Southampton: a pedra no sapato dos campeões da era Premier League

Os Saints não vêm dando moleza para os últimos campeões ingleses

0
285
Southampton Premier League
Naomi Baker/Getty Images

Após vencer o Liverpool pela 17ª rodada da temporada 2020/2021 da Premier League por 1 a 0 com gol de Danny Ings, o Southampton retomou para si uma marca que já lhe pertencera até a conquista inédita dos Reds: ser a única equipe que venceu todos os campeões da Premier League ao menos uma vez na temporada seguinte a de suas conquistas.

Southampton: A pedra no sapato dos campeões da era Premier League

O Liverpool se juntou a Manchester United, Blackburn, Arsenal, Chelsea, Manchester City e Leicester na curiosa sina existente na “nova era”. Relembremos os principais capítulos desta história.

Manchester United

O fato de ser dono de 13 títulos de Premier League faz com que o Manchester United seja, obviamente, o clube que mais enfrentou o Southampton em temporadas pós-título. Foram 18 encontros em nove dessas 13 temporadas.

As equipes não se cruzaram em quatro delas (2007/2008, 2008/2009, 2009/2010 e 2011/2012), quando o clube do sul da Inglaterra sofreu com rebaixamentos, tendo chegado a disputar a terceira divisão. Naquelas temporadas em que se cruzaram, o United somou dez vitórias, quatro empates e quatro derrotas.

A vitória mais memorável do Southampton sobre o United em temporada pós-título foi na temporada 1996/1997. Naquele 26 de outubro de 1996, o The Dell (antigo estádio dos Saints) recebeu um jogo maluco, que terminou em 6 a 3 a favor do Southampton.

A partida teve dois gols do meia israelense Berkovic, outros dois do atacante norueguês Østenstad e contou com um gol de Matt Le Tissier e outro contra de Phil Neville para o Southampton. Pelo United, David Beckham fez dois gols e Paul Scholes também deixou sua marca.

No fim das contas, aquela vitória fez toda a diferença, já que os Saints se salvaram do rebaixamento por apenas 1 ponto, com 41 conquistados após 38 jogos.

Outra curiosidade é que, naquela temporada, o United só perdeu 5 vezes no campeonato inglês. Esta foi uma das poucas derrotas do time de Alex Ferguson, justamente a que sofreu mais gols num único jogo.

Leia mais: O início de temporada promissor do Southampton

Chelsea

Segundo maior vencedor da Premier League com cinco títulos, o Chelsea não cruzou com o Southampton nas suas três primeiras conquistas na nova era da competição (2005/2006, 2006/2007, 2010/2011). Isso se deve porque seus títulos coincidiram com anos em que os Saints se encontravam em outras divisões.

Ao todo, quatro jogos entre os clubes nas temporadas pós título, sendo três vitórias a favor do Chelsea e uma do Southampton.

A única vez que o Chelsea teve sua faixa de campeão da PL carimbada pelo Southampton foi em março de 2015. Atuais campeões, os Blues, comandados à época por José Mourinho, entraram na 8ª rodada em 16º lugar na classificação, amargando uma crise terrível que só faria crescer após o resultado ruim.

O Chelsea abriu o placar com gol do brasileiro Willian, aos 10 minutos do primeiro tempo. O Southampton empatou ainda na etapa inicial, aos 43, com gol de Steven Davis. Aos 15 do segundo tempo, Sadio Mané virou para os Saints, que também contavam com Graziano Pellè em sua inusitada (e boa) dupla de ataque. Foi do italiano o gol que selou a vitória de virada, um 3 a 1 com autoridade em pleno Stamford Bridge.

Southampton Premier League
Jordan Mansfield/Getty Images

Naquela temporada histórica de 2015/2016 em que o Leicester terminou como campeão, o Southampton terminou a frente do Chelsea, tendo conquistado vaga na Liga Europa, inclusive.

Enquanto o time da cidade da costa sul terminou como 6º colocado, o clube londrino amargou a modesta 10ª colocação, um ano após ter sido campeão.

Leia mais: Southampton e Athletic Bilbao, uma ligação que vai além do vermelho e branco

Manchester City

Tetracampeão da Premier League, o Manchester City é a única equipe com mais de três títulos da competição que enfrentou o Southampton em todas as temporadas posteriores às de suas conquistas. Foram oito encontros em quatro campeonatos desde 2012/2013, sendo seis vitórias a seu favor e duas derrotas.

Na temporada seguinte à façanha do título com gol no último minuto em cima do Queens Park Rangers, o Manchester City não escapou de ser vítima do Southampton.

