A trajetória do Swansea de 2012/2013 na Copa da Liga Inglesa

Logo após completar seu centenário, o Swansea venceu a Copa da Liga eliminando gigantes como Liverpool e Chelsea

Swansea 2012/2013 campeão da Copa da Liga Inglesa
GLYN KIRK/AFP via Getty Images

Logo depois de celebrar seus 100 anos de história, o Swansea disputava a Premier League pela segunda temporada consecutiva. Na edição anterior, o clube já conquistara o feito de ser o primeiro time do País de Gales a participar da primeira divisão inglesa. E em 2012/2013, com chave de ouro, os Swans se sagraram campeões da Copa da Liga.  

Leia mais: Copa da Liga Inglesa: quem é o maior campeão do torneio?

Contexto do Swansea para a temporada 2012/2013

Tudo começou quando o Swansea conseguiu o acesso à Premier League, após terminar a Championship 2010/2011 na terceira posição. Nos playoffs, a equipe galesa venceu o Nottingham Forest por 3 a 1 no placar agregado e o Reading por 4 a 2 na grande decisão.

E a promoção ocorreu com grandes expectativas. Os torcedores até apelidaram a equipe de ‘Swansealona’, em razão dos estilos de jogo de Roberto Martinez (de 2007 a 2009 dirigindo a equipe) e de Brendan Rodgers (o responsável direto pelo acesso) priorizarem a posse de bola e o trabalho dos passes

Otime de Brendand Rodgers jogava um futebol vistoso
Stu Forster/Getty Images

No entanto, após uma regular temporada de estreia na Premier League, de 11º lugar, o Swansea perdeu Brendan Rodgers. O Liverpool contratou o treinador e sua comissão técnica por sete milhões de libras.

Dessa forma, quem assumiu o clube galês foi o ex-jogador Michael Laudrup. Sob seu comando, os principais destaques daquele elenco eram Michel Vorm, Ashley Williams, Ángel Rangel, Leon Britton, Michu e Danny Graham.

Michael Laudrup chegou ao Swansea na temporada 2012/2013, levando o clube ao título inédito em poucos meses
Michael Regan/Getty Images

E foi assim que naquela temporada 2012/2013, de nona colocação na Premier League, o clube traçou seu caminho vitorioso na Copa da Liga Inglesa, conquistando uma vaga para disputar a Liga Europa. Por outro lado, na FA Cup o Swansea acabou eliminado pelo Arsenal logo no terceiro round, fase na qual o clube ingressou na competição. 

Leia mais: A temporada em que os rivais Cardiff e Swansea ganharam títulos 

Campanha do Swansea na Copa da Liga Inglesa 2012/2013

Swansea 2012/2013
Clive Brunskill/Getty Images

Pela Copa da Liga, o Swansea estreou no na segunda fase e venceu o Barnsley em casa por 3 a 1. Gols de Danny Graham e Luke Moore (duas vezes) pelos Swans e de Bobby Hassel pelo Barnsley. Na rodada seguinte, uma partida com maior dificuldade: os Jacks venceram o Crawley Town por 3 a 2, com gols de Michu, Danny Graham e Garry Monk, enquanto Josh Simpson e Hope Akpan marcaram para o Crawley. 

Em 31 de outubro de 2012, um grande acontecimento na competição: o Swansea eliminou o Liverpool – de Brendan Rodgers – em pleno Anfield por 3 a 1, com gols de Chico Flores, Nathan Dyer e Jonathan De Guzmán – Luis Suárez fez pelos Reds. De fato, o Swansea trabalhou bastante de forma ambiciosa e sem se deixar desmotivar pela grande posse de bola dos Reds, assim conseguindo o placar favorável para a classificação.

Swansea derrotou o Liverpool por 3 a 1 em Anfield
PAUL ELLIS/AFP via Getty Images

Já na fase seguinte, passada a euforia pela classificação diante dos Reds, os galeses eliminaram o Middlesbrough. Em casa, a vitória sobre o Boro foi por 1 a 0, graças a gol contra de Sebastian Hines. 

Leia mais: The streets will never forget: os jogadores da PL que tiveram brilho curto

Na sequência, pelas semifinais, outro clube grande a ser combatido: o Chelsea, campeão da UEFA Champions League na temporada anterior. Em resumo, o Swansea venceu a primeira partida por 2 a 0 no Stamford Bridge, gols de Michu e Danny Graham. Por conseguinte, a partida de volta terminou em 0 a 0 no Liberty Stadium, com direito a expulsão do principal jogador dos Blues, Eden Hazard. 

Por fim, a decisão da competição aconteceu no dia 24 de fevereiro de 2013, contra o Bradford City, em Wembley, com um público de 82,597 torcedores. Com disparidade na partida, os galeses venceram por 5 a 0, gols de Dyer (duas vezes), De Guzmán (também duas vezes) e do goleador Michu. Aliás, a artilharia dos Jacks ficou com quatro jogadores,  justamente Michu, De Guzmán e Dyer, além de Graham, com três gols cada. 

Onde estão os campeões do Swansea atualmente?

Após fazer história na temporada 2012/2013, o Swansea enfrentou alguns problemas, tendo sucessivas temporadas turbulentas, até ser rebaixado, em 2018. Mas o clube já havia passado por um momento muito mais grave, anos antes, em 2003, quando quase falira. Na ocasião, os torcedores arrecadaram fundos para pagar o salário dos jogadores, feito muito importante para o renascimento da equipe.

Pouco depois, na temporada 2007/2008, na League One, o time galês conseguiu o acesso após ficar 18 jogos invicto e marcar 92 pontos. Isso impulsionou os bons anos do clube, que culminaram na boa estadia na elite. Atualmente, de volta à Championship, o Swansea ocupa a terceira posição da liga, com 33 pontos em 18 jogos: nove vitórias, seis empates e três derrotas. 

GLYN KIRK/AFP via Getty Images

Mas, pensando nos momentos de glória, na inédita conquista da Copa da Liga Inglesa, onde estão aqueles jogadores que contribuíram para o feito impressionante do clube galês? A maioria deles encontra-se aposentada, como é o caso do goleiro Gerhard Tremmel e do artilheiro Michu, além de Garry Monk e Dwight Tiendalli. Outros encontram-se sem contrato, tais quais Àngel Rangel, Ashley Williams, Nathan Dyer e Roland Lamah. 

Por outro lado, alguns jogadores ainda estão em atividade, como Ki Sung-yueng (FC Seoul), Ben Davies (Tottenham), Jonathan de Guzmán (OFI Creta), Leon Britton (Llanelli AFC) e Pablo Hernández (Leeds United). Apenas Wayne Routledge continua no Swansea City

Leia mais: Swansea e Bournemouth se unem contra o preconceito de gênero