Como foi a tour do Southampton no Brasil em 1948?

Saints viajaram para a América do Sul há mais de 70 anos e enfrentaram várias equipes brasileiras

Southampton Brasil
Naomi Baker/Getty Images

Há 72 anos, o Southampton chegaria ao Brasil para disputar alguns amistosos, na primeira e única viagem da equipe para a América do Sul. Antes de mais nada, vale lembrar que Charles Miller, dito como precursor do futebol no Brasil (fato contestado por inúmeros historiadores, que afirmam que o escocês Thomas Donohoe foi realmente quem trouxe a modalidade ao País), jogou pelo Southampton na temporada 1893/1894, quando o clube ainda era chamado St Mary's.

O então prefeito de Southampton, Rex Stranger desejava que o clube fizesse um tour, mas para a América do Norte. Após uma visita em 1947 aos Estados Unidos, com o objetivo de contribuir no avanço da modalidade no país. O plano não deu certo. Stranger decidiu aproveitar a boa relação entre o consulado brasileiro em Southampton com a prefeitura, levando assim o tour para a América do Sul.

O Botafogo foi o responsável por organizar o jogo, que seria o primeiro internacional da história do clube carioca. Curiosamente, o dirigente alvinegro Carlito Rocha desejava o Arsenal, campeão inglês da época, mas tiveram que se contentar com os Saints, que disputavam a segunda divisão.

Futuro técnico campeão mundial com a Inglaterra, Alf Ramsey vestia camisa do Southampton. Por conta de compromissos com a seleção inglesa, foi de avião em vez de navio como o restante da equipe.

A primeira partida do Southampton foi diante do Fluminense e os Saints foram goleados por 4 a 0. Apesar do calor, o problema maior havia sido a qualidade do time carioca que fora superior em campo.

Southampton Brasil
Naomi Baker/Getty Images

Leia mais: Os 10 maiores ídolos da história do Southampton

O segundo compromisso, contra o Botafogo, teve mais uma derrota por 3 a 1, mas desta vez melhoras foram vistas no time como a implementação do recurso da linha de impedimento, destacada inclusive por jornais brasileiros da época. A superioridade técnica dos times brasileiros era evidente, mas as melhoras durante o jogo contra o Botafogo foram destacadas.

Após uma vitória diante do Corinthians por 2 a 1 e outras duas derrotas, para São Paulo e Portuguesa, os Saints venceriam o Flamengo por 3 a 1, com dois gols de Charlie Wayman, atacante que foi o destaque do time nessa tour, marcando seis gols em sete partidas. Foi a única vitória dos Saints no Brasil, que perderam para o Vasco por 2 a 1 e empataram por 1 a 1 com o combinado de Minas Gerais.

Ramsey descreveu o jogo contra o Vasco (na época, base da seleção brasileira, vice campeã mundial em 1950) como uma das melhores partidas que ele jogou. O falecido ex-treinador da Inglaterra perdeu sua posição na lateral direita para Bill Ellerington. Em 1949, foi negociado para o Tottenham, onde atuou até sua aposentadoria em 1955.

Outro personagem marcante dessa tour foi o árbitro trazido pelos Saints, George Reader. Ele voltaria ao Brasil para apitar a final da Copa do Mundo em 1950 entre Brasil e Uruguai.

Acompanhe a PL Brasil no Youtube

  • E SE O SOUTHAMPTON NÃO TIVESSE VENDIDO SEUS JOGADORES?