Timo Werner – Mercado da Bola, Transferências, Rumores e Estatísticas

0
303
Timo Werner - Mercado da Bola, Transferências e Rumores
(GLYN KIRK / AFP)

Antes de mais nada, Timo Werner nasceu na cidade de Stuttgart, na Alemanha. Filho de Günther Schuh e Sabine Werner, nasceu em 6 de março de 1996. O atacante do Chelsea e da Seleção Alemã, de 25 anos, começou jogando pelo VfB Stuttgart, tornando-se o mais jovem estreante e artilheiro de todos os tempos do clube. Passou também pelo RB Leipzig antes de acertar com os Blues.

Timo Werner – Início de carreira 

Timo Werner iniciou sua carreira ainda no colégio, quando ingressou no TSV Steinhaldenfeld. Posteriormente, devido suas atuações no pequeno clube, o jovem chamou atenção do time de sua cidade natal, o VfB Stuttgart.

Assim, Werner foi matriculado no sistema de treinamento da equipe. Como resultado, com apenas 16 anos, o jovem atacante foi promovido o Sub-19 do clube. Devido a seu desempenho, recebeu a Medalha de ouro Fritz Walter – em 2013, após marcar 24 gols durante a campanha, surgindo rumores de sua subida ao time principal.

Trajetória, conquistas e highlights de Timo Werner

Werner estreou na equipe principal no final de 2013, num jogo da fase de qualificação da UEFA Europa League de 2013/14 contra o PFC Botev Plovdiv. Ao fazê-lo, se tornou o jogador mais jovem de sempre jogar em uma partida oficial para Stuttgart com a idade de 17 anos, quatro meses e 25 dias, quebrando o recorde anteriormente detido por Gerhard Poschner.

Nas semanas seguintes, também se tornou o jogador mais jovem do Stuttgart na Bundesliga e na DFB-Pokal e o mais jovem artilheiro de todos os tempos depois de marcar seu primeiro gol pelo clube contra o Eintracht Frankfurt. Quebrou outro recorde em 10 de novembro, quando marcou dois gols na vitória por 3 x 1 sobre o Freiburg, tornando-se assim o jogador mais jovem da história da Bundesliga a marcar dois gols em um jogo.

No seu aniversário de 18 anos, Werner assinou um contrato profissional até junho de 2018 com o VfB Stuttgart. Marcou 13 gols em 95 jogos no campeonato, período em que se tornou o jogador mais jovem a fazer 50 jogos na Bundesliga na história da competição. O recorde foi quebrado mais tarde por Kai Havertz, em 2018. O Stuttgart foi rebaixado em maio de 2016, o que levou rumores de sua saída, confirmados no mercado da bola com a mudança para o recém-promovido RB Leipzig, no mês seguinte.

Transferências e Mercado da Bola de Timo Werner

Como resultado de suas boas atuações e número pelo Stuttgart, em 11 de junho de 2016, Timo Werner assinou com o RB Leipzig, por 10 milhões de euros no mercado de transferências. Por conta do valor, se tornou a maior transferência da história do clube recém-promovido a Bundesliga, agitando o mercado da bola.

Em primeiro lugar, na sua temporada de estreia, Werner marcou 21 gols no Alemão, durante a surpreendente campanha do Leipzig, terminando como vice-campeão. Apesar disso, Timo não se deu por satisfeito e continuou crescendo. Em 2019, ele se tornou o mais jovem jogador a alcançar 200 jogos na Bundesliga. Além disso, ele se tornou o maior artilheiro da história do Leipzig, com 95 gols, trazendo mais rumores no mercado de transferências sobre sua saída.

Por conta de suas atuações no RB Leipzig, Werner foi convocado para a Copa do Mundo da Rússia, em 2018. Porém, não conseguiu evitar a precoce eliminação alemã nas fases de grupos do torneio.

Chelsea 

Devido seu ótimo desempenho no Leipzig, o atacante alemão gerou o interesse do Chelsea. Com isso, Werner assinou com os Blues por mais de 50 milhões de euros no mercado da bola. Primeiramente, ainda sob o comando de Frank Lampard, Timo teve um início promissor. Marcou seu primeiro gol com a camisa dos Blues no derby contra o Tottenham, pela Copa da Liga.

Ainda com um ótimo começo, chegou a marcar por quatro partidas consecutivas. Porém, com a queda de desempenho do time de Lampard, Werner teve uma longa seca de gols. Após a troca de técnicos em janeiro e com a chegada de Thomas Tuchel, Werner passou a ter uma outra função no time. No entanto, o alemão foi contratado para resolver o problema de gols do ataque do Chelsea e, com isso, seguiu sendo cobrado pela torcida.

Apesar das cobranças, o atacante terminou a temporada sendo o jogador que mais participou em gols pelo clube londrino. Como resultado, terminou a temporada como campeão da Champions League pelo Chelsea, tendo quatro gols e duas assistências na campanha.

Apesar das enumeras criticas da torcida, Timo Werner terminou a temporada no Blues com 12 gols e 11 assistências. Com esse número, foi o jogador que mais participou diretamente em gols pelo Chelsea na última temporada. No entanto, mesmo com esses números, o clube londrino foi atrás de mais um centroavante no mercado da bola, contratando o belga Romelu Lukaku, que chega da Inter de Milão por mais de 100 milhões de euros.

Portanto, esse pode ser uma temporada de afirmação para Werner, já que a responsabilidades de fazer gols não é mais dele. Mesmo assim, caso não tenha boas atuações, o atacante pode se ver fora do Chelsea após  esta temporada e, novamente, estar no mercado de transferências.