Stuttgart sofre goleada para o Bayern de Munique

Stuttgart sofre goleada para o Bayern de Munique
Foto: Reprodução / VfB Stuttgart

Primeiramente, na tarde desta terça-feira (14), o Stuttgart sofreu uma goleada para o Bayern de Munique pela 16ª rodada da Bundesliga. A bola rolou na Arena Mercedes-Benz e os visitantes não so venceram, como golearam o Stuttgart por 5 x 0.

Após ter feito um grande jogo fora de casa, no último final de semana contra o Wolfsburg, o Stuttgart deveria ter vindo com muita vontade para a partida de hoje, mesmo que fosse contra o Bayern de Munique, líder absoluto no campeonato e potência na Europa.

Mas o que foi visto hoje em relação ao time da Estugarda, foi uma equipe com medo de atacar seu adversário. Que a todo instante, poderia correr riscos de levar gols e dessa forma, abdicou do ataque para focar na defesa.

E isso deu muito certo, pelo menos até os 40 minutos do primeiro tempo, quando o Bayern abriu o placar com Serge Gnabry. E se com o 0 x 0 já estava difícil, atrás do placar então é que se complicou.

Ainda mais pelo fato de que a última virada que o time de Munique levou, foi contra o Eintracht Frankfurt, pela 7ª rodada do Campeonato Alemão. E no começo da segunda etapa, o Stuttgart teve um bom controle do jogo. Mas nada que pudesse causa perigo ao adversário, que na primeira chegada de risco no segundo tempo, ampliou o marcador.

Serge Gnabry novamente, fez o 2 x 0. Mas a situação ficou totalmente fora de controle após os 25 minutos da segunda etapa, quando o Bayern conseguiu marcar mais três gols, em um prazo de seis minutos, praticamente lances de saída de bola. Robert Lewandowski marcou aos 25 e aos 27. E por fim, Gnabry, que não marcava a seis jogos pela Bundesliga, fechou a goleada com um Hat-Trick, aos 29 do segundo tempo.

Com a goleada sofrida hoje, só resta ao Stuttgart, tentar melhorar para a próxima partida, fora de casa, contra o Colônia, no próximo domingo (19), na briga para fugir das últimas posições da tabela.

Dados do Stuttgart na partida

Escalação: Florian Müller; Konstantinos Mavropanos, Waldemar Anton, Marc-Oliver Kempf;
Atakan Karazor; Tanguy Coulibaly (Silas Katompa Mvumpa), Wataru Endo (C), Orel Mangala (Wahid Faghir), Hiroki Ito; Philipp Förster (Chris Führich) e Omar Marmoush (Alexis Tibidi).

Cartão amarelo: Atakan Karazor.