Stuttgart – História, estatísticas e conquistas

Stuttgart – História, estatísticas e conquistas

Desde já, o Stuttgart nasceu no dia 9 de setembro de 1893, na cidade de Estugarda. Antes de se tornar um famoso clube de futebol, o clube alemão era apenas um time de rRugby. Tem como seu principal rival o Freiburg.

Na temporada 2012/13, a Mercedes-Benz negociou com Stuttgart para comprar os direitos do seu estádio. No contrato de 30 temporadas, a empresa de carros colocou o nome de Arena Mercedes-Benz, com grandes chances de renovação.

Atualmente a Arena possui capacidade para mais de 60 mil torcedores. Por fim, na Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, o estádio sediou alguns jogos, entre eles a disputa do 3º lugar de Alemanha e Portugal, terminando com a vitória dos alemães.

Trajetória do Stuttgart: fundação, conquistas e ascensão

No entanto, apesar do clube não ser reconhecido mundialmente como um time grande, o Stuttgart é um dos maiores da Alemanha, com uma bela galeria de troféus. São cinco títulos da Bundesliga (1950, 1952, 1984, 1992 e 2007), três Copas da Alemanha (1954, 1958 e 1997), duas vezes campeão da 2ª divisão (1977 e 2017), uma Supercopa Alemã, e dois títulos internacionais, a extinta Copa Intertoto de 2000 e 2002.

Mercado de Transferências do Stuttgart

Decerto, o clube sempre foi modesto no mercado de transferências. Por outro lado, possui a maior venda da história do Stuttgart, quando o gigante Bayern Munique desembolsou € 37 milhões pelo lateral francês Pavard, logo após a Copa do Mundo de 2018.

Além dessa, confira outras contratações no mercado de transferências, as maiores vendas, rumores, o maior artilheiro do clube e recordista em jogos.

Joshua Kimmich, para o Bayern Munique, por € 8,50 milhões, no mercado da bola 2015/16

Revelado pelo Stuttgart, Kimmich jogou apenas no juvenil do clube. Logo após fazer bons jogos pelo Leipzig, o jogador despertou interesse do seu futuro treinador, Pep Guardiola. Após rumores, no mercado da bola de 2015, o atleta assinou contrato com o Bayern de Munique. Atualmente, o jogador é visto como o substituto número um de Philipp Lahm, um dos maiores laterais da história.

Nicolás González, do Argentino Juniors, por € 11,26 milhões em 2018/19

A maior compra do clube até então, se chama Nicolás González, que na época tinha apenas 20 anos. No mercado da bola temporada 2019/20, Nicolás ajudou o Stuttgart a subir para a Bundesliga. Logo após alguns rumores, o meia argentino foi contratado pela Fiorentina.

Mario Gomez, do Stuttgart, para o Bayern Munique por € 30 milhões, no mercado da bola de 2009/10

Super Mário é uma lenda na Alemanha. O atacante que começou na base do próprio Stuttgart, fez sua estreia no profissional em 2005, e seu valor de mercado girava em torno de apenas € 250 mil.

Após quatro anos, no mercado da bola de 2010, foi vendido para o Bayern de Munique pelo valor de € 30 milhões. Enfim, no Stuttgart, realizou 230 jogos e marcou 110 gols, conquistando a Copa da Alemanha em 2007.

Herman Ohlicher, o jogador que mais vestiu a camisa do clube em toda história 

A saber, Herman ficou por 11 temporadas no clube alemão. O centroavante deixou seu nome eternizado no Stuttgart. Herman vestiu o manto do clube alemão por incríveis 456 jogos e conquistando a Bundesliga 1983/84, fazendo uma bela dupla ofensiva com o artilheiro Karl Allgöwer.

Karl Allgöwer, o maior artilheiro de todos os tempos do clube entre 1980 até 1991

Por fim, Karl Allgöwer se destacou por 10 anos no clube. Karl era muito habilidoso com a bola nos pés. Com sua genialidade, levou o Stuttgart a mais uma Bundesliga na temporada 1983/84. Ao todo, foram 410 jogos, com 167 gols e inúmeras assistências.