Sean Dyche não é mais treinador do Burnley após quase dez anos

Sean Dyche não é mais treinador do Burnley após quase dez anos
Foto: Reprodução/Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images

Foi confirmado nesta sexta-feira (15) a demissão do treinador Sean Dyche, do Burnley. Ou seja, depois de nove anos e meio à frente do clube, o inglês de 50 anos deixa o cargo. Portanto, a Premier League perde seu técnico com mais tempo no comando de uma equipe. Agora, esse posto pertence à Jurgen Klopp, com quase sete anos de Liverpool.

A demissão de Dyche acontece num cenário muito difícil para os Clarets, que estão na zona de rebaixamento da Premier League. Além disso, possuem oito jogos até o fim do campeonato, incluindo um duelo importante daqui a dois dias, contra o West Ham.

Certamente, a queda do treinador não seria nenhuma surpresa devido ao contexto vivido. Contudo, muitos torcedores ficaram surpresos com a decisão repentina e faltando tão poucos jogos para o fim da temporada.

O atual presidente do Burnley, Alan Pace, deu uma declaração explicando suas motivações:

“Em primeiro lugar, gostaríamos de deixar registrados os nossos sinceros agradecimentos a Sean e ao seu staff pelas suas realizações no clube durante a última década. Durante o seu tempo em Turf Moor, Sean tem sido um crédito dentro e fora de campo, respeitado por jogadores, staff, torcedores e pela comunidade do futebol em geral.”

“No entanto, os resultados têm sido decepcionantes e, embora tenha sido uma decisão incrivelmente difícil, com oito jogos cruciais da campanha restantes, sentimos que é necessária uma mudança para dar ao plantel a melhor hipótese possível de manter o seu status de Premier League.”

Por fim, Pace reforçou que no duelo deste domingo (17), contra os Hammers, Mike Jackson, treinador do Sub-23, comandará o time. Além disso, o presidente confirmou que o processo de escolha de um novo treinador já começou e em breve anunciará novidades.

Carreira de Sean Dyche no Burnley

Antes de mais nada, Sean Dyche e Burnley tiveram muitas aventuras nesses quase dez anos. Quando contratado, os Clarets estavam na Championship durante a temporada 2012/13. Em 2013/14, garantiu vaga na Premier League, onde durou apenas um ano.

No verão de 2016, Dyche levou o time ao título incontestável da 2ª divisão. Desde então, não caiu mais e ficou na Premier League até os dias atuais. A melhor temporada aconteceu na temporada 2017/18, quando o Burnley terminou em 7º colocado, com 54 pontos. Portanto, com toda essa história, o treinador desenvolveu a identidade atual do clube e garantiu o carinho dos torcedores locais.