Schweinsteiger fala quais jovens irão se destacar no Manchester United

Schweinsteiger fala quais jovens irão se destacar no Manchester United
Foto: Divulgação/ Manchester United

Em entrevista, o ex-jogador do Manchester United, Schweinsteiger, revelou quais jogadores chamou mais sua atenção na época em que atuou pelo clube. O alemão fez apenas 35 partidas pelos Red Devils marcando três gols e dando duas assistências. Mas, a representatividade do volante é imensa por onde ele passar.

VIU O FUTURO?

“Eu te digo uma coisa: quando eu estava com Mourinho e treinando com o segundo time e o time sub-16 com o United, vi muitos bons jogadores”, disse Schweinsteiger ao UTD Podcast.

“Um foi Scott McTominay, e eu pensei que ele iria conseguir com certeza, ele tinha essas habilidades. Então, o United tem uma boa equipe juvenil – você só precisa usá-los e dar-lhes tempo para se desenvolverem.

“Lembro-me de Marcus Rashford e Jesse Lingard quando Louis van Gaal era treinador. Dava para ver que eles tinham alguma coisa e agora estão jogando pela seleção.

“Definitivamente, há uma grande chance de o United colocar esses jovens no time principal.”

Bastian sabe o que é fazer parte de um clube que enfatiza o cultivo e a promoção de seus próprios talentos.

CONSELHOS DE UM VENCEDOR!

Ele chegou ao Bayern de Munique no início dos anos 2000 em um momento semelhante ao futuro Red Owen Hargreaves e desempenharia um papel fundamental em uma década dominante para os alemães, ao lado de outras estrelas como Philipp Lahm, Thomas Muller e Toni Kroos.

Schweinsteiger sente que é importante ter jogadores criados pela academia como McTominay, Rashford e Lingard no time, pois eles representam o espírito do clube e oferecem uma conexão com os torcedores, embora ele acrescente que isso é algo que ele sentiu que tinha ao ingressar no clube mais tarde na sua carreira.

“Correto, eles têm o DNA”, continuou Bastian. “Isso é muito importante. Não apenas para as conexões no elenco, mas também para os jogadores sentirem ‘Sou um jogador do United, sei o que o United significa para mim'.

“Você sabe que às vezes leva tempo para um jogador de fora, quando entra em um clube, sentir o DNA de um clube.

“Quando cheguei ao United, pude sentir esse DNA imediatamente; esse amor pelo jogo, esse amor por jogar pelo clube e usar o emblema. Eu podia sentir isso e podia sentir ainda mais quando estava conversando com os torcedores do United”.