Söyüncü faz a torcida do Leicester esquecer Maguire

Zagueiro é um dos principais nomes dos Foxes nesta temporada

Leicester City Soyuncu Michael Regan Collection Getty Images Sport
Michael Regan Collection Getty Images Sport

Com a saída de Harry Maguire do Leicester depois de uma temporada extremamente sólida, os torcedores dos Foxes temiam uma iminente destruição do sistema defensivo. Entretanto, a realidade foi (e ainda é) bem diferente das previsões pessimistas. Ao contrário do que se esperava, a diretoria acertou pontualmente na contratação de seu substituto: Caglar Söyüncü.

Desconhecido até então, o turco chegou à equipe vindo do Freiburg por um quarto do valor da venda de Maguire, praticamente. Enquanto o inglês foi vendido por 73 milhões de libras, Söyüncü custou apenas 17 milhões de libras.

Siga a PL Brasil no Youtube

  • Premier League 2000/2001: Relembramos essa temporada marcante

O zagueiro de 23 anos apareceu na Inglaterra pela primeira vez na carreira com a simples missão de substituir o melhor defensor do time em 2018/2019 e o zagueiro mais caro da história do futebol. Para quem tinha passado a carreira toda na Turquia e se mudado para Alemanha em 2016, não parecia um sucesso imediato tão provável.

Mas Söyüncü chegou discretamente e, realizando suas funções dentro das ideias de Brendan Rodgers, conquistou rapidamente a torcida. Suas características são bem parecidas com as de Maguire: alto (1,87m), com bom posicionamento e preciso nos desarmes. Além disso, possui muita qualidade no passe longo.

Nesta temporada, para se ter uma ideia de sua rápida adaptação, é um dos quatro jogadores que disputaram todos os minutos possíveis na Premier League até agora. Os outros nomes são atletas com história no clube: Kasper Schmeichel, Ricardo Pereira e Jamie Vardy.

Números de Söyüncü na temporada

A já salientada adaptação do zagueiro pode ser vista nos números que conquista logo no início de temporada. Em 17 rodadas, cometeu somente 15 faltas. Ou seja, menos de uma infração por jogo.

Se Maguire foi segundo melhor passador do Leicester em 2018/2019, Söyüncü é, atualmente, o terceiro que mais passa no campeonato. Foram 1.156 passes, dando uma média de 68 passes certos por jogo. Números menores que de Kurt Zouma e Virgil Van Dijk, os líderes do quesito, apenas.

Como se não bastasse, sua participação na construção de jogadas é ainda mais evidenciada quando descobrimos que o turco é o segundo jogador do time que mais toca na bola, atrás de Ricardo Pereira.

Michael Regan Collection Getty Images Sport
Michael Regan Collection Getty Images Sport

Entre todos os jogadores, está em quinto nesta estatística, à frente de Kevin de Bruyne e Jorginho, por exemplo. Contudo, em termos de tackles (que são entendidos como botes ou desarmes), Söyüncü está bem atrás do lateral português e de Wilfried Ndidi.

Com 28 botes certos, ele não se aproxima dos líderes da equipe neste número (Pereira tem 74 e Ndidi tem 73). Mas isso é apenas um sinal da eficiência da filtragem do sistema defensivo, assim como exemplifica a pressão exercida no campo de ataque, já que o terceiro em desarmes é James Maddison (36).

Para completar, o turco está entre os 20 melhores do campeonato em duelos aéreos (é o melhor do time) e rebate, em média, 5,3 bolas por jogo. Além disso, vence 64% das divididas, sendo 60,6% delas pelo chão.

A precisão em lançamentos – aspecto importante e comparável a Maguire – também é boa. Encontra companheiros em bolas longas quase três vezes por jogo (2,9). Portanto, é possível afirmar que suas características casaram perfeitamente com o estilo de jogo proposto pelo treinador norte-irlandês.

Comparação com Maguire

Em 2019/2020, pelo Manchester United, Maguire é o primeiro em passes, mas com 950 certos apenas. Ou seja, uma diferença de 135 passes a favor de Söyüncü. O inglês também, é o segundo que mais toca na bola pelos Red Devil.

Curiosamente, assim como o turco, só está atrás do lateral direito: Aaron Wan-Bissaka tocou uma vez a mais na bola nas 16 rodadas. Pelo alto, Maguire já venceu 62 duelos, chegando à nona posição entre todos os jogadores.

Leia mais: Tielemans, o belga que domina o meio-campo na Premier League

O que surpreende e difere os dois jogadores é a precisão em lançamentos. Apesar de Söyüncü ter números bons para um zagueiro, Maguire está num patamar acima. Nesta temporada, tem uma média de 4,4 lançamentos corretos por jogo.

Se compararmos com a temporada passada, então, Maguire teve ainda mais acertos em bolas longas (6,2) e em duelos aéreos vencidos (3,8). Mas em relação à passes e toques na bola, que demonstram participação no jogo, perde para Söyüncü.

Enquanto o inglês acertou, em média, 56 passes por jogo – foi o segundo na equipe – o turco já lidera a estatística com 12 passes a mais.

Söyüncü já é realidade

Leicester City Soyuncu Michael Regan Collection Getty Images Sport
Michael Regan Collection Getty Images Sport

Mesmo com apenas 23 anos, Söyüncü já demonstra muita maturidade e capacidade para comandar a defesa do Leicester. Os números não só comprovam sua participação na construção do jogo à partir do primeiro terço defensivo  como a diminuição de perigo para Schmeichel.

Amparado pelas ideias de Rodgers, algo que Maguire não teve por meia temporada, pode mostrar a consistência defensiva que o time precisa e os passes seguros que a estratégia do treinador demanda.

Por mais que a saída gigante inglês seja recente e que ainda há muito campeonato pela frente, a primeira impressão de Söyüncü é animadora. Afinal, faz parte da defesa menos vazada nestas primeiras 16 rodadas, sofrendo somente dez gols.

Ao lado de Johnny Evans, Ben Chilwell e Ricardo Pereira – filtrados por Ndidi -, diminuiu a quantidade de chutes sofridos pelos Foxes.  Então, não é errado dizer que Söyüncü faz, de fato, a torcida esquecer Maguire.