Montamos a seleção do Tottenham no século XXI; confira

A PL Brasil listou os 11 principais jogadores dos Spurs desde 2001

tottenham seleção
IAN-KINGTON-AFP-via-Getty-Images

A PL Brasil listou a seleção do século XXI de vários clubes ingleses e falaremos agora do Tottenham. Vamos listar, portanto, o time ideal dos Spurs desde 2001.

Hugo Lloris

Tottenham século
ODD-ANDERSEN-AFP Getty Images

Lloris chegou aos Spurs em 2012 depois de temporadas vitoriosas no Lyon. O goleiro que já estava estabelecido na França, se confirmou como um grande nome no cenário mundial justamente jogando em White Hart Lane.

Apesar de não vencer nenhum título pelo clube, Lloris é um dos 15 franceses que mais atuaram na Premier League (251 jogos), além de trazer extrema segurança à meta do Tottenham e ser o capitão do time há cinco temporadas.

Ao todo, foram 88 clean sheets e esteve presente em 147 vitórias da equipe. Dentre os goleiros do clube, é o que tem a melhor marca no século XXI. Com a chegada do time de Londres a final da Champions League em 2019, ele ficou em terceiro entre os goleiros na eleição da seleção da temporada europeia.

Kyle Walker

Julian-Finney-Getty-Images

Walker se transformou em titular na temporada 2011/2012. A partir daí, suas atuações consistentes eliminaram qualquer disputa na posição tanto no clube quanto na seleção.

Ele sempre mostrou um bom equilíbrio ofensivo e defensivo, além de ter atributos físicos perfeitos para o jogo da Premier League. A combinação de velocidade, força e técnica credenciam o atleta inglês à seleção do Tottenham.

Sua saída para o Manchester City pode ter manchado um pouco a sua história no Tottenham. Entretanto, nenhum outro lateral direito foi tão absoluto no clube neste século quanto Kyle Walker.

Toby Alderweireld

Tottenham seleção
JUSTIN-TALLIS-AFP-via-Getty-Images

Depois de “falhar” no Atlético de Madrid, ele mostrou sua consistência na Premier League pelo Southampton e logo chamou a atenção de Mauricio Pochettino, que o contratou em 2015.

Desde então, Toby vestiu a camisa cinco e não abandonou a titularidade. Além disso, fez parte da seleção dos melhores jogadores da Premier League e da Uefa em 2015/2016 e, na mesma temporada, foi eleito o melhor jogador do Tottenham.

Junto de seu parceiro de zaga e seleção, formou a melhor defesa da história da Bélgica e, talvez, do Tottenham. Tecnicamente falando, Alderweireld é um dos melhores defensores do mundo há alguns anos por conta de suas partidas pelos Spurs.

Jan Vertonghen

PAUL-ELLIS-AFP-via-Getty-Images

Assim como Alderweireld, Vertonghen despontou no Ajax e se confirmou como um dos grandes zagueiros do futebol mundial no Tottenham.

Sua parceria com Toby funcionou desde o primeiro momento. Nos dez primeiros jogos da temporada 2015/2016, por exemplo (a primeira juntos no Tottenham), ambos jogaram todos os minutos e sofreram apenas uma derrota.

Vertonghen apareceu na seleção do campeonato em duas oportunidades até agora: em 2012/2013, sua primeira temporada na Premier League, e em 2017/2018, quando o Tottenham conquistou a terceira colocação no campeonato.

Danny Rose

Tottenham seleção
Catherine-Ivill-Getty-Images

É verdade que a torcida do Tottenham tem certa birra de Rose por tentar forçar saída em 2018. Contudo, é certo dizer que a lateral esquerda do Tottenham nunca teve um titular tão absoluto no século XXI quanto o inglês.

O camisa três veio do Leeds e, após alguns empréstimos, venceu a concorrência e se tornou nome incontestável no time e na seleção por um bom tempo. Tanto que fez parte da seleção da Premier League por duas temporadas seguidas (2015/2016 e 2016/2017).

E como se não bastasse o bom futebol, Rose foi uma das vozes contra o racismo no futebol na Inglaterra em 2019. O lateral chegou a cobrar publicamente atitudes das autoridades contra essa questão social.

Luka Modric

Shaun-Botterill-Getty-Images

Modric não precisa de apresentações. Seria um absurdo deixá-lo fora da seleção porque foi no Tottenham que ganhou notoriedade mundial e fez o Real Madrid pagar 35 milhões de euros para tê-lo.

