Thiago Silva – Mercado da Bola, transferências, rumores e estatísticas

Thiago Silva
Foto: Reprodução Globo Esporte

Nascido no Rio de Janeiro em 22 de setembro de 1984, Thiago Emiliano da Silva iniciou a sua trajetória no futebol na base do Fluminense. Ademais, com 19 anos foi integrado no RS Futebol, clube do ex-jogador e Técnico, Paulo César Carpegiani. Desse modo, o franzino defensor começou a ser disputado por grandes clubes da Europa. Atualmente é zagueiro do Chelsea.

Thiago Silva – Início de carreira

Primordialmente, foi no tricolor das laranjeiras aos 11 anos de idade, em 1998. foi lá que ele ficou 8 anos nas categorias de base. Em 2003, as 19 anos, foi para o RS Futebol, clube que hoje é chamado de Pedra Branca Futebol Clube.

Diante disso, foi nesse time que virou profissional. Entretanto, sua passagem por lá não durou muito tempo, pois foi em 2004 que o Juventude se interessou pelo seu futebol, e assim, Thiago foi para Caixas do Sul.

Carreira na Europa

Ainda assim, no mesmo ano aconteceu o primeiro Mercado da Bola na vida defensor. O agente de Cristiano Ronaldo, viu as atuações no Campeonato Brasileiro e por 3,8 Milhões de euros, levou o jogador para o Porto, de Portugal.

No entanto, não foi muito aproveitado e acabou indo para o time B do clube Portista. Contudo, mais uma fez não foi aproveitado e seu destino foi o Dinamo Moscou, da Rússia.

Susto na Rússia

No país, Thiago Silva viveu o momento mais difícil da carreira ao ser diagnosticado com tuberculose. Decerto esteve muito perto de encerrar a carreira devido a doença, embora ainda novo. Todavia graças aos médicos isso não aconteceu. Embora falaram que precisava de cirurgia e que isso impediria de jogar.

“Eu fiquei muito tempo isolado, achei que não iria sair dali. Eu acordava seis, sete da manhã com duas ou três injeções, um monte de medicamentos. No almoço, um pouco mais. À tarde, novamente, e mais injeções e remédios na hora do jantar. Uma vez por semana, tinha uma limpeza do pulmão. Eles colocavam uma sonda pela boca, uma câmera através do nariz”, relembrou Thiago Silva, em entrevista ao site da CBF.

Não certo da sua recuperação na Europa, Ivo Wortmann, ex-zagueiro do Juventude foi visita-lo no hospital. E então pediu intervenção de seu empresário, Jorge Mendes. Nesse sentido, Jorge providenciou o retorno de Thiago para o Brasil nem necessidade de cirurgia. De volta ao Fluminense, ficou alguns meses treinando até que seu contrato com os russos fosse recendido.

Trajetória, Conquistas e Highlights de Thiago Silva

Com contrato recendido e de volta ao clube que o criou, virou ídolo. A volta às Laranjeiras ocorreu em 2006, mas foi em 2007 que conquistou o seu primeiro titulo. A Copa do Brasil e também em 2008, foi vice campeão da Copa Libertadores, em uma final perdida para a LDU, do Equador.

Antes de tudo, foi nessa temporada que as suas principais características apareceram, Drible, Chute forte e acima de tudo, Velocidade. No contexto atual, também se destacou no Campeonato Brasileiro de 2007 , também marcou em um empate por 2 x 2 contra do Boca Juniors, dentro de La Bombonera, no ano do vice-campeonato.

Transferências e mercado da bola de Thiago silva 

AC Milan

Além disso, em um mercado da bola também chamado de mercado de transferência, rumores apontavam de um interesse do Milan, da Itália. Assim se fez. Em 11 de Dezembro de 2008, o zagueiro chegava por empréstimo aos rossoneros. Onde em 21 de Janeiro de 2009, fez a sua estreia no clube italiano. Ainda que em um amistoso, em um empate por 2 x 2 contra o Hannocer 96, da Alemanha.

