Sparta Rotterdam – História, estatísticas e conquistas

Sparta Rotterdam – História, estatísticas e conquistas

O Sparta Rotterdam é um clube holandês fundado na cidade de Rotterdam em 1º de abril de 1888, sendo clube mais antigo do país. A saber, tem como rival local o Feyernoord, com quem ele disputa o clássico da cidade. Outro ponto importante do clube é o seu estádio, o Sparta Stadion Het Kasteel tem capacidade de receber 11 mil torcedores.

Trajetória do Sparta Rotterdam: fundação, conquistas e ascensão

Primeiramente, o time foi fundado por um grupo de estudantes, que criaram um clube de cricket chamado Sparta Rotterdam. Nesse sentido, em 1888, o clube passou a ter um setor de futebol e só foi jogar a sua primeira partida em 1890.

Além disso, na temporada de 1897, o clube se retirou da liga nacional por erros duvidosos de arbitragem em jogos seguidos do clube. Porém, o clube continuou as suas atividades. Nesse sentido, os conselheiros do clube acompanharam uma partida do Sunderland e se apaixonaram pela camisa do clube inglês. Assim, o clube adotou as cores da equipe inglesa.

O estádio é bem curioso, já que o mesmo parece com uma faixada de um castelo, sendo um diferencial. Além disso, o clube é bem vitorioso. Porém, caiu no ostracismo, tendo vencido os seus títulos de peso até os anos 60. Dessa forma, o clube possui seis Campeonatos Holandeses, três Copas da Holanda, além do mais recente título da 2ª divisão holandesa.

Mercado de transferências do Sparta Rotterdam

Em suma, o Sparta Rotterdam não é um clube que costuma aparecer nos principais rumores do mercado da bola. Assim, as suas movimentações no mercado de transferências, são de um valor considerado mais baixo, até por seu auge ter sido onde as cifras do futebol ainda não eram tão inflacionadas.

Marcos Boogers, do RKC Waalwijk para o Sparta Rotterdam

No inicio de 1995, a equipe de Rotterdam viu seu nome ligado a rumores de uma possível contratação do ponta Marcos Boogers, que já estava com 27 anos. Dessa forma, a equipe resolveu confirmar os rumores e investiu 440 mil euros para tirar o jogador do RKC Waalwijk e dessa forma fez a sua maior movimentação até hoje no mercado da bola. Assim, o jogador ficou no clube até o meio de 1995, quando saiu para o West Ham por 725 mil euros.

Charles-Andreas Brym, do FC Eindhoven

Para essa temporada, o clube fez a sua segunda maior movimentação da história no mercado de transferências. A equipe resolveu investir no jovem ponta de 23 anos Charles-Andras Brym e pagou 225 mil euros para pode contar com o jogador a partir da temporada 2022/23. Se esse foi um movimento correto ou não, só saberemos daqui a alguns anos.

Ray Clarke, do Mansfield Town

Em meados de 1976, o Sparta Rotterdam confirmou os rumores de uma contratação que até hoje é considerada difícil no mercado da bola, que é tirar um jogador inglês do seu futebol local. Então, o clube investiu 210 mil euros pelo ponta Ray Clarke, que estava no Mandfield Town. O jogador ficou no clube até 1978, quando foi para o Ajax por 385 mil euros.

Harald Wapenaar, do Vitesse

No inicio de 2007, o clube investiu no mercado da bola na posição de goleiro, Harald Wapenaar, vindo do Vitesse, por 200 mil euros, por empréstimo. Assim, o goleiro ficou no clube até o final da sua carreira em 2009.

Geert Meijer, do Bristol City

No inicio de 1980, o clube resolveu investir mais em mais um ponta no mercado de transferências. Dessa forma, Geert Meijer, do Bristol City, foi a escolha da equipe. Por fim, o time desembolsou 180 mil euros pelo jogador que passou três anos no clube, até sair para o DS'79 por valores desconhecidos.