Alisson mostrou que valor pago por ele pelo Liverpool foi irrisório

Brasileiro teve grande temporada nos Reds

0
341
Alisson mostrou que valor pago por ele pelo Liverpool foi irrisório
Foto: Kai Pfaffenbach/Reuters

No dia de 19 de julho de 2018, o Liverpool anunciou de forma oficial a contratação de Alisson Becker por um valor considerado alto. O goleiro brasileiro que já vinha sendo observado desde janeiro do mesmo ano, chegou com uma responsabilidade de resolver o problema no gol dos Reds.

Os 66 milhões de libras pagos à Roma precisavam ser certeiros. O Liverpool não poderia mais continuar sofrendo com um goleiro inseguro, especialmente após a falha de Loris Karius na final da Liga dos Campeões, contra o Real Madrid, em Kiev.

Jürgen Klopp até tentou manter Karius, mas não havia como. O goleirão estava visivelmente abalado após falhar na final. Era necessário um arqueiro que chegasse para tomar conta e mudar o patamar do gol do Liverpool. E Alisson conseguiu isso.

Quase um ano depois de sua contratação, o valor pago pelo brasileiro se torna irrisório diante do que ele representa para a equipe. Resolveu indiscutivelmente o problema no gol do Liverpool, transformando um sistema defensivo que já havia evoluído muito com a chegada de van Dijk em um dos melhores do mundo – talvez o melhor.

A segurança que Alisson passa é incrível. Algo que o torcedor do Liverpool não tinha desde o auge técnico de Pepe Reina, ex-goleiro dos Reds. Foram anos de irregularidade com Simon Mignolet e Karius.

Leia mais: Sem conto de fadas, mas com amor pelo Liverpool: Andrew Robertson conta sua história

Uma das coisas que mais atormentava a defesa do Liverpool era a bola aérea. Mas isso mudou. Além do sistema defensivo evoluir bastante no quesito, Alisson também foi importante na melhora. O goleirão treinou até com a equipe de rugby para melhorar no fundamento, que vinha sob críticas após a Copa do Mundo.

Além de um goleiro seguro, com boa saída, inteligente na construção dos contra-ataques, o Liverpool também ganhou um arqueiro decisivo, que ganha jogos e, consequentemente, campeonatos.

Alisson ficou 21 de 38 jogos sem tomar gol na Premier League. Um dos melhores números da história da competição. Na Liga dos Campeões, foi o responsável pela defesa nos acréscimos contra o Napoli, que classificou o Liverpool para o mata-mata e manteve o sonho do título vivo.

Jogos memoráveis 

Decisivo. Foto: Liverpool FC

A temporada de Alisson foi especial do começo ao fim. Houve várias partidas onde o brasileiro foi decisivo e ganhou jogos para o Liverpool. Mas, há sempre aquelas partidas que ficam marcadas. Onde o torcedor vê e revê o lance dezenas de vezes. E o goleirão teve, no mínimo, três confrontos desse tipo.

O primeiro, diante do Napoli, em Anfield, em um confronto que valia vaga no mata-mata da Liga dos Campeões. Um simples 1 a 0 classificaria o Liverpool para a próxima fase e, consequentemente, eliminaria os italianos.

No primeiro tempo, Mohamed Salah fez uma bela jogada individual e abriu o placar para os Reds. Os minutos foram passando e nada do Liverpool ampliar o marcador. Com o passar do tempo, o Napoli se atirou para o ataque em busca do gol. Caso os italianos marcassem, a equipe de Klopp precisaria de um 3 a 1 – no mínimo.

Nos acréscimos da partida, o atacante Milik ficou cara a cara com Alisson. O polonês dominou e, na hora de fazer o gol, o brasileiro fechou muito bem e operou um milagre em Anfield, garantindo o Liverpool na próxima fase.

A outra partida decisiva foi diante do Barcelona, no mesmo Anfield, em um confronto válido pelo segundo jogo da semifinal da Liga dos Campeões. O Liverpool havia tomado um 3 a 0 no Camp Nou, com show de Messi, e precisava de uma partida perfeita para rever essa desvantagem se quisesse ir à final.

Para isso, era fundamental não levar gols. E foi o que aconteceu. Alisson fez uma partida espetacular, fazendo defesa milagrosas que ajudaram o Liverpool a conquistar a vaga na finalíssima.

Leia mais Harry Wilson: a possível solução caseira para as dores de cabeça de Klopp 

A final da Liga dos Campeões em Madri foi a coroação da ótima temporada do brasileiro. Ele fez uma partida muito segura, defendendo três ótimas chances criadas pelo Tottenham na segunda etapa. Também se apresentou muito bem nas saídas na bola aérea e nas reposições.

O título da Liga dos Campeões coroa Alisson, que já está marcado como um dos grandes goleiros da história do Liverpool. E isso foi apenas a primeira temporada de um casamento que tem tudo para crescer ainda mais.