Montamos uma seleção de jogadores ingleses pra cada região do país

Qual a seleção mais forte dentre as listadas?

0
310
times jogadores inglaterra regiões Grande-Londres

Em um exercício de imaginação, a PL Brasil preparou um especial com um desafio inusitado e, ao mesmo tempo, bem desafiador: montar nove escalações de equipes baseadas nas cidades de nascimento dos jogadores, de acordo com as nove regiões da Inglaterra. Grande Londres, Sudeste, Sudoeste, Leste, Midlands Orientais, Midlands Ocidentais, Yorkshire and the Humber, Nordeste e Norte.

O critério utilizado para montar as equipes foi utilizar apenas atletas em atividade. Confiram o resultado!

Siga a PL Brasil no Youtube

Maiores campeões do futebol inglês

Grande Londres

Woodman (Croydon); Wan-Bissaka (Croydon), Gomez (Catford), Smalling (Greenwich), Shaw (Kingston upon Thames); Rice (Kingston upon Thames), Loftus-Cheek (Lewisham), Noble (Canning Town); Sancho (Camberwell), Abraham (Camberwell), Kane (Walthamstow).

A região da Grande Londres é a que compreende a menor área, mas ao mesmo tempo apresenta a maior densidade populacional das regiões do país, sendo organizada em 32 distritos, além da cidade de Londres.

O esquema utilizado para a equipe foi o 4-3-3. No gol, Freddie Woodman, que atualmente defende o Swansea City, emprestado junto ao Newcastle e que foi campeão do mundo com a Inglaterra sub-20 em 2017. Na defesa, Wan-Bissaka, do Manchester United, Joe Gomez, do Liverpool, Chris Smalling, da Roma, e Luke Shaw, do Manchester United.

No meio-campo, Declan Rice, do West Ham, seu colega de clube Mark Noble e Ruben Loftus-Cheek, do Chelsea. Na frente, um trio de ataque interessante com Jadon Sancho, do Borussia Dortmund, Tammy Abraham ,do Chelsea, e por fim, Harry Kane, do Tottenham.

Sudeste

McCarthy (Guildford); Stacey (Bracknell), Dunk (Brighton), Chambers (Petersfield), Chilwell (Milton Keynes); Ward-Prowse (Portsmouth), Mount (Portsmouth), Chamberlain (Portsmouth), Alli (Milton Keynes); Ings (Winchester) e Austin (Hungergord)

A região Sudeste da Inglaterra é conhecida por suas belas paisagens e pelo turismo, além de forte atividade econômica. A principal região urbana é a de Hampshire, que compreende cidades como Southampton e Portsmouth.

Na nossa seleção, organizada no 4-4-2, Alex McCarthy, do Southampton, será o goleiro. A defesa é composta por Jack Stacey, do Bournemouth, Lewis Dunk, do Brighton, Calum Chambers, do Arsenal, e Ben Chilwell, do Leicester City.

No meio-campo, domínio da cidade de Portsmouth, com James Ward-Prowse, do Southampton, Mason Mount, do Chelsea, e Alex Oxlade-Chamberlain, do Liverpool. No ataque, a dupla que até pouco tempo atrás atuava junta no Southampton, com Danny Ings e Charlie Austin, que está no West Bromwich.

Leste

Pope (Soham); Justin (Luton), Tomkins (Basildon), Bennett (Orsett), Clarke (Barham), Daniels (Harlow); Hayden (Chelmsford), Lallana (St Albans), Cantwell (Dareham), Brown (Peterborough); Martin (Beccles)

Assim como a região Sudeste, a Leste abriga muitas empresas ligadas ao setor da tecnologia, além de concentrar muitas universidades, como a de Cambridge.

O esquema da equipe foi o 5-4-1. O goleiro é Nick Pope, do Burnley, com a defesa composta por James Justin, do Leicester, James Tomkins, do Crystal Palace, Ryan Bennett, do Leicester, Matt Clarke, do Derby County (emprestado junto ao Brighton) e Charlie Daniels, do Bournemouth.

O meio-campo tem Isaac Hayden, do Newcastle, Adam Lallana, do Liverpool, Todd Cantwell, do Norwich City, e Izzy Brown, do Luton Town (emprestado pelo Chelsea). No ataque, o experiente Chris Martin, do Derby County.

Sudoeste

Butland (Bristol); Stephens (Torpoint), Kelly (Bristol), Mings (Bath), Bryan (Bristol); Dier (Cheltenham), Grimes (Exeter), Gosling (Brixham); Reid (Bristol), Barnes (Bath), Watkins (Torquay).

A região Sudoeste da Inglaterra é conhecida pelo seu turismo e por atividades comerciais, como a indústria aeronáutica.

A equipe, escalada no 4-3-3, tem Jack Butland, do Stoke City, no gol. Na defesa, o versátil Jack Stephens, do Southampton, acompanhado de Lloyd Kelly, do Bournemouth, e Tyrone Mings, do Aston Villa. Joe Bryan, do Fulham, fecha a defesa na lateral direita.

No meio-campo, Eric Dier, do Tottenham, Matt Grimes, do Swansea, e Dan Gosling, do Bournemouth. O trio de ataque é composto por Bobby Reid, do Fulham, Ashley Barnes, do Burnley, e Ollie Watkins, destaque do Brentford na Championship.

