Ex-zagueiro crava: ‘Dias de Thiago Silva no Chelsea chegaram ao fim’

4 minutos de leitura

O Chelsea arrancou um empate heroico no Etihad Stadium, neste sábado (17), quando empatou por 1 a 1 com o Manchester City. Sterling abriu o placar e Rodri igualou nos minutos finais.

O empate só foi possível graças a uma excelente performance defensiva, em especial da dupla de zaga. Ela foi formada pelo francês Axel Disasi e pelo inglês Levi Colwill.

Disasi, em especial, foi eleito o melhor do jogo. Ele foi o autor de 16 rebatidas ao longo dos 90 minutos, um recorde entre jogadores do Chelsea nos últimos oito anos.

Thiago Silva, então titular do técnico Mauricio Pochettino, foi desfalque por lesão. E, dadas as atuações quase perfeitas de Disasi e Colwill, muita gente na Inglaterra acredita no ‘fim da linha' para o brasileiro.

Um deles foi Jamie Carragher, ex-zagueiro de Liverpool e seleção inglesa e hoje comentarista da “Sky Sports”.

Acredito que os dias de Thiago Silva jogando pelo Chelsea chegaram ao fim — disse Carragher.

O futuro de Thiago Silva no Chelsea

Thiago tem 39 anos e contrato com os Blues até o fim da temporada 2023/24. Até o momento, não houve renovação.

Mesmo o zagueiro ainda não revelou se irá ficar ou sair. Existe a especulação que Thiago deixará a Premier League ao fim do seu contrato e jogará no Fluminense, clube que o mostrou ao mundo, para encerrar a sua carreira.

Recentemente, o veterano enfrentou uma polêmica nos bastidores do clube porque sua esposa, Belle Silva, publicou em sua conta no X (antigo Twitter) que era “hora de mudar”, no que foi interpretado como um pedido de demissão de Pochettino.

Alguns veículos da imprensa britânica também apontam problemas de Thiago nos bastidores do Chelsea, já que ele “não teria muita influência no elenco” e “comprometeria o time taticamente”.

Diogo Magri
Diogo Magri

Jornalista formado pela ECA-USP, campineiro e repórter na PL Brasil. Passagens por EL PAÍS, Revista Veja e Futebol Globo CBN.

Contato: [email protected]