Southampton na PL 2019/2020: a boa recuperação após o 9 a 0

Saints contaram com a ótima fase do artilheiro Danny Ings

0
239
southampton 2019 2020
ADAM DAVY/POOL/AFP via Getty Images

Após duas temporadas problemáticas, com o time se salvando nas últimas rodadas, o Southampton finalmente conseguiu realizar uma boa campanha na temporada 2019/2020. Sob o comando de Ralph Haseenhült e Danny Ings, após algumas oscilações no decorrer da temporada, a equipe terminou o campeonato em situação bastante confortável. Portanto, a PL Brasil apresenta um balanço sobre a temporada 2019/2020 dos Saints.

Quais eram as expectativas para o Southampton na temporada 2019/2020?

O Southampton iniciou a temporada cercado de boas expectativas, tanto por conta da  consolidação do trabalho apresentado por Ralph Haseenhült, quanto pela boa quantidade de jogadores que poderiam se destacar durante a campanha. Portanto, as contratações de Che Adams e Moussa Djenepo, somadas a afirmação de jogadores como Danny Ings, Nathan Redmond e Stuart Armstrong, conferiram a expectativa de uma temporada segura.

Contudo, o time iniciou a temporada de forma bem preocupante, com apenas duas vitórias nos primeiros dez jogos da competição, culminando com uma histórica goleada sofrida frente ao Leicester por 9 a 0 no St Mary´s Stadium.

Além de encontrar dificuldades defensivas, o time não conseguia criar tantas oportunidades, sobretudo, quando atuava com formações compostas por três zagueiros. Desse modo, o ponto de virada na temporada dos Saints se deu justamente a partir da mudança para o esquema 4-4-2, com o time base sendo formado por: McCarthy, Cedric Soares, Jack Stephens, Jan Bednarek, Ryan Bertrand, Stuart Armstrong, Ward Prose, Pierre-Emile Hojberg, Nathan Redmond, Che Adams e Danny Ings.

Leia mais: Danny Ings: muito mais que um centroavante goleador para o Southampton

Nesse sentido, o Southampton conseguiu construir uma sequencia de bons resultados, inspirado, sobretudo, pelas ótimas atuações de Danny Ings no decorrer da temporada. Portanto, os Saints obtiveram grandes vitórias na temporada 2019/2020 da Premier League, como por exemplo, contra Chelsea, Leicester, Tottenham e Manchester City.

Portanto, após o retorno do futebol na terra da rainha, após derrota de 2 a 0 para o Arsenal, o time de Haseenhült engrenou sequência de seis jogos de invencibilidade, encerrando a temporada de forma bastante segura com 15 vitórias, 7 empates e 16 derrotas, levando o time até a ótima 11ª colocação.

Destaque

Nesse sentido, o grande nome da temporada do Southampton foi, de maneira indiscutível, Danny Ings. Para além da incrível marca de 22 gols  na Premier League, o atacante contribuiu de maneira decisiva na constituição do estilo de jogo adotado por Haseenhült. Além de balançar as redes, o inglês auxilia a equipe na marcação pressão e se movimenta o jogo inteiro na busca por abrir espaços na defesa adversária.

No que diz respeito aos  gols anotados por Danny Ings na Premier League, é válido destacar uma estatística bem importante: foram 11 gols anotados com a perna direita, oito gols com a perna esquerda e um tento de cabeça. Portanto, números que demonstram a capacidade do inglês em finalizar de forma categórica com ambas as pernas.

Desse modo, a grande temporada de Ings coroa uma das reviravoltas mais impressionantes do futebol inglês nos últimos anos, tendo em vista as graves lesões sofridas em sua carreira. Assim, ao falar da temporada 2019/2020 da Premier League, o atacante dos Saints é nome certo entre os principais destaques da competição.

Leia mais: Os 10 maiores ídolos da história do Southampton

Surpresa

southampton 2019 2020
Naomi Baker/Getty Images

A temporada de Danny Ings acabou ofuscando outros personagens importantes na boa campanha do Southampton na temporada 2019/2020 da Premier League. Porém, é necessário destacar a grande temporada de Jan Bednarek. O jovem zagueiro polonês pode ser apontado como a grande surpresa do time, tendo em vista a evolução em relação à temporada anterior.

Desse modo, é válido destacar que o polonês liderou todas as estatísticas defensivas da equipe, incluindo a quantidade de duelos ganhos, interceptações e bolas recuperadas. Para além disso, Bednarek também foi importante com a bola nos pés, tendo em vista os 1,537 passes computados pelo zagueiro, número maior até do que alguns meias e volantes do próprio time.

Portanto, Jan Bednarek pode ser visto como uma boa surpresa para o time de Haseenhült na temporada. Assim sendo, mesmo com o Southampton levando muitos gols na competição, o zagueiro obteve grande desempenho e tem tudo pra continuar evoluindo.

Acompanhe a PL Brasil no Youtube

  • E SE O SOUTHAMPTON NÃO TIVESSE VENDIDO SEUS JOGADORES?