Técnico da França se irritou no intervalo da final e socou a mesa no vestiário

1 minuto de leitura

A Copa do Mundo chegou ao fim, após quase um més de jogos entre as principais Seleções do mundo, com isso, começam a aparecer noticiais sobre os bastidores dos envolvidos na competição, inclusive entre os finalistas do torneio.

Dessa forma, segundo o jornal francês L'Équipe durante o intervalo da final entre Argentina x França, o clima do vestiário francês não era dos melhores, com Mbappé cobrando os jogadores da equipe para buscarem uma reação.

Clima quente no vestiário entre técnico da França e sua equipe

Porém, o que mais chamou atenção foi o comportamento do técnico francês Didier Deschamps, que antes do final do primeiro tempo já tinha feito duas substituições, sacando Dembelé e Giroud ainda na etapa inicial, para a entrada de Thuram e Kolo Muani, mudando assim seu esquema de jogo.

Além disso, o treinador ainda não se mostrou satisfeito com as alterações e exigiu uma mudança de postura da equipe, se mostrando bastante exaltado no vestiário francês, chegando inclusive a socar uma mesa, machucando o seu polegar, que voltou com um curativo para a segunda etapa da partida.

Assim, as duras deram certo, já que a França conseguiu reagir na partida, chegando a empatar no final da segunda etapa da partida, levando um jogo que parecia morto para à prorrogação.

Entretanto, para a tristeza do treinador Didier Deschamps e dos seus comandados, apesar de empatarem por 3 x 3 no final da prorrogação, a equipe francesa foi derrotada pela Argentina nos pênaltis e viu cair por terra o seu sonho de repetir os feitos de Itália e Brasil de ser bicampeão consecutivo da Copa do Mundo.

Por fim, o que restou para França é se preparar para o próximo ciclo de Copa do Mundo, tendo algumas competições importantes antes disso, a Eurocopa e a Liga das Nações serão importantes durante esse período, além é claro das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026.

Igor Manoel
Igor Manoel

Jornalista, apaixonado por futebol tanto dentro como fora de campo, em busca do meu lugar nesse meio.