Porém, como o clube Milanês já havia atingido o numero de jogadores sem passaporte, seus jogos em partidas oficiais ficaram para Junho do mesmo ano. Foi em 2011, que se consolidou não só no time, mas como um dos melhores zagueiros do ano no mundo, fazendo dupla com Alessandro Nesta.

No dia 13 de setembro de 2011, na estreia na Liga dos Campeões da UEFA, contra o Barcelona, no Camp Nou, o zagueiro brasileiro marcou o gol de empate Rossonero na partida, aos 47 minutos do segundo tempo. O jogo acabou em 2 x 2, os outros gols foram marcados por Alexandre PatoPedro e David Villa.

No dia 27 de novembro de 2011, Thiago Silva usou pela primeira vez a faixa de capitão na equipe Rossonera, marcando um gol contra o Chievo. Ainda assim, pelo Milan, ganhou o Campeonato italiano 2010-2011, e a Supercopa da Itália, em 2011

Paris Saint-Germain

Sendo assim, mais um mercado da bola surgiu, no mercado de transferências europeias rumores apontavam uma ida para a França, no Paris Saint-Germain. Em junho de 2012, o Milan recusou a maior oferta do mundo já feita por um zagueiro: 46 milhões de euros, que veio do Paris.

Apesar de ter recusado a primeira investida dos franceses, Silvio Berlusconi confirmou, em 13 de julho de 2012, a venda de Thiago à equipe francesa, por 44 milhões de euros, junto com o atacante Zlatan Ibrahimović. Assim sendo, 18 de setembro daquele ano, estreou e marcou gol na vitória por 4 x 1, sobre o Dinamo de Kiev. No dia 22 de setembro de 2012 estreou na Ligue 1, onde o time ganhou do Brest por 4 x 0. Em março, recebeu o prêmio de melhor do mês, com 71% dos votos.

Ao todo, conquistou 25 títulos nos Le Rouge-et Bleu, incluindo: Ligue 1, Supercopa da França, Copa da França e Copa da liga francesa. Desse modo, em 28 de agosto de 2020 se despediu dos parisienses depois de 8 anos. O seu ciclo terminou com o Vice-Campeonato da Champions League diante do Bayern de Minique. Após isso, rumores surgiram em vários clubes.

Chelsea

Por fim, o mercado da Bola se abriu. Em mais um mercado de transferência, o destino do Brasileiro foi o clube Londrino do Stanford Bridge. Nos Blues, veio a custo zero com opção de renovação por mais um ano. Entre os títulos tem finalmente uma Liga dos Campeões. Conquistada em maio de 2021, diante do Manchester City.

Uma partida que a princípio, ele saiu machucado. Contudo, se sagrou campeão. Al[em disso, conquistou a Supercopa da UEFA, diante do Villareal. Bem como na Champions, o placar foi 1 x 0.

Carreira na Seleção Brasileira

Em 2008, foi convocado por Dunga para a disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010. Dois meses depois, foi convocado para participar das Olimpíadas de 2008 como um dos atletas acima de vinte e três anos. O jogador se contundiu na preparação e acabou atuando em apenas dois jogos, sendo um como titular.

Desde já, após alguns meses sem ter sido chamado, voltou a ser convocado por Dunga em novembro de 2009, para os amistosos contra a Inglaterra, em 14 de novembro, e contra Omã, em 17 de novembro. No dia 9 de fevereiro de 2010, ele foi chamado novamente à Seleção para o último amistoso antes da Copa do Mundo de 2010, em que o Brasil venceu a Irlanda por 2 x 0.

Foi  um dos 23 convocado para a África do Sul. Contudo, não disputou nenhuma partida. Em 2011, assumiu a titularidade e foi capitão da Seleção. Ademias, marcou seu primeiro gol na vitória sobre os Estados Unidos, em 2012. A saber, a partida foi 4 x 1 para o Brasi.

Thiago, ainda fez parte do elenco campeão da Copa das confederações em 2013, como capitão. Jogou a Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Porém muito criticado. Fez parte do time de Dunga na Copa América de 2015, no Chile, jogou a Copa do Mundo de 2018, na Rússia e conquistou sua primeira Copa América de 2019, no Brasil.