Gerrard revela que recebeu conselho de Alex Ferguson após ser demitido do Villa

5 minutos de leitura

Steven Gerrard vive boa fase no comando do Al Ettifaq, mas enfrentou um momento conturbado antes de chegar na Arábia Saudita. A lenda do Liverpool comentou sobre o período que treinou o Aston Villa, revelando os problemas da equipe e como um conselho de Alex Ferguson foi crucial para sua carreira seguir em frente.

Depois de um período como técnico do Rangers e Aston Villa, Gerrard desembarcou no Oriente Médio. Desde 2023 ele é o técnico do Al Ettifaq, levando o time para a sexta melhor campanha na última temporada da Saudi Pro League.

Gerrard critica jogadores do Aston Villa

Após uma carreira de sucesso como jogador do Liverpool e da seleção inglesa, Gerrard iniciou os trabalhos como técnico. Em 2018 ele assumiu o comando do Rangers, onde foi campeão do Campeonato Escocês em 2020/21, encerrando o domínio de nove anos do Celtic.

O Aston Villa anunciou o inglês como técnico em novembro de 2021 e contou com um ótimo início: foram oito vitórias nos primeiros 16 jogos. Mas a situação desmoronou depois que o clube conseguiu apenas quatro triunfos nas 22 partidas seguintes.

Gerrard não resistiu aos resultados ruins e deixou o Villa após 11 meses no cargo. Em entrevista ao “Telegraph”, ele revelou que alguns jogadores não estavam respondendo em campo.

— Acho que quando os melhores jogadores de futebol não estão jogando ao seu nível, não vou fazer rodeios. Tivemos jogadores que não deram o que eu achava que deveriam render naquele momento e isso é minha responsabilidade.

Gerrard Liverpool Arabia Saudita
Gerrard, ex-Liverpool, acertou com o Al Ettifaq, da Arábia Saudita – (Foto: Icon Sports)

No entanto, Gerrard assume a responsabilidade pela sequência ruim no Villa e diz estar aprendendo com os erros que cometeu na carreira.

— Tivemos uma série de resultados ruins. Eu tenho que assumir isso e assumir total responsabilidade por isso. Tenho que aprender com meus erros. Talvez faça as coisas de maneira um pouco diferente e cresça e evolua. Essa é a única maneira de superar uma derrota ou uma queda.

Gerrard buscou conselho de Ferguson

A demissão do Aston Villa foi um golpe duro para Gerrard. Até então, sua carreira era promissora no Rangers e ele era apontado como sucessor de Klopp no Liverpool. No entanto, o treinador revelou ao “Telegraph” que passou por um momento conturbado na nova profissão.

— Foi difícil. Isso machuca. Eu senti. Mas o que as pessoas precisam entender é que se eu não senti isso, se não levei isso para o lado pessoal, se não assumi total responsabilidade por isso, então não sou mais Steven Gerrard. Porque quando se trata de futebol, de ser profissional e ser algo que adoro, sempre irei me responsabilizar.

O ídolo dos Reds conversou com outras pessoas sobre sua carreira como treinador. Antes de aceitar a proposta do Al Ettifaq, ele conversou com Sir Alex Ferguson, que foi crucial para superar um momento conturbado.

— Não sou uma daquelas pessoas que procura culpar, que procura apontar o dedo. Não é meu estilo e é por isso que precisei de um tempo para processar essa resistência. Isso abalou um pouco minha confiança. Isso acontece. Falei com muitos técnicos sobre isso. Fui ver Alex Ferguson por algumas horas e ele disse ‘não tenha pressa, não se precipite em nada. Não tenha pressa e processe, analise’.

Sir Alex Ferguson Manchester United
Sir Alex Ferguson é ex-treinador do Manchester United.(Foto: Icon sport)
Gabriel Lemes
Gabriel Lemes

Me formei em Jornalismo pela Univap em 2019 e sou redator da PL Brasil. Já escrevi para o Quinto Quarto, Minha Torcida, Futebol na Veia e Portal Famosos.