‘Marmita’: Sancho vive dias de ‘exilado’ no Manchester United após romper com Ten Hag

5 minutos de leitura

Desde o dia 3 de setembro, o meia-atacante Jadon Sancho viu sua vida no Manchester United virar de ponta cabeça. O inglês entrou em rota de colisão com o técnico Erik Ten Hag após a derrota para o Arsenal e comprometeu sua sequência no clube de Old Trafford. Os dias do camisa 25 no noroeste da Inglaterra não tem sido fácil.

Os problemas com Ten Hag começaram antes do jogo contra o Arsenal, em sessões de treinamento. No entanto, a briga foi publicizada depois do jogo, onde o holandês justificou o motivo de não ter relacionado o jogador. Revoltado, Sancho foi às redes sociais, alegou que o técnico estava mentindo e se colocou como “bode expiatório”.

Como tem sido os dias de Sancho no Manchester United

Sancho foi afastado do elenco principal vermelho no dia 14 de setembro. Erik Ten Hag desejava que o jogador pedisse desculpas na sua frente e que o clube pudesse publicar as solicitações como demonstração de força do comando do holandês.

O meia-atacante se negou a se desculpar e rompeu de vez com a missão técnica. De acordo com informações do “The Athletic”, Sancho tem vivido dias de exílio no Manchester United. Ele não tem contato com os jogadores do elenco principal e precisa realizar suas atividades isolado.

  • Sancho não treina ao lado de seus companheiros. Ele faz seu trabalho sozinho ou junto dos jogadores das categorias de base;
  • Ele está proibido de frequentar o refeitório do clube. Sancho se alimenta através de marmitas que são levadas até ele;
  • O meia-atacante precisa se trancar no vestiário para trocar de roupa para não se misturar com os outros jogadores;
  • O inglês estaciona seu carro em um espaço à parte dos demais.

A impressão que o camisa 25 deixou nas categorias de base, porém, foi boa. Ele conviveu com os atletas em formação, respondeu perguntas sobre o início de carreira e chegou a assistir uma partida do time sub-18.

Ten Hag discute com Sancho em jogo do United - Foto: Icon Sport
Ten Hag discute com Sancho em jogo do United (Foto: Icon Sport)

História entre Sancho e Ten Hag pode ter volta?

Segundo apuração do “The Athletic”, o técnico holandês acredita que só depende de Sancho para que ele volte ao elenco principal do Manchester United. Ten Hag ainda quer que o jogador peça desculpas e que o clube publique o pedido. O meia-atacante ainda terá de trabalhar duro nos treinamentos.

Isso, porém, não é tão fácil. Sancho está certo de que não deve se desculpar, já que enxerga doses de injustiça em seu tratamento se comparado com outros jogadores do elenco. Ten Hag não quer ceder pois teme que isso signifique uma derrota pública de sua hierarquia dentro do United.

Algumas alas do clube entendem que o comandante foi duro demais com o inglês. Outras acreditam que Ten Hag acertou em ser extremamente exigente no episódio. O diretor de futebol John Murtough tentou mediar a ocasião e orientou Sancho a pedir desculpas, assim como outros membros do elenco.

Encaminhar a saída do jogador no mercado da bola foi uma das soluções encontradas pelo Manchester United, mas isso também não será fácil. Ele foi ligado a Borussia Dortmund, Chelsea, Juventus e times da Arábia Saudita para janeiro, mas uma série de empecilhos financeiros e envolvendo o próprio atleta podem inviabilizar a negociação.

Sancho Manchester United
Sancho pelo Manchester United (Foto: Icon Sport)
Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.