Em 2012/2013, pela 26ª rodada, o time treinado por Roberto Mancini não se deu nada bem no St Mary's Stadium. Logo aos 7 minutos, Puncheon abriu o placar para a equipe do sul da Inglaterra. Aos 22, Steven Davis ampliou. Dzeko diminuiu para o City aos 39. Mas, aos 3 do segundo tempo, Gareth Barry fez contra e o Southampton venceu por 3 a 1.

A outra vitória dos Saints sobre os Citizens aconteceu também em casa, em partida mais recente, disputada na temporada 2019/2020. 1 a 0, com gol de Che Adams. Mesmo sem grandes histórias nos confrontos envolvendo as equipes nessas circunstâncias, o City também acabou vítima do Southampton e não escapou da indigesta estatística.

Leia mais: Como foi a tour do Southampton no Brasil em 1948?

Arsenal

Com três taças de Premier League na sua galeria, o Arsenal, a exemplo do Manchester City, encarou o Southampton todas as vezes em que disputou uma temporada com a pecha de atual campeão.

Ao lado do Manchester United, é o clube que mais empatou com os Saints jogando na condição de defensor do título da PL, com quatro empates, apenas uma vitória (um sonoro 6 a 1 em 2002/2003) e uma única derrota naquele mesmo campeonato, que foi um prejuízo para os Gunners no fim das contas.

O Arsenal falhou na missão de se tornar bicampeão da PL de forma consecutiva na temporada 2002/2003. A equipe de Arsene Wenger chegou em segundo na corrida pelo título, cinco pontos atrás do rival Manchester United.

Se tivesse vencido seu confronto direto com o United no primeiro turno e se não tivesse perdido para o Southampton no St Mary's Stadium, teria conquistado os seis pontos suficientes para o bi. Mas como o “se” não entra em campo, não foi assim que os fatos ocorreram.

Pela 15ª rodada, os Gunners até abriram o placar com gol de Dennis Bergkamp, aos 36 minutos. Ainda antes de descer para o vestiário, aos 45, James Beattie deixou tudo igual.

No segundo tempo, o mesmo Beattie virou de pênalti, aos 14. O Southampton marcou o terceiro aos 27, com gol contra de Kolo Touré. Robert Pirès descontou para o Arsenal, que perdeu por 3 a 2.

Southampton Premier League
Mike Hewitt/Getty Images

Vale lembrar que o Southampton fez grande campanha, tendo terminado em 8º lugar, o que lhe rendeu vaga para a Copa da Uefa.

Leia mais: Os 10 maiores ídolos da história do Southampton

Blackburn

“Intruso” responsável por impedir em 1994/1995 o tricampeonato do Manchester United a partir da criação da Premier League, o Blackburn jogou somente duas vezes contra o Southampton na condição de atual campeão.

Ganhou uma, mas também provou do veneno dos Saints na temporada seguinte à de seu único título conquistado na nova era do campeonato inglês, perdendo o outro duelo.

Jogando no antigo The Dell pela 34ª rodada, os Rovers perderam por 1 a 0. O gol solitário dos Saints nesta partida foi marcado pelo meia inglês Matt Le Tissier. A vitória obtida em 6 de abril de 1996, aliás, foi importante para que o Southampton permanecesse na primeira divisão naquele ano.

Os Saints se salvaram pelo saldo de gols. 17º colocado empatado com os mesmos 38 pontos e nove vitórias do Manchester City, primeiro time a figurar na zona do rebaixamento naquela temporada.

Leia mais: Montamos a seleção do Southampton no século XXI; confira

Leicester

Além de Blackburn e Liverpool, o Leicester fecha a lista de campeões da Premier League que viveram esta glória apenas uma vez.

Dono daquela que talvez seja a maior epopeia da história do futebol, o Leicester não conseguiu repetir o que havia feito na temporada 2015/2016. Na temporada seguinte ao título, terminou a PL com o modesto 12º lugar e 44 pontos.

Depois de empatar com o Southampton no primeiro turno, o jogo válido pela 22ª rodada na casa dos Saints foi péssimo para os Foxes.

Aos 26 minutos, Ward-Prowse abriu o placar. Jay Rodriguez marcou o segundo para os Saints aos 39 minutos do primeiro tempo. Na etapa complementar, Tadic marcou de pênalti, a quatro minutos do fim do jogo e fechou o placar em 3 a 0.

Praticamente um mês depois, provando do sabor ingrato da roda gigante que é o futebol, Ranieri acabaria demitido após derrota para o Sevilla nas oitavas da Liga dos Campeões.

Curiosamente, o Leicester é o único clube que não venceu o Southampton na condição de atual campeão da PL.

Acompanhe a PL Brasil no YouTube! 

  • E SE O SOUTHAMPTON NÃO TIVESSE VENDIDO SEUS JOGADORES?