Sunderland fica perto de treinador prodígio que ‘se formou’ no Football Manager

5 minutos de leitura

O técnico inglês Will Still, que está no radar do Sunderland, deixou o comando do Stade de Reims, da França, em comum acordo. O anúncio oficial foi feito pelos franceses nesta quinta-feira (4).

Atualmente aos 31 anos, o comandante estava à frente do Reims desde 2022. Ele fez história ao se tornar o técnico mais jovem das cinco principais ligas europeias. Agora, pode voltar à Inglaterra na próxima temporada.

Quem é Will Still, fã de Football Manager

O inglês, nascido na Bélgica, assinou uma extensão de contrato de dois anos no início da atual temporada. No entanto, deixa o clube junto com seu assistente, o irmão mais novo Nicolas.

A saída de Still ocorre após uma temporada turbulenta no Reims. O time mantém a 11ª colocação que teve na última temporada da Ligue 1, mas com percalços. A equipe não vence desde março e sofreu uma derrota por 4 a 1 para o lanterna Clermont Foot no último domingo.

Em comunicado oficial, o Reims agradeceu Still e Nicolas por sua “dedicação e pelas lindas emoções vividas juntos”. O clube também destacou o papel de Still no desenvolvimento de jovens talentos e na implementação de um estilo de jogo único.

O comunicado oficial do Reims:

“Após uma reunião realizada esta manhã entre o presidente Jean-Pierre Caillot, o gerente geral Mathieu Lacour e o treinador principal Will Still, foi mutuamente acordado que as duas partes não continuariam a aventura esportiva juntas na próxima temporada.

Tendo em vista esta decisão e a fim de permitir ao Stade de Reims olhar com confiança para o próximo exercício financeiro, também foi decidido que Will Still e seu assistente Nicolas Still deixariam suas respectivas funções a partir de hoje.

O Stade de Reims gostaria de agradecer a Will e Nicolas Still pelo seu investimento e por todas essas belas emoções vividas juntos.

No coração de um projeto único de clube, conhecido e reconhecido por sua capacidade de revelar todos os talentos, estamos orgulhosos de ter podido contribuir para a emergência de um treinador que soube impor suas convicções e sua identidade de jogo.”

Still se popularizou ao afirmar que desistiu da carreira de jogador de futebol quando era adolescente por conta da influência de jogos como o Football Manager, simulador que reproduz virtualmente o trabalho de um treinador de futebol.

A partir dessa influência, ele mudou-se para a Inglaterra e começou um curso de treinador no Myerscough College, em Preston, Lancashire.

Porta aberta para o Sunderland?

Com a saída do Reims, o futuro de Still ainda é incerto. O treinador já havia expressado seu desejo de trabalhar na Inglaterra. O Sunderland, que busca um novo treinador após a saída de Michael Beale, em abril, pode ser um destino em potencial.

Jobe Belligham no Sunderland (Foto: Icon Sport)
(Foto: Icon Sport)

O jovem já estava no topo da lista de desejos do Sunderland na busca por um substituto para o técnico Tony Mowbray, após sua saída em dezembro de 2023. No entanto, após conversas com seus representantes, o clube da Championship optou pelo ex-técnico do Rangers, Michael Beale.

Beale, que foi assistente de Rogério Ceni em seus trabalhos no São Paulo e no Fortaleza, durou apenas dois meses no cargo. Quem comanda o time do Stadium of Light atualmente é Mike Dodds.

Atualmente os Black Cats estão na 15ª posição da Championship e não correm mais perigo de rebaixamento. Por outro lado, passaram longe de brigar pelo acesso à Premier League — que disputaram pela última vez na temporada 2016/17.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]