Sassuolo – História, estatísticas e conquistas

Sassuolo – História, estatísticas e conquistas

O Unione Sportiva Sassuolo Calcio, conhecido originalmente por Sassuolo, foi fundado no ano de 1920, na cidade de Sassuolo, região da Emília-Romanha.

As suas cores tradicionais, são o preto e verde, lhe dando o apelido de neroverdi. A saber, o clube recebe os adversários no Estádio Cittá del Tricolore, com capacidade para 22 mil pessoas, pois seu próprio estádio chamado Enzo Ricci, não possui condições de receber as partidas oficiais.

Trajetória da Sassuolo: fundação, conquistas e ascensão

Primeiramente, na maior parte da sua história, o Sassuolo conviveu nas divisões inferiores da Itália, até chegar na Série C em 2006. Em seguida, na temporada 2007/08, sob o comando técnico de Massimiliano Allegri, a equipe conseguiu acesso para a tão sonhada Série B, o que seria um feito e tanto para sua história.

Certamente, a equipe fez uma grande campanha nos anos seguintes, terminando na 7ª colocação na temporada 2008/09 e em 4ª no ano de 2010.

Posteriormente, o clube viveu o seu auge na temporada 2012/13, levantando o troféu da Série B e, consequentemente, chegando na elite italiana. Do mesmo modo, no ano seguinte, com o embalo do seu sucesso, a equipe conseguiu o seu objetivo, permanecendo na Série A daquele ano.

Por fim, a grande temporada veio no meio do ano de 2016, quando o clube terminou na 6ª colocação do Campeonato Italiano, garantindo uma vaga nos play-offs da Europa League.

Único título da sua história:

  • 1x campeão Série B (2013)

Mercado de Transferências da Sassuolo

Antes de tudo, confira as principais contratações no mercado da bola, vendas, rumores e ídolos.

Stefano Sensi, do Sassuolo para Inter de Milão, por € 25 milhões, no mercado de transferências de 2020/21

Decerto, no mercado da bola de 2020, a Sassuolo fez a maior venda da sua história, por aproximadamente R$ 140 milhões. Pela camisa do Sassuolo, foram 68 jogos, cinco gols e cinco assistências.

Jérémie Boga, do Sassuolo para Atalanta, por € 22 milhões, no mercado de transferências de 2022/23

Na última janela do mercado da bola, após os rumores se concretizarem da ida do meia Jérémie Boga para a Atalanta, a Sassuolo realizou a segunda maior venda da sua história. Sendo assim, a Atalanta pagou em torno de R$ 120 milhões. Em suma, pelo clube, Jérémie fez 102 jogos, marcando 18 gols.

Manuel Locatelli, do Milan, por € 14 milhões, em 2019/20

No mercado da bola de 2019, por ser um clube modesto, a Sassuolo fez a maior contratação de todos os tempos, trazendo o volante Manuel Locatelli, pelo valor de aproximadamente R$ 80 milhões. Pelo clube, foram 99 jogos, sete gols e 11 assistências.

Simone Zaza, da Juventus, por € 10 milhões, em 2013/14

No mercado da bola 2013/14, a Sassuolo estava concretizando a segunda maior contratação da sua história. Entretanto, apesar do investimento, Zaza não rendeu o espero com a camisa da Neroverdi. Enfim, ao todo foram 69 jogos e 21 gols.

Domenico Berardi, o maior artilheiro de todos os tempos do clube

A saber, Domenico Berardi começou a sua história no próprio Sassuolo, em 2012, contribuindo para o único título do clube, a Série B temporada 2012/13. Naquela ocasião, com suas boas atuações, o tornaram como um dos jovens promissores italianos.

Portanto, Berardi acumula 320 jogos, marcando 120 e dando 84 assistências, sendo assim, o maior artilheiro de todos os tempos do Sassuolo.