Gafe que levou Sãocarlense em turnê na Inglaterra vira livro

Grêmio Sãocarlense foi confundido com o gaúcho Grêmio e também excursionou na Itália

1997 o ano em que a europa conheceu o gremio saocarlense livro jogos na inglaterra

Não foram muitos os clubes brasileiros que fizeram excursão pela Europa. Um dos poucos pequenos a conseguir tal façanha se aproveitou de uma gafe de times estrangeiros para viajar pelo Velho Continente em 1997. O livro “1997: o ano em que a Europa conheceu o Grêmio Sãocarlense”, da editora Pedro e João, escrito pelo jornalista Leonardo Cantarelli, conta a história por trás da inusitada viagem do Grêmio Sãocarlense, do interior de São Paulo, para o Velho Continente.

Para isso, entrevistou ex-atletas, ex-diretores e ex-jornalistas que acompanharam jogos da excursão.

Na Inglaterra, a equipe de São Carlos enfrentou Burnley e Tranmere Rovers, que acreditavam se tratar do Grêmio, de Porto Alegre. O time brasileiro deixou a terra da Rainha com duas derrotas por 1 a 0.

A curiosidade fica por conta da receptividade do Tranmere Rovers, que decidiu prestar homenagem ao Brasil, com mulheres em campo vestindo trajes característicos da artista Carmen Miranda.

Leia mais Listamos os melhores livros sobre futebol inglês

Antes disso, a equipe do interior paulista foi para a Itália. O time enfrentou clubes grandes do país como Lazio e Fiorentina, que tinha Rui Costa em campo, no Torneio Cecchi Gori. Além disso, disputou um amistoso contra o time do Perugia, que contava com um jovem zagueiri Marco Materazzi.

Só depois da realização dos jogos, dirigentes e jornalistas dos clubes europeus perceberam a confusão com a troca dos nomes. Os jornais de Perugia passaram a chamar o clube brasileiro de Grêmio di San Paolo.