É o croata com mais assistências na história da Premier League (empatado com Niko Kranjcar) e o terceiro que mais atuou, somando 127 partidas.

O meia deixou a sua marca em Londres, sem dúvidas. Considerado por muitos um dos melhores meias da Premier League em 2009/2010, foi também o líder de assistências do elenco. E, na temporada seguinte, a torcida o aclamou como o melhor atleta do ano.

Gareth Bale

tottenham seleção
IAN-KINGTON-AFP-via-Getty-Images

Bale não só é o melhor jogador de sua posição, como briga para ser o melhor jogador do século XXI do Tottenham com Harry Kane. Suas cinco temporadas no White Hart Lane foram do nível mais alto de sua carreira, principalmente a última.

É bom lembrar que ele começou como lateral esquerdo e, devido à suas características ofensivas, passou a atuar na linha de ataque. Dessa forma, brilhou.

Em Londres, só faltou o título coletivo porque individualmente sobraram prêmios. Três vezes jogador do mês na Premier League (04/2010, 01/2012 e 02/2013); jovem jogador do ano dos Spurs em 2009/2010 e 2010/2011 e melhor jogador da temporada inglesa em 2012/2013 são alguns exemplos de quão boa foi a fase de Bale por lá.

Heung-Min Son

Laurence-Griffiths-Getty-Images

51 gols e 26 assistências em cinco temporadas de Premier League o credenciam como um dos melhores do Tottenham no século e, com certeza, como o melhor jogador asiático da história da liga.

Inicialmente parecia tímido, mas depois que ganhou confiança, vem garantindo uma média de 13 gols por temporada na liga. Suas características complementam as de Harry Kane no ataque, provando ser o melhor parceiro para o artilheiro inglês.

Além do futebol, Son tem muito carisma. É querido pelos torcedores do clube e até por rivais. Tal carinho deve-se à sua situação junto ao serviço militar sul-coreano que, agora, parece estar definitivamente resolvido.

Christian Eriksen

Catherine Ivill Getty Images

Erisken é mais um jogador advindo do Ajax. Depois de muitas dificuldades em encontrar um armador, o dinamarquês caiu como uma luva na equipe, certamente. Em seu primeiro ano em Londres, venceu a eleição entre os torcedores do Tottenham como o melhor jogador de 2013/2014.

Sempre atuou como o clássico camisa 10 com liberdade posicional atrás do atacante. Entretanto, em outros momentos, já jogou aberto ou como um meia mais central, ao lado do volante. Ficou marcado também pelos potentes chutes de fora da área e precisão nas cobranças de falta.

Acima de tudo, em sua última temporada completa pelo clube, ele se tornou o segundo jogador (além de David Beckham) a distribuir mais de 10 assistências em quatro temporadas seguidas na Premier League.

Jermain Defoe

ADRIAN DENNIS AFP via Getty Images

Defoe talvez não tenha sido mais espetacular que Dimitar Berbatov nem mais vitorioso que Robbie Keane, mas dos 162 gols que marcou na Premier League, exatamente 100 deles foram pelo Tottenham.

Ainda no Campeonato Inglês, é o oitavo jogador do clube que mais marcou na competição. E se contarmos os gols por outras competições, ele é o sexto maior artilheiro da história dos Spurs.

Em 2009, enquanto Berbatov deixava Londres, Defoe voltava do Portsmouth. A partir da saída do búlgaro, o camisa 18 virou a grande referência ofensiva do time. Pelo menos até a transferência para o Sunderland e a ascensão de Harry Kane.

Harry Kane

Catherine-Ivill-Getty-Images

Com apenas 26 anos, Kane já é o décimo inglês em número de gols na Premier League (136). O camisa 10 tem todos os ingredientes para ser um ídolo do Tottenham: criado na base, marcador de gols e nacionalidade britânica.

Desde que passou a atuar com mais frequência pelo Tottenham em 2014, só ficou de fora da seleção do campeonato na última temporada. Além disso, foi artilheiro do campeonato em duas campanhas seguidas (2015/2016 e 2016/2017)

O atacante foi eleito seis vezes o melhor jogador do mês na Inglaterra (um a menos que o recordista Sergio Agüero). Em novembro de 2019, se tornou o terceiro maior goleador da história do time que foi revelado. Números e atuações que fazem ser verdadeira a afirmação de que é o melhor jogador do clube no século XXI.

Siga a PL Brasil no Youtube

  • O PRIMEIRO TIME INGLÊS CAMPEÃO DA EUROPA!