Kieran Tierney: a primeira temporada do escocês no Arsenal

Lateral se destacou nos Gunners e ganhou a confiança da torcida

tierney arsenal
Laurence Griffiths/Getty Images

Kieran Tierney foi contratado pelo Arsenal no último dia da janela de transferências antes do início da temporada 2019/2020. Foram gastos na contratação cerca de 25 milhões de libras, pagos ao Celtic. O valor não só serviu para suprir uma posição debilitada na equipe, mas também para recrutar um dos melhores jogadores em atividade na Escócia

Depois de uma temporada completa, apesar de terem ocorrido percalços, é difícil evitar a seguinte pergunta: o dinheiro foi bem investido? Hoje a PL Brasil trará uma análise do desempenho de Tierney, com o fim de responder essa questão. 

Tierney melhorou a defesa do Arsenal? 

Contratado para atuar como lateral esquerdo, sua posição característica, Tierney chegou tendo muitos objetivos para cumprir. Um deles era melhorar o sistema defensivo dos Gunners. Nacho Monreal estava de saída e Sead Kolasinac passava pouca confiança na posição. Por ser uma das estrelas da Scottish Premiership e muitas vezes comparado com Andrew Robertson, do Liverpool, esperava-se que ele suprisse essa necessidade.  

O site Sky Sports destacou em uma análise de pré-temporada que Tierney poderia ser bem útil para o setor defensivo. Principalmente por sua capacidade física, apesar de possuir mais virtudes ofensivas. O que se viu ao fim da temporada 2019/2020, no entanto, foram poucas oportunidades para o jogador. Ele chegou lesionado, estreou apenas em setembro e sofreu nova lesão em dezembro. Ainda assim conseguiu números promissores. 

Devido às escolhas táticas feitas por Unai Emery, e posteriormente por Mikel Arteta, o clube contou com outras duas opções fixas para a lateral/ala esquerda. Foram elas: Kolasinac e Bukayo Saka. Tierney foi o que menos atuou, mas em número pode ser considerado o segundo melhor defensivamente da equipe. 

tierney arsenal
Catherine Ivill/Getty Images

Leia mais: Saka – A promessa do Arsenal já é realidade?

Nas 15 partidas pelas quais jogou na Premier League, campeonato base para a comparação, foram 30 clearances (média de 2.0 por jogo). Saka conseguiu limpar a jogada apenas 11 vezes (0.4) e Kolasinac o fez em 33 oportunidades (1.3). Neste quesito, em específico, o escocês obteve vantagem mesmo com 11 jogos a menos. 

Em desarmes, Tierney fica atrás de Saka, mas ainda é superior a Kolasinac. Defendendo mais à frente, pela lateral do campo, Kieran obteve bons resultados. Foi nesse estilo de marcação mais avançada que, na FA Cup, o lateral roubou a bola próximo ao meio-campo e lançou Pierre-Emerick Aubameyang para marcar o segundo gol na vitória por 2 a 0 sobre o Manchester City

O fato de ter feito apenas 15 jogos pela liga afetou o rendimento em alto nível do jogador. Quando esteve em campo fez o papel que se esperava dele, porém sua evolução defensiva esteve comprometida por conta das lesões. Ainda não é sua melhor qualidade, mas pode evoluir junto do trabalho de Arteta.

Os números de Tierney no ataque 

tierney arsenal
Laurence Griffiths/Getty Images

Quando Kolasinac chegou ao Arsenal, falava-se muito de sua força e seu poderio ofensivo. Logo nas primeiras partidas que fez pelo clube já havia demonstrado essas características. Porém, com o passar do tempo o jogador parece ter regredido. Sua força permanece, mas ele já não se demonstra eficiente no ataque e, por vezes, é escalado na linha de três da defesa. 

O que o início de Sead teria haver com a análise atual de Tierney? Nas poucas atuações do escocês, o mesmo conseguiu trazer uma nova dinâmica ofensiva. O jogador encontra passes que desafogam a defesa, fazendo uma transição mais rápida para o ataque. Erra mais passes consequentemente que Kolasinac (78,46% – 85,56%). Mas, Tierney pode ser mais efetivo com ritmo de jogo. 

Tierney também tem mais qualidade nas chegadas ao ataque, sempre levando a bola muito bem ao fundo para o cruzamento. O escocês ainda possui habilidades maior no um contra um, como demonstrou em sua estreia contra o Nottingham Forest pela Copa da Liga. O jogador, na PL, realizou 44 cruzamentos contra 29 de Kolasinac. Saka possui 67, é mais agudo nesse sentido, mas Tierney consegue equilibrar melhor defensivamente. 

Leia mais: Maior salário e poucas chances: Özil é um problema para o Arsenal

O comparativo do lateral escocês com Saka é um pouco defasado na questão ofensiva. Pontas são mais ativados para esse tipo de jogada e o jovem inglês por vezes jogou nesta posição. Isso sem contar o fato de ter atuado mais. Por isso, Saka teve uma temporada de maior brilho, mas se deve destacar que Tierney parece mais pronto para uma época completa. 

Embora tenha bons números, Tierney ainda precisa mostrar serviço no Arsenal. Os 25 milhões gastos ainda parecem caros se diluídos em uma temporada curta. Com 23 anos, o escocês ainda pode entregar bastante. De acordo com o ex-companheiro Kris Commons, profissionalismo é o que não falta ao jovem. Basta agora saber se as lesões vão permitir que a torcida possa ver o melhor do lateral.