41 anos, chegou a disputar uma partida nesse tempo. Mas ao final da temporada, voltou a sua aposentadoria de vez.

4 – David Seaman

O quarto lugar no top 5 ficou com David Seaman, que começou sua carreira profissional pela equipe do Leeds United em 1981, porém não fez nenhuma partida pelo clube e se transferiu para o Peterborough United em 1982, custando 6 mil euros. Após três temporadas, ele foi para o Birmingham City, que pagou cerca de 135 mil euros pelo goleiro.

Ao final da temporada de 1986, o Birmingham foi rebaixado e com isso, Seaman optou por não continuar na equipe. Ele se transferiu para o Queens Park Rangers, custando cerca de 310 mil euros. Mesmo que não tenha conquistado títulos pela equipe, suas ótimas atuações garantiram a David, uma vaga na seleção inglesa em 1988.

Todavia, o goleiro jogou pelos Rangers até 1990, quando se transferiu para o Arsenal para substituir John Lukic. Os Gunners pagaram cerca de 2 milhões de euros por ele, uma transferência recorde na época, se tratando de um goleiro.

Seaman jogou pelo Arsenal até o ano de 2003, ele jogou 512 jogos e conquistou 12 títulos, incluindo três campeonatos nacionais e uma Taça da Europa em 1994. Seu último clube foi o Manchester City, porém disputou apenas 26 partidas. Por fim, se aposentou em 2004.

3 – Edwin van Der Sar 

Abrindo o pódio de melhores goleiros da Premier League de todos os tempos, o goleiro holandês começou sua carreira jogando pelo time do Noordwijk, em 1989. Mas, na temporada seguinte, se transferiu para o Ajax. Van Der Sar conquistou três Supertaças da Holanda, quatro Eredivises, três Copas da Holanda, a inédita Liga dos Campeões em 1995, ano em que também venceu a Supercopa da UEFA e o Mundial de Clubes.

Jogou pelo Ajax até 1999, quando se transferiu a custo zero para a Juventus. Sua passagem pelo clube italiano não foi nem sombra do que foi pelo Ajax, ficando somente duas temporadas no clube de Turim. E com duras críticas sobre algumas de suas atuações, o goleiro se transferiu para o Fulham em 2001, pagando cerca de 10.3 milhões de euros.

Na Inglaterra, Edwin voltou a ter grande destaque positivo, sendo um dos principais jogadores a levar o Fulham até a semifinal da Copa da Inglaterra em 2002. Ele ainda conquistou a Copa Intertoto no mesmo ano. Mostrando um grande desempenho, chamou a atenção do Manchester United, que contratou o arqueiro em 2005, por 4 milhões de euros.

Como resultado pela equipe dos Diabos Vermelhos, ele teve uma passagem sensacional, por apresentações e títulos. Com destaque para quatro Campeonatos Ingleses, uma Liga dos Campeões em 2008 e um Mundial de Clubes em 2008. Van Der Sar se aposentou em 2011 e seu último jogo foi contra o Barcelona na final da Liga dos Campeões daquele ano, perdida por 3 x 1.

Mas em 2016 ele voltou para fazer uma partida pelo Noordwijk, clube que revelou ele para o futebol. Seu time enfrentou o Joden Boys pela 4ª divisão holandesa e durante o jogo, ele defendeu um pênalti, já com seus 45 anos. Ele é considerado o melhor goleiro da história da Seleção Holandesa.

2 – Petr Čech 

Em seguida, o goleiro da Republica Tcheca, começou no futebol jogando pelo Chmel Blsany, em 1999. No ano de 2001, se transferiu para o Sparta Praga, custando 600 mil euros. Não conquistou títulos pelo clube, mas com ótimas atuações, foi para o Rennes em 2002, que pagou cerca de 5 milhões de euros por ele.

Novamente sem títulos, mas com grandes apresentações no gol, em 2004, o Chelsea contratou Čech por cerca de 7 milhões de euros, sendo essa até então, a contratação mais cara de um goleiro no Chelsea.

Outra coisa que chamou a atenção no goleiro, foi o seu capacete e ele começou a usar o objeto em 2006. Após uma dividida com Stephen Hunt, o goleiro sofreu uma fratura em seu crânio e chegou a correr risco de vida. Após um logo tempo se recuperando, ele voltou aos gramados com o capacete, que adotou o uso até o fim de sua carreira.

Petr jogou no Chelsea até o ano de 2015, colecionando grandes títulos, com destaque para quatro Campeonatos Ingleses, quatro Taças da Inglaterra, uma Liga dos Campeões em 2012 e uma Liga Europa em 2013. Quando se transferiu para o Arsenal, que pagou cerca de 14 milhões de euros aos Blues.

O goleiro jogou pelos Gunners durante quatro temporadas e ganhou uma Taça da Inglaterra em 2017 e duas Supertaças da Inglaterra. Ele anunciou sua aposentadoria dos gramados em 2019. Seu último jogo como profissional foi justamente contra o Chelsea, onde o Arsenal saiu derrotado por 4 x 1.

Em 2020, Čech voltou a defender o Chelsea, ou quase, já que devido a pandemia do Coronavírus, o goleiro foi incluso como goleiro de emergência. É considerado o maior goleiro da história do Chelsea, com até mesmo um recorde de 1025 minutos sem sofrer um gol pela equipe. E vamos ao vencedor do top 5.

1 – Peter Schmeichel: o maior dentre os goleiros da Premier League

Por fim, fechando o top 5 melhores goleiros da Premier League de todos os tempos, temos a lenda Peter Schmeichel, que começou sua carreira em 1984 pelo Hvidovre e em 1987, se transferiu para o Bröndby. Pelo clube, conquistou quatro Campeonatos Dinamarqueses e com grandes atuações, chamou a atenção do Manchester United, que contratou ele por cerca de 750 mil euros.

Esse sendo considerado por Sir Alex Ferguson, como o negócio do século, tendo em vista o retorno que o ele deu ao time. Pelo United, ele conquistou 5 Campeonatos Ingleses, três Taças da Inglaterra, uma Taça da Liga da Inglaterra, 1 Liga dos Campeões em 1999 e uma Supercopa da UEFA em 1991.

Logo após uma história vitoriosa pelo Manchester United, em 1999 Schmeichel se transferiu para o Sporting de Portugal e fez história por lá, conquistando o Campeonato Português em 2000, título que o clube não ganhava fazia 18 anos, além de ter vencido também duas Supertaças de Portugal.

Todavia, o dinamarquês jogou duas temporadas em Portugal, voltou para a Inglaterra em 2001, para jogar pelo Aston Villa. Não ganhou títulos por lá, mas se tornou o primeiro goleiro a marcar um gol na Premier League, na derrota para o Everton por 3 x 2.

Por fim, em 2002, Peter voltou para jogar em Manchester, mas no City, rival do time que ele fez história. Novamente não conquistou títulos, porém, foi um jogador muito importante para os Sky Blues, pois ele participou do jogo que quebrou um tabu de 14 anos sem vitórias do City contra o United, na época, os Blues venceram os Red Devils por 2 x 1.

Assim, é considerado o maior goleiro da história do Manchester United e da Seleção da Dinamarca onde tem como único título a Eurocopa de 1992.

Por fim, termina o top 5 melhores goleiros da Premier League de todos os tempos. Certamente, foram verdadeiras lendas que pisaram nos gramados, de um dos maiores campeonatos de futebol do mundo. Mas, e para você, faltou alguém na lista?