Ten Hag ‘desafia’ Liverpool, Arsenal e Villa: ‘Podemos vencer qualquer um’

4 minutos de leitura

O técnico Erik ten Hag ganhou um “respiro” depois de tanta pressão na vitória do Manchester United de virada sobre o Aston Villa nessa terça-feira (26), no Old Trafford, em jogo válido pela 19ª rodada da Premier League.

Isso porque o treinador holandês não tem conseguido fazer com que sua equipe jogue bem como na temporada passada e os Red Devils se encontram eliminados da Champions League e fora do G-4 do Campeonato Inglês.

Mas, em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira (29), Ten Hag destacou diversas vezes que está com desfalques e que o retorno desses jogadores serão como reforços para a temporada. Atualmente, três atletas do Manchester United se recuperam de lesão: Casemiro, Tyrell Malacia e Lisandro Martínez.

— Com todos os jogadores disponíveis, este grupo é forte. Contra o Arsenal, o Liverpool e o Villa, os três primeiros do campeonato, podemos enfrentá-los e poderíamos vencer todos estes jogos. Quando temos todos os jogadores de volta, o elenco fica forte e podemos vencer qualquer um.

O Manchester United perdeu para o Arsenal por 3 a 1 no Emirates Stadium no começo de setembro, empatou em 0 a 0 com o Liverpool em Anfield no último dia 17 e venceu o Aston Villa por 3 a 2. Em nenhuma das três partidas Ten Hag teve o elenco completo. No entanto, na única que perdeu, apenas Christian Eriksen não estava disponível.

Ten Hag fala sobre novos donos do Manchester United

Ten Hag também foi perguntado sobre sua relação com a INEOS, empresa multinacional voltada a indústria química britânica que comprou 25% das ações do Manchester United.

— Estou focado no jogo até agora [contra o Nottingham Forest], então disse não [às discussões com a INEOS]. Neste momento não quero ter distrações. Nos próximos dias, semanas, haverá tempo para nós, então saberei mais.

“Eles querem trabalhar comigo, eu quero trabalhar com eles, teremos conversas, reuniões, veremos.”

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.