Southgate compara Bellingham a Beckham e faz alerta: ‘Vive em um mundo diferente’

5 minutos de leitura

Jude Bellingham é um dos grandes destaques da seleção inglesa que se prepara para a Eurocopa. O técnico dos Três Leões, Gareth Southgate, falou sobre o momento do jovem no Real Madrid e o comparou a um antigo merengue: David Beckham.

Southgate está perto de anunciar a lista da equipe que levará à Alemanha para disputar a Euro entre os dias 14 de junho e 14 de julho. Em entrevista ao jornal francês “L’Equipe”, o treinador disse que, quando estava em Madri, Beckham vivia em um mundo diferente, e isso está acontecendo com Bellingham.

O alerta a Bellingham relembrando Beckham

Southgate destacou a mudança de posição do jovem quando chegou ao Real Madrid em comparação com suas funções na seleção inglesa. Antes um meio-campista mais recuado, se tornou um meia-atacante versátil na Espanha,

No entanto, o técnico também reconhece que a mudança para o clube merengue e o consequente aumento da fama colocaram o jovem inglês em um “mundo diferente”. Ele entende que isso é muito parecido com o que David Beckham vivenciou em sua carreira.

Beckham comparado a Bellingham
Beckham em ação pelo Real Madrid (foto: Icon Sport)

— As conversas que tive com ele foram sobre o fato de que agora ele vive em um mundo diferente. Ainda é muito jovem, gerencia tudo isso muito bem, mas sua vida não pode ser a de um jovem de 20 anos que pode ir aonde quiser, fazer o que quiser — disse.

Southgate ressalta a importância de orientar o jovem sobre como lidar com essa nova realidade e manter o foco no futebol:

— Passei um tempo conversando com ele para que percebesse o que isso significa. Joguei com David Beckham, que vivia em um mundo diferente. Esse mundo é o de Jude hoje.

Elogios à liderança e comparação com Gerrard

O treinador observa que a liderança de Bellingham se manifesta em sua forma de jogar e na forma como ele se comunica com os companheiros de equipe. Ele destaca o respeito que o jovem demonstra por jogadores mais experientes como Jordan Henderson e Harry Kane, mas também reconhece sua voz de comando quando necessário.

— Sua estreia no Real foi altíssima. Depois se lesionou, de qualquer forma não foi possível manter esse nível durante toda a temporada… Jude me lembra Steven Gerrard. Mesmo quando o adversário parece ter o controle do jogo, são jogadores capazes de virar o jogo. Através de sua mentalidade, influenciam seus companheiros de equipe — afirmou.

bellingham beckham real madrid
Bellingham em ação pelo Real Madrid (Foto: Icon Sport)

Ele também acredita que a experiência do meia no Real Madrid, jogando ao lado de veteranos como Toni Kroos e Luka Modric, tem sido fundamental para seu desenvolvimento.

No entanto, diferente de Gerrard, que jogou a vida inteira no Liverpool, o jovem merengue desperta um sentimento diferente nos ingleses. Segundo Southgate, o fato de não jogar na Premier League é o motivo:

— Acho que viajar e viver em outros países lhe fez bem. De certo modo, ele ainda é relativamente pouco conhecido na Inglaterra, embora evidentemente todo mundo saiba o quão forte ele é. Mas, quando volta a jogar na seleção nacional, desperta uma emoção particular, que não existiria se jogasse em um clube da Premier League.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]