Harry Kane: visita inesperada em casa pode ser definitiva para saída do Tottenham, revela jornal

5 minutos de leitura

A novela de Harry Kane no mercado da bola europeu continua recebendo novos capítulos. O ídolo do Tottenham pensa em mudar de ares para conquistar um título e os Spurs, que estão fora de qualquer competição continental, podem perder o seu principal jogador de graça se não vendê-lo nesta janela, já que o contrato do camisa 10 com o time londrino termina em um ano.

Neste cenário, uma novidade desta semana pode acelerar essa negociação entre alemães e ingleses. O técnico do Bayern de Munique, Thomas Tuchel, foi até a casa de Harry Kane em Londres para tentar convencer o atacante a se mudar para a Allianz Arena, segundo o “Bild”.

Os detalhes do interesse por Harry Kane

Manchester United

O primeiro clube a se aproximar de Harry Kane foi o Manchester United, que busca um camisa 9 para a próxima temporada. Porém, o presidente do Tottenham, Daniel Levy, não quer vender seu principal jogador para um concorrente direto do Big Six.

Real Madrid

O Real Madrid foi o segundo a aparecer como interessado no capitão da seleção inglesa, a pedido de seu treinador, Carlo Ancelotti. Porém, com a “novela Mbappé” e os Spurs fazendo jogo duro para venderem o atacante, pedindo mais de 100 milhões de libras para vender o jogador, as conversas esfriaram.

— Não me considero um negociador especial ou algo assim, estou apenas agindo no melhor interesse do meu clube. Acho que quando se trata da transferência, depende do equilíbrio de poder. Se você tem um jogador que realmente não quer vender, então você tem todo o direito de dizer não — disse Levy ao “Cambridge Union”.

Bayern de Munique

Recentemente, o Bayern de Munique foi quem apareceu como principal candidato a levar Harry Kane. O time alemão ofereceu 70 milhões de euros (R$ 365 milhões), além de bônus, para tirar o jogador do Tottenham, segundo o “The Athletic”, e as negociações seguem em curso.

Thomas Tuchel vai à casa de Harry Kane

Uma fato novo que aconteceu nesta semana pode acelerar essa negociação entre alemães e ingleses. O técnico do Bayern de Munique, Thomas Tuchel, foi até a casa de Harry Kane em Londres para tentar convencer o atacante a se mudar para a Allianz Arena, segundo o “Bild”.

O atacante de 29 anos teria dito ao treinador bávaro que vencer a Champions League com o time alemão o atrai, já que ele busca sua primeira taça na carreira. A mudança para a Alemanha, no entanto, colocaria em cheque suas esperanças de quebrar o recorde de artilharia da Premier League. O camisa 10 dos Spurs tem 212 gols no Campeonato Inglês e está atrás apenas de Alan Shearer, que marcou 260 tentos.

Bayern: 'crush' de Tuchel, titular da Seleção na Copa é alvo dos alemães
Tuchel pelo Bayern – Foto: Icon Sport

Ao perceber que Choupo-Moting não é o substituto ideal para Robert Lewandowski, que se mudou para o Barcelona no verão europeu passado, o Bayern viu Serge Gnabry se tornar seu artilheiro no Campeonato Alemão, com 14 gols. Entretanto, a posição do atacante alemão não é de um homem de referência na área e, portanto, Harry Kane seria a prioridade dos Bávaros nesta janela de transferências.

O time alemão já teve sua primeira oferta, de 60 milhões de libras (R$ 370,6 milhões), rejeitada e terá que quebrar seu próprio recorde de transferências — 80 milhões de euros (R$ 494 milhões) no zagueiro Lucas Hernández — para contratar Harry Kane.

Caso não tenha êxito nesta janela, o Bayern pode começar a negociar diretamente do Harry Kane em janeiro, desde que ele não assine um novo contrato com o Tottenham, que é a ambição dos Spurs. Entretanto, é difícil tornar o time londrino para um dos principais jogadores do mundo sem jogar nenhuma competição europeia e que não vence um título importante há 15 anos.

Apesar da temporada ruim do Tottenham, Harry Kane terminou 2022-23 com incríveis 31 gols e três assistências em 47 jogos. Só na Premier League, ele estufou as redes 30 vezes e deu três passes para gol em 38 partidas, ficando atrás apenas de Erling Haaland, artilheiro e campeão com o Manchester City, que anotou 36 tentos e oito assistências em 35 ocasiões.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.