Midlands Orientais

Darlow (Northampton); Francis (Nottingham), Lascelles (Derby), Cahill (Dronfield), Lowton (Chesterfield); Clucas (Lincoln), Choudury (Loughborough), Huddlestone (Nottingham), Osborn (Derby); Tomlin (Leicester), Adams (Leicester)

Midlands Orientais são uma região econômica extremamente importante na Inglaterra, sendo uma região bastante industrializada e com ótima logística de distribuição.

Leia mais: O meteórico título inglês do Nottingham Forest de Brian Clough

A equipe, escalada no 4-4-2, tem no gol Karl Darlow, do Newcastle. Na defesa, os laterais Simon Francis, do Bournemouth, e Matthew Lowton, do Burnley, acompanhados de Jamaal Lascelles, do Newcastle e Gary Cahill, atualmente no Crystal Palace.

No meio, Sam Clucas, do Stoke City, Hamza Choudury, do Leicester, Tom Huddlestone, do Derby County, e Ben Osborn, do Sheffield United. No ataque, uma dupla de nascidos em Leicester com Lee Tomlin, do Cardiff, e Ché Adams, do Southampton.

Midlands Ocidentais

Foster (Leamington Spa); Batth (Brierley Hill), Ferguson (Birmingham), Baker (Worcester); Bellingham (Stourbridge), Grealish (Birmingham), Albrighton (Tamworth), Maddison (Coventry); Redmond (Birmingham), Wilson (Coventry), Deeney (Birmingham)

Midlands Ocidentais assim como a região Oriental, é conhecida por sua forte atividade industrial e por ser a região de diversas descobertas e experimentos científicos.

A equipe escalada no 3-4-3 conta com Ben Foster, do Watford, no gol. A zaga é composta por Danny Batth, do Stoke City, Nathan Ferguson, do West Bromwich, e Nathan Baker, do Bristol City.

O meio tem a promessa Jude Bellingham, do Birmingham City, Jack Grealish, do Aston Villa, Marc Albrighton e James Maddison, ambos do Leicester. No ataque, Nathan Redmond, do Southampton, Callum Wilson, do Bournemouth, e Troy Deeney, do Watford.

Yorkshire and the Humber

Smithies (Huddersfield); Walker (Sheffield), Stones (Barnsley), Maguire (Sheffield), Rose (Doncaster); Delph (Bradford), Lewis Cook (York), Milner (Leeds); Calvert-Lewin (Sheffield), Vardy (Sheffield), Sharp (Sheffield).

Yorkshire and the Humber é uma região conhecida pela produção de ferro, tendo inúmeras indústrias ligadas a matéria prima na região e também pelo famoso chá, reconhecido no mundo todo.

A equipe escalada no 4-3-3 tem como goleiro Alex Smithies, do Cardiff City, na defesa Kyle Walker e John Stones, do Manchester City, Harry Maguire, do Manchester United, e Danny Rose, do Newcastle.

No meio-campo, Fabian Delph, do Everton, Lewis Cook, do Bournemouth, e James Milner, do Liverpool. No ataque, um trio de Sheffield com Dominic Calvert-Lewin, do Everton, Jamie Vardy, do Leicester, e Billy Sharp, do Sheffield United.

Nordeste

Dean Henderson (Whitehaven); Alexander-Arnold (Liverpool), Tarkowski (Manchester), Coady(Liverpool), Baines (Kirkby); Lundstram (Liverpool), Drinkwater (Manchester), Barkley (Liverpool), Lingard (Warrington); Rashford (Wythenshawe), Rooney (Croxteth)

A região Nordeste da Inglaterra por sua economia voltada as indústrias têxteis, além de ter inúmeras emissoras de rádio e TV.

A equipe escalada no 4-4-2 tem Dean Henderson, do Sheffield United, no gol. Na defesa, Trent Alexander-Arnold, do Liverpool, James Tarkowski, do Burnley, Conor Coady, do Wolverhampton, e Leighton Baines, do Everton.

No meio campo, John Lundstram, do Sheffield United, Danny Drinkwater, do Aston Villa, Ross Barkley, do Chelsea e Jesse Lingard, do Manchester United. No ataque, Marcus Rashford do Manchester United, e Wayne Rooney, do Derby County.

Norte

Pickford (Washington); Basham (Hebburn), Fry (Middlesbrough), Gibson (Nunthorpe); Hogg (Middlesbrough), Leadbitter (Chester-le-Street), Henderson (Sunderland), Sean Longstaff (North Shields), Downing (Middlesbrough); Hugill (Middlesbrough), Carroll (Gateshead).

A região Norte da Inglaterra é conhecida por ser importante na fabricação de vidro para todo o Reino Unido, além da mineração de carvão.

A equipe, escalada no 3-5-2, tem o goleiro da seleção da Inglaterra, Jordan Pickford, do Everton. Na defesa, Chris Basham, do Sheffield United, Dael Fry do Middlesbrough, e Ben Gibson, do Burnley.

No meio-campo, Jonathan Hogg, do Huddersfield Town, Grant Leadbitter, do Sunderland, Jordan Henderson, do Liverpool, Sean Longstaff, do Newcastle, e Stewart Downing, do Blackburn Rovers. No ataque, Jordan Hugill, do Queens Park Rangers, e Andy Carroll, do Newcastle.