Balanço da temporada 2018/2019 do Brighton na Premier League

Time venceu a árdua luta contra o rebaixamento, mas demitiu técnico

Balanço da temporada 2018/2019 do Brighton na Premier League

Balanço da temporada 2018/2019 do Brighton na Premier League

A temporada 2018/2019 foi apenas a segunda que o simpático Brighton & Hove Albion participou na Premier League. Se em seu campeonato de estreia, o clube teve desempenho bastante razoável levando em conta o fato de ser debutante na elite do futebol inglês, os Seagulls encontraram mais dificuldades dessa vez

Porém o objetivo foi alcançado: se manter na principal divisão do melhor campeonato nacional de clubes do mundo. Ainda assim, ao final da temporada, a diretoria decidiu demitir o técnico Chris Hughton.

Com 36 pontos o Brighton conseguiu se manter na Premier League(Foto: Twitter Brighton)
Leia mais: PL Brasil Press Awards: a opinião dos jornalistas sobre a temporada 2018/2019

A luta contra o rebaixamento foi bastante intensa, e o Brighton viu a chance de para a Championship ser definitivamente desfeita apenas na penúltima rodada, quando empatou por 1 a 1 com o Arsenal.

Esse resultado, aliado com a derrota do Cardiff por 3 a 2 para o Crystal Palace, garantiu vaga para o time do Amex Stadium em sua terceira participação seguida na Premier League.

Outro ponto a ser destacado nessa temporada do Brighton foi o fato de seu último jogo na competição ter definido o título da Premier League 2018/2019. A derrota por 4 a 1 para o Manchester City deu o título para o time de Pep Guardiola.

O desempenho em números

O time fechou a temporada 2018/2019 da Premier League com 36 pontos, em uma campanha de nove vitórias, nove empates e 20 derrotas. O desempenho dentro do Amex Stadium foi de seis vitórias, cinco empates e oito derrotas, somando 23 pontos. Já como visitante o Brighton foi batido 12 vezes, conseguiu quatro empates e venceu apenas três vezes.

A campanha que evitou o rebaixamento do Brighton foi de saldo de gols negativo. Os Seagulls marcaram 35 vezes e foram vazados em 60 oportunidades. No Amex Stadium, foram 19 gols marcados e 28 sofridos. Como visitante foram 16 gols marcados contra 32 sofridos.

Destaque

Com 13 gols Glenn Murray foi o artilheiro do Birghton na temporada (Foto: Twitter Brighton)

Se na temporada passada, o atacante Glenn Murray foi fundamental para que o Brighton fizesse uma campanha bem razoável quando marcou 12 gols, o camisa 17 mais uma vez não decepcionou e teve mais uma vez um bom desempenho.

Murray melhorou sua marca, na campanha da Premier League 20118/2019, sendo mais uma vez “homem gol” de sua equipe, marcando 13 gols.

Um bom número para um centroavante de um time que briga na parte inferior da tabela. Ainda podemos destacar o veloz Anthony Knockaert, que foi o melhor assistente do Brighton na competição, dando seis passes para gol.

Decepção

Alireza Jahanbakhsh chegou ao Brighton para fazer gols e decepcionou (Foto: Twitter Brighton)

Alireza Jahanbakhsh chegou depois de ter sido artilheiro da Eredivise com a camisa do AZ, onde marcou 21 gols em 33 jogos. Mas em uma liga que exige mais do jogador, o atacante iraniano não conseguiu repetir as boas atuações dos tempos de Holanda, muito menos os gols.

O camisa 16 entrou em campo pelo Brighton nessa Premier League 18 vezes, foi substituído em sete, e não balançou as redes nenhuma vez. Definitivamente Alireza Jahanbakhsh ficou devendo com a camisa do Brighton.

Se na temporada passada foi fundamental para o Brighton, quando marcou 7 gols e deu 8 assistências, na Premier League 2018/2019, Pascal Groß foi outro que ficou devendo. Nas 25 vezes que esteve em campo, o camisa 13 realizou apenas dois passes para gol, e marcou três vezes.

Revelação (brasileira)

O lateral brasileiro teve boas atuações em sua temporada de estreia (Foto: Paul Hazlewood)

Vindo do alemão RB Leipzig por 10 milhões de euros, o jovem Bernardo parece não ter tido problemas para se adaptar à Premier League. O lateral esquerdo brasileiro enfrentou algumas lesões durante a temporada, mas mesmo assim jogou 22 duas partidas, sendo 19 como titular.

Com uma primeira temporada segura, Bernardo mostrou que deve seguir evoluindo no futebol inglês.

A despedida do capitão
No clube desde 2012, Bruno essa foi a temporada de despedida do capitão Bruno (Foto: Twitter Brighton)

A temporada 2018/2019 da Premier League marcou ainda para o Brighton a despedida de seu capitão. O lateral despanhol Bruno, que chegou ao Amex Stadium em 2012, se despediu do clube sendo ovacionado por sua torcida no último jogo.