Tanguy Ndombélé – Mercado da Bola, Transferências, Rumores e Estatísticas

0
287
Ndombélé
Foto: Divulgação/Chloe Knott/Danehouse

Tanguy Ndombélé Alvaro, ou simplesmente Ndombélé, é um futebolista francês com ascendência congolesa, que atualmente defende o Tottenham, de Londres. Nasceu em 28 de dezembro de 1996, em Longjumeau, na França. Assim, deu seus primeiros passos no campo de futebol aos seis anos de idade, em 2002.

Tanguy Ndombélé – Início de carreira

Dessa forma, teve uma categoria de base em que passou por muitos clubes da França. Assim, começou, em 2002, no FC Épinay-sous-Sénart. No entanto, em 2005, essa equipe virou FC Épinay Athletico, onde Ndombélé ficou até 2009, quando completou 13 anos.

Posteriormente, foi ao Linas-Montlhéry, que está, atualmente, na 4ª divisão francesa. Por lá, ficou até 2011. Aos 14 anos, se mudou para a Bretanha, onde vestiu a camisa do Guingamp. Lá, terminou sua formação de base em 2014, aos 18 anos. No entanto, o EAG decidiu não continuar com o atleta, que já havia chamado a atenção do mercado de transferências.

Trajetória, conquistas e highlights de Ndombélé

Após não ser profissionalizado no Guingamp, o jovem meia foi reprovado em alguns clubes por ser considerado “acima do peso”. Mesmo assim, conseguiu assinar um contrato com o Amiens, que tinha acabado de ser rebaixado à 3ª divisão francesa.

No entanto, se destacou no tradicional clube francês, o que fez com que chamasse atenção do mercado da bola francês. Diversos times já estavam de olho no potencial do atleta que ia se formando aos poucos.

Dessa forma, foi utilizado em 34 oportunidades, balançou as redes duas vezes e serviu seus companheiros sete vezes. Apesar de números não muito expressivos, as boas atuações fizeram com que gigantes franceses fossem atrás do meia no mercado de transferências.

Transferências e Mercado da Bola de Ndombélé

Assim, os rumores foram crescendo e se tornaram realidade: o garoto foi emprestado ao Lyon, da elite francesa, por uma temporada. Segundo o L'Équipe, os Gones desembolsaram 2 milhões de euros pelo empréstimo, além de uma cláusula de compra de 8 milhões por 80% dos direitos econômicos do atleta.

Mesmo sem marcar gols, o desempenho em suas 32 partidas no empréstimo agradou o gigante francês. Ndombelé ajudou a equipe a voltar à Champions League, após ficar em 3º na Ligue 1. Assim, ao lado de Aouar Ferland Mendy, foi um dos principais jovens jogadores do elenco em 2017/18.

No mercado de transferências de início de temporada, alguns clubes queriam a contratação do meia. No entanto, o Lyon não quis se desvencilhar do jovem e pagou a cláusula de 8 milhões de euros para ter o atleta em definitivo. O Amiens continuava com 20% de uma futura venda do jogador.

Na temporada seguinte, em 2018/19, continuou se destacando, principalmente após a vitória sobre o Manchester City, na 1ª rodada da Champions League. Assim, teve um ótimo desempenho, e o mercado da bola virou seus olhos a Ndombélé. Equipes como Manchester City, PSG e Real Madrid demonstraram interesse no atleta.

Além disso, esteve na seleção daquela Champions League, mesmo sendo eliminado nas oitavas, o que colocou seu nome ainda mais forte no mercado da bola. Ao todo, pelo Lyon, teve 96 partidas, com quatro gols e 16 assistências. O presidente dos Gones já havia declarado que a permanência dele era improvável.

Tottenham

Com muitos rumores crescendo sobre o futuro do jogador, o atleta assinou com o Tottenham, de Londres, em uma transação que teve valores em torno de 60 milhões de euros e se tornou a maior contratação da história da equipe londrina. Logo na sua estreia já deixou seu cartão de visitas mostrando sua qualidade. No primeiro toque como jogador dos Spurs, deu assistência a Lucas Moura.

Entretanto, alguns meses depois foi criticado por Mourinho, que disse: “Ele é um jogador de grande talento. Ele tem que saber que tem que fazer muito melhor e saber que eu não posso continuar dando-lhe oportunidade porque a equipe é mais importante”, completou o treinador, sobre sua forma física.

Atualmente, tem tido poucas oportunidades na equipe londrina, apesar de ter oito gols e oito assistências em 75 jogos. Dessa forma, surgiram rumores que o atleta quer deixar o Tottenham.

Segundo o jornal inglês The Athletic, Ndombelé quer se transferir no mercado da bola para Bayern de MuniqueBarcelona ou Real Madrid. No entanto, os Spurs querem recuperar boa parte do investimento (60 milhões de euros). Além disso, o atleta recebe um alto salário, e o Tottenham gostaria de se desfazer desse gasto. Porém, ainda não se sabe se o jogador será negociado ou não.

Seleção Francesa

Mesmo que seja filho de congoleses, Ndombélé decidiu defender a França, seu país de origem. Dessa forma, representa sua seleção desde o sub-21, onde jogou 11 vezes e deu uma assistência. Já pela seleção principal, esteve em campo em apenas sete oportunidades. A saber, ainda não participou de gols na seleção francesa.

Por fim, a última vez que entrou em campo pelo time nacional foi em 28 de março de 2021. De lá para cá, a equipe francesa já entrou em campo sete vezes, incluindo a Euro, a qual não esteve na lista de convocação.