Fica ou sai? Southgate responde sobre futuro como treinador da Inglaterra: ‘É simples assim’

4 minutos de leitura

Gareth Southgate treina a seleção da Inglaterra desde 2016, mas passa longe de ser uma unanimidade. O contrato do comandante com o English Team vai até o fim de 2024 e algumas especulações surgem sobre seu futuro.

Existe uma dúvida se o técnico comandará a Inglaterra na Copa do Mundo de 2026. O fato é que ele será o responsável por conduzir os ingleses na Eurocopa do meio do ano, que será disputada na Alemanha. Em entrevista à “Sky Sports”, Gareth Southgate manteve o futuro em aberto.

Southgate prefere focar na Eurocopa para depois pensar se segue na Inglaterra

O comandante deixou explícito que a prioridade no momento é a disputa da competição internacional. Southgate pontuou que a Inglaterra possui chances reais de ser campeã e que sua decisão só sairá após a Euro.

— Você tem que ver como vai o verão. É simples assim. Na minha opinião, sei o que somos capazes de alcançar o título da Euro. Sei qual seria a minha referência de sucesso. Depois disso, não estou pensando em mais nada (…) Não estarei em posição de tomar essa decisão antes do torneio.

Southgate conseguiu boas campanhas com a Inglaterra e devolveu o país à prateleira de cima do futebol mundial. Contudo, a falta de conquistas e algumas escolhas equivocadas fazem com que o profissional seja alvo de muitas críticas de torcedores e imprensa.

Southgate Inglaterra
Southgate em jogo da Inglaterra. (Foto: Icon Sport)

O desempenho da Inglaterra com Southgate

  • 4º lugar na Copa do Mundo de 2018
  • Vice-campeã da Euro de 2021
  • Eliminado nas quartas da Copa do Mundo de 2022

O treinador foi sincero e destacou que muitos dos treinadores que estarão na Eurocopa poderão trocar de emprego quando o torneio terminar. Southgate tem 53 anos e só treinou o Middlesbrough antes de assumir a seleção.

— Há uma boa chance de metade dos treinadores não estarem aqui depois da Euro. Isso é futebol de seleções.